“Emagreci tomando remédios”

Antes

Depois

Por Renata Poskus Vaz

Gente, eu não costumo dar “control c, control v descaradamente” nos textos de blogs alheios. Mas hoje a Pâmela do Grandes Mulheres publicou o depoimento da minha amiga Alinne Rosa, que já pesou quase 100 Kg e emagreceu tomando remédios, se reeducando e com acompanhamento médicoAssim como a Pâmela destacou em seu blog, o depoimento da Alinne é importante para que vocês compreendam que uma pessoa não pode ser desqualificada por querer emagrecer.

*********************************************************************************************************

“Meu nome é Alinne Rosa, tenho 29 anos, 1,65m de altura e cheguei a pesar 96 kg. E essa é a história de como fiz as pazes com o espelho.

Minha luta contra a balança começou a ser travada desde a adolescência. Com 15 anos já pesava mais de 70 kg. Aos 17, fiz uma dieta na qual tomava sopa no almoço e no jantar (argh!). Ao final de seis meses, cheguei à incrível marca de 54 kg. Quanto tempo consegui manter isso? Sei lá! Foi tão pouco que esqueci! Depois disso vieram outras inúmeras dietas, academias, shakes e remédios, mas a verdade é que eu não tinha tomado consciência do meu corpo. Tinha objetivos incompatíveis com o meu biótipo e isso gerava a frustração de nunca alcançá-los.

Em 2002, pesava aproximadamente 67 kg, mas me achava gorda. Comecei a namorar o meu marido e daí a coisa só piorou: as inúmeras saídas para jantar, as idas e voltas da academia, o início e a retomada de dietas e uso de remédios geraram um verdadeiro efeito sanfona. Mas o maior peso até então atingido era nada perto do que eu um dia chegaria (mal sabia eu que sempre pode ser pior!).

Em 2008 veio o casamento e eu não consegui emagrecer mais que 2 kg, mesmo com remédio. O stress e a ansiedade dos preparativos não me deixaram eliminar mais peso. Assim, no dia do casório, estava pesando uns 84 kg e o vestido dos sonhos teve de ser adaptado para cobrir os braços enormes dos quai sempre me envergonhei.

Dois anos de casada e mais 12 kg! Um total de 96 kg!!! Aff, como eu pude fazer isso comigo?

Eu tinha um marido que me amava do jeito que eu era, uma família que se preocupava comigo, um bom emprego, mas não era feliz! Evitava o espelho, escolhia roupas para me esconder, recusava convites para sair com amigos, principalmente os que não me viam há muito tempo, porque já imaginava os comentários: “Nossa como ela engordou! Está irreconhecível! Não era assim quando estudávamos juntas! Seu rosto está deformado!!!”. Perdi o casamento de uma das minhas melhores amigas da faculdade; minha glicemia chegou no limite do aceitável, o colesterol (já geneticamente alterado) estava altíssimo e a autoestima no fundo do poço!

Comecei então um blog, para ser uma válvula de escape entre o meu isolamento do mundo (na medida do possível, já que não podia evitar sair de casa pra trabalhar, visitar os parentes, ir ao mercado etc.) e a necessidade de me expressar.

Através dele conheci o que eu chamo carinhosamente de “Plus World” e descobri muitas mulheres bonitas, vaidosas, fashion e felizes com seu corpo, independentemente de vestirem manequim 38 ou pesarem 50 kg. Mulheres reais, modelos de beleza atingíveis, mais próximos do meu biótipo.

Concomitantemente, minha mãe, cansada de ver o mal que estava fazendo a mim mesma, me deu um ultimato: “Marquei o médico pra você! E você vai e pronto!” E eu fui! E se soubesse o bem que ia fazer para mim mesma, teria ido antes.

Em dois meses, já tinha eliminado quase 10 kg e voltei a me reconhecer no espelho. Hoje, passados sete meses, lá se foram mais de 20 kg e com a ida deles recuperei a autoestima, a vontade de me maquiar, vestir bem, sair para ver o mundo e ser vista!

Alguns amigos, colegas de trabalho, chegaram ao ponto de entrar no elevador e não me cumprimentarem por não me reconhecerem… Se fiquei chateada? Não! Achei ótimo e me diverti!

Sim! Tomei remédio para emagrecer! Essa é a primeira coisa que me perguntam! Mas com todo acompanhamento e respaldo médico, depois de realizar todos os exames necessários, manipulado e sem efeitos colaterais! E já com um plano de reeducação alimentar e manutenção traçados.

Um dia, assistindo o programa “Bem Estar” da Rede Globo, adorei ouvir um endocrinologista, em defesa da venda controlada de remédios para emagrecer, que agem no sistema neurológico, dizer algo como: “Ora, o diabético precisa de remédio para manter a glicemia sob controle, o que tem colesterol alto, também. Porque os obesos, que são pessoas do mesmo modo doentes, não podem fazer o mesmo?” E mais: “Alguns desses pacientes tomarão o remédio por um tempo e depois conseguirão manter sua glicemia, colesterol ou peso sob controle, apenas mantendo uma alimentação regrada. Outros precisarão do remédio o resto da vida!”. Por fim, mas não menos importante: “Como nós, médicos, poderemos ajudar os obesos sem remédios que ajam no sistema neurológico, se sua doença é fundamentalmente psíquica, resultado de uma ansiedade e compulsão incontroláveis?”.

Não tenho dúvida que algumas “Grandes Mulheres” por aí vão dizer que traí o “ movimento”, que não sou digna de me dizer plus size, falar sobre o tema ou participar de eventos do ramo. Por quê? Por que fui lutar pela minha saúde e autoestima com as armas disponíveis no momento? Vocês não dizem que o importante é ser feliz e se amar do jeito que somos? Então, foi atrás disso que eu fui! Foram vocês que me ensinaram a me amar e aceitar do jeito que eu sou, a ter objetivos reais, atingíveis, padrões de beleza compatíveis com o meu corpo. Meu modelo de mulher hoje não é mais a Gisele Bündchen, mas a Flúvia Lacerda. Ou, trazendo para uma realidade ainda mais próxima, não é a minha irmã bailarina, de 47 kg e manequim 34, que que possui DNA muito semelhante ao meu (por isso achava que podia ser como ela), mas a Silvia Neves, Renata Poskus Vaz, Tara Lynn, Candice Huffine, Robyn Lawley, manequins 44/46, ideais plenamente possíveis de serem alcançados.

Hoje me sinto mais bonita, atraente, jovem, bem disposta; me visto melhor, me maquio, vou na clínica de estética, não tenho vergonha de sair na rua, me encontro com os amigos e, segundo amigas, tenho um brilho diferente no olhar e pareço mais confiante e decidida. Uma nova mulher! E quem vai poder dizer que não gostaria de sentir o mesmo?

A vocês que foram a minha inspiração, que se amam como são, o meu muito obrigada. Àquelas que se identificaram com o meu passado recluso, com a mulher que deixei para trás: corram atrás da sua felicidade, usem das armas que puderem em busca da saúde e do amor próprio! Adquiram a consciência de seus corpos e sejam felizes!

About these ads

110 Comentários

Arquivado em Espaço da Leitora, Saúde

110 Respostas para ““Emagreci tomando remédios”

  1. Oi, Rê! Fico muito feliz por poder compartilhar esse depoimento aqui, pois foi um dos blogs citados aê que me ajudaram nessa trajetória… E o Dia de Modelo foi a comemoração não só do Dia das Mães mas desse reencontro com a autoestima! e hoje poder chamar você de amiga é um prazer e um grande privilégio! Obrigada! Bjks

  2. Carla Mirwald

    nesse momento só posso dizer que estou chorando.

  3. priespínola

    poxa.. me diz ao menos os elementos desse manipulado! to pensando em fazer bariátrica por desespero mesmo… me ajuda! =((

    • Olá, Pri! Como já disseram aqui, o ideal é você procurar um bom médico, para fazer todos os exames, ver todo o seu histórico, e ele vai poder decidir qual o melhor pra você! Cada uma tem um organismo, doenças associadas, reações diferentes aos remédios. O importante é não desistir! Bjks

      • Fernanda Henke

        Oi Aline, você é linda mesmo, parabéns! Olha só, eu engordei mais de 30kg em 7 anos. Agora coloquei na minha cabeça que vou emagrecer. Até o final do ano, vou perder, com certeza mais de 20 kg. Vou! Eu vou! Preciso…
        Me amo gordinha, me maquio todos os dias para sair de casa, me arrumo, mas é pela saúde mesmo. Num dia, somente, quando fui consultar e viram que estava com a presão muito alta. Nunca mais senti nada e não fui atrás. mas minha mãe é hipertensa. Preciso dar um jeito na vida. Está difícil até de amarrar os calçados. hahaha
        Ah! Sou mamãe e casada há 11 anos com meu primeiro namorado. Tenho 28 anos.
        Beijos e fiquem com Deus!

      • Ana

        Alinne, parabéns pela sua conquista!
        Vc pode me indicar o médico que vc foi?
        Obrigada,
        Ana

  4. Quem ama a Alinne, respeita e apoia a decisão dela.
    Eu conheci a Alinne gorda, uma menina linda, simpática, mas que não era feliz.
    Eu conheço a Alinne hoje, linda, simpática, brincalhona, sorridente e feliz. E sou feliz por tê-la como amiga assim do jeitinho que ela é.

    Esse negócio de querer/poder ou não emagrecer vai de cada um, mas o mais importante de tudo é ser feliz :)

    Te adoro Linne! (traiu o movimento mas ainda te amamos….rs)

    P.S. E como em todos os posts, tópicos e tweets que falam da Alinne, não podemos esquecer que ela tem um marido lindo que também está emagrecendo com ela :)

  5. Carol Anjinha

    A Alinne é linda!!! Bela história… só nós sabemos o que é essa luta!!!

    Eu tbm emagreci com remédios… e estou em tratamento… mas SEMPRE com acompanhamento médico tbm…

    Quando fiz o book aqui no Mulherão pesava 106kgs… mas no final do ano passado bati nos 112kgs… o que para 1,70 estava muuuuito acima…

    Pensei em cirurgia, mas depois q minha irmã fez a bariátrica, e desde que eu a vi “chupando carne” pq não podia comê-la, nunca mais me passou na minha cabeça fazer a cirurgia…

    No começo do ano comecei tratamento médico e estético, além de academia, reeducação alimentar e terapia… muito importante tbm para eu me aceitar e continuar… =)

    Cheguei nos 100kgs e consegui até participar do Fashion Weekend Plus Size… =D

    Continuo minha luta… hoje estou entre 98 e 99 mas quero chegar nos 70…

    Não vou emagrecer da noite pro dia, é uma luta pro resto da vida… por isso quero eliminar meu peso devagar e para sempre!!!!

    Pri Espinola, procure um médico pra lhe pedir exames e lhe indicar o melhor pra você, pois alguns remédios causam efeitos colaterais como taquicardia, agitação, boca seca, entre outros e se você tiver algum problema de saúde isso pode agravar.

    Bjos girls

  6. Fui lendo o depoimento e me identificando com os sentimentos da Alinne. Já marquei consulta com o meu médico e vou pedir pra ele me receitar remédios também porque sei que muitas vezes eles são necessários no começo.

    Alinne, você já era linda, viu?

    Bjks.

  7. Michelle Lima

    Bem, eu sou leitora do blog já há muito tempo e sempre me identifiquei com as matérias, adoro o blog. Porém, eu estava pesando quase 107kg e isso não me deixava feliz, começou a me incomodar de verdade. Como muitas meninas por aí, também comecei um blog que me ajudou e ajuda muito. Comecei meu processo de emagrecer em final de junho do ano passado, e hoje, passados um pouco mais de um ano, já mandei pro espaço 34kg, apenas com reeducação alimentar e exercícios. Digo que não é fácil e não desmereço quem precisa do remédio como apoio nesse processo, mas para as pessoas que pensam que só é possível emagrecer com remédio e cirurgia, não é verdade. Continuo frequentando o mundo plus size, pois sou a favor da auto estima acima de tudo e temos que procurar a felicidade sempre, basta apenas a gente descobrir o que nos faz feliz!!

  8. Vanessa

    Adorei ler esse depoimento aqui… Eu estou na mesma trajetória… Cheguei a pesar 101Kg e o nível de glicemia estava no valor bem superior ao recomendado…
    Comecei o tratamento em Nov/2010… Também fui a uma médica que me acompanha desde então, e tomo remédio sim (o meu não é formulado)… Hoje estou pesando 90kg, e minha meta é chegar aos 80Kg… Usava manequim 52, e hoje uso 46… Comecei a fazer caminhadas e pilates… Confesso que seguir uma alimentação suuuuper regrada, para mim, é o mais difícil, porque adoro uma cerevejinha no happy hour e também chocolate, mas no começo não teve outro jeito, tive que abrir mão de tudo e ir me virando com água com gás e fruta…rsrs (faz de conta que é quase igual… rsrs) Hj já me permito ambos….
    É isso… queria deixar registrado que também apoio o uso de remédios, lembrando que o uso sozinho “não faz milagres” mas ele ajuda, e muito, no controle da ansiedade e da vontade de comer…
    Bjs!!!

  9. Eu tb já emagreci com remedio e acompanhamento médico, foi para eliminar os 8kg a mais que me incomodavam. Podem dizer que era frescura minha, pq as pessoas me consideravam com um corpo bom, mas se eu não era feliz? Fiquei por 2 anos com 52kg e manequim 36, tenho 1,60 de altura, só que comecei a desenvolver uma sindrome do pânico e o tratamento, que ainda faço, me fez recuperar o peso novamente. Já troquei a medicaçao com o psiquiatra por um a que não aumenta o apetite, mas o endócrino está marcado, pq não sou feliz com 60kg e ponto. Até dezembro recupero a minha forma de antes, se Deus quiser! Tambem já to fazendo um chek-up geral para voltar a malhar.

  10. Patricia

    Aline….Achei o maximo o seu depoimento ! Eu tb compartilho com vc qdo vc diz que mtas acham que porque buscamos “alternativas” para nos sentirmos bem, como emagrecer um pouco, até pq questões de saúde, estamos indo contra os principios do mundo Plus Size. Eu fiz redução de estomago, pesa 160 kg, hoje tenho 84 kg e me sinto ótimo, mas percebi um certo preconceito.
    Vc é linda ! Parabens !

  11. Samantha Heimlich

    Me identifiquei e muito com o comentário da Vanessa….vivo no “efeito sanfona”, Já começei e larguei vários tratamentos. O pior pra mim é quando chega o fim de semana e sair com os amigos pra beber…doces então nem se fala.
    Retornei a dieta esta semana, a base de remédios e com acompanhamento médico. Estou determinada a segui-la… estou com a auto estima baixa, sem vontade de me arrumar, colocando sempre roupas largas. Estou com 97kgs e desejo chegar aos 70. Vejo minhas roupas no armário que não entram e fico mais pra baixo ainda.
    Em breve desejo contar novidades para todas vcs….
    bjsss

  12. Liliana_Nakakogue

    Isso realmente comove e inspira… mas o mais importante, nos dá confiança em seguirmos em frente. Estou no caminho certo. Sempre tive as dificuldades de estar acima do peso (Também tenho 1,65m e cheguei a pesar os chocantes 108 kg), embora não tenha passado por situações de preconceito explícito, mas passei por dificuldades físicas e de auto-estima. Diversos fatores me levaram a engordar, hoje estou nessa fase da reeducação alimentar, emagrecendo sem preocupação em seguir dietas ou exercícios rigorosos. Claro que a perda de peso é mais lenta por esse fato… mas afinal, ao longo de 1 ano e meio sem me privar das coisas que gosto de comer, emagreci 20 kg. Tem gente que emagrece esses 20 kg em muito menos tempo… mas depois não consegue manter. Tenho orgulho de mim mesma por ter chegado até aqui e sei que irei mais longe. Admiro a Alinne pela lição de vida e por sua determinação. Sucesso Alinne! Beijos, Liliana.

  13. Oi Reee .. saudades imensas de vc amigaa !!
    Amei a história da Alinne, ainda mais por que é muito , mais muuito parecida com a minha .. ainda mais a parte do casamento.
    Que força de vontade e determinação teve essa mulher .. assim como inúmeras que vc já postou aqui.
    A minha luta continua , quem sabe um dia consigo essa benção! rs
    beijão a toooodas !! amo esse blog .

  14. Glaucia

    bem eu vou fazer a cirurgia bariatrica….
    o engraçado eh q hj q aceitei meu corpao gostosamente redodondo terei q fazer por motivos de saude…
    e mesmo assim sei q nunca usarei 38.. no minimo sera um 44, por causa da minha estrutura fisica…
    agradeço sempre ter conhecido as meninas do mulherao….e tbm da comu emgrecer doi do orkut, elas me ajudaram a reavaliar meu modo de me ver e de me sentir….graças a elas e a mim logico…. hj estou ate preparada pra essa etapa doida q a vida me expos…
    o importante sempre e todos os dias eh ser feliz….

  15. Alinne, vc se descreveu ou descreveu a mim? haha. Isso tudo parece comigo, a única diferença é que ainda não encontrei o médico e eu fui gordinha na infância e depois dos 22 anos, logo q casei.
    Linda, parabéns!!! Muito obrigada em compartilhar o seu momento conosco. São pessoas verdadeiras como vc que nos ajudam a achar o caminho. Continue assim.
    Um bjão.

  16. Graziela Cristina Vilela

    Muito linda sua historia Aline,Parabéns….. te admiro…..

  17. adorei esse post… eu também cheguei a 86kg, depois de 6 meses de dieta emagreci 30kg, não precisei de remédios, mas sou super a favor do uso em quem precisa conter a compulsão. já a bariátrica eu acho que precisa mais critério na indicação, tem muita gente fazendo sem antes tentar o básico..dieta… ou engordando pra fazer!!! fico besta com isso!!
    meu blog da dieta: clarissainquieta.blogspot.com

  18. oi Aline…
    Amei as coisas q vc disse… quero perder peso, pelo menos uns 10 kg, e tb to correndo atras d bons médicos.. mas me fala uma coisa, teu médico é “ortomolecular”.. pq andei pesquisando e vi q eles pedem muuuuuuitos exames e focam no q teu corpo precisa, etc… não dão femproporex ou sibutramina e pronto..rs…

    • Olá Ester! Ele não é ortomolecular não! Mas ele dá os remédios de acordo com o que cada um precisa. Bjs

      • oi Alinne…
        obrigada por responder… =)
        Eu tô com tel. de dois médicos, e tô escolhendo um pra ir…rs.. em breve t dou respostas d qnts quilos joguei fora…kkkkk.. (pq perder é um perigo.. alguém sempre acha d novo…kkkkk..).
        bjokassss e força ai na manutenção…

        ah! tuh fez atividade física?? musculação e aeróbica?? algo do tipo?

  19. Vocês não sabem como estou feliz com tudo que tenho lido aqui, no facebook e no twitter! Isso vai ajudar na parte mais difícil que vem aí: a manutenção! Obrigada a todos pelo carinho e sejam felizes!

  20. NEIDE

    obrigada Alinne. Amei ler esse depoimento. Irei a luta MUITO OBRIGADA!!!!!!!!

  21. eu simplesmente adorei todo o post e traduz tudo o que penso tambem… eu era super contra remédios pois sempre escutei estorias horriveis, mas me rendi e estou me encontrando e me amando, mas só mudei também depois de me adorar como tava tambem…Agora quero aumentar minha adoração por mim, melhorando meu exterior. Com alimentação adequada, malhação e sorrindo muito porque a vida é linda

  22. Oi Querida.
    Na epoca da faculdade, eu emagreci 38kg com anfepramona cloridrato. Mantive o corpinho por dois anos, com exercício e alimentação regrada. Após, engordei tudo novamente. Atualmente, me sinto muito acima do peso, mas não quero tomar medicamento novamente, pois sei que depois eu não me sentirei bem, além de não poder toma-lo pelo restante da vida.
    Entendo você e te desejo muita felicidade,
    Beijinhos

  23. ana claudia

    alinne parabens pq nos sabemos que acima de tudo precisa de força de vontade tudo bem ter um medico bom mais quem e a campea com certeza e vc beijos

  24. rosa maria

    FICO MUITO FELIZ QUANDO LEIO DEPOIMENTOS COMO O SEU POIS TAMBÉM SOU GG ,JÁ CHEGUEI A 107 KILOS , E ISSO ME TROUXE GRAVES PROBLEMAS DE SAÚDE (PELO MENOS NO MEU CASO).HJ ATRAVES DE TRATAMENTO MÉDICO JÁ CHEGUEI AOS 94KG E GANHEI MUITO EM QUALIDADE DE VIDA AINDA FALTA MUITO +JÁ É UM COMEÇO ,NÃO SEREI MAGRA NUNCA ESSE NÃO É MEU BIOTIPO E AFINAL NEM ME ENXERGO ASSIM.HJ CONSIGO ME AMAR E ME ACEITAR E DEVO MUITO DISSO A BLOGS COMO ESSES ,Q NOS MOSTRAM Q MULHERÃO TAMBEM PODE SER MARAVILHOSA,BJS

  25. andréa

    Tomar remédio “pra sempre” não dá!! o pior está por vir quando vc parar de tomar os remedios, pq vicia e a ansiedade aumenta. boa sorte! conheço uma colega que era magra devido ao remedio mas depois da gravidez quase 30 kg a mais devido ao inchaço, ela ficou um horror e muito depressiva

  26. Já falei antes mas reafirmo aqui novamente, Alinne vc é uma vencedora, fiquei super feliz e emocionada com a sua história e ainda mais por ter contribuido em parte com ela. Como disse não temos a dimensão do nosso trabalho como modelos mas ao ver depoimentos como o seu podemos ter a certeza que estamos seguindo pelo caminho certo. Obrigada pelo carinho e parabéns por sua determinação em busca da felicidade. Grande beijo

  27. ÓTIMO!! Comigo foie xatamente a mesma situação, procurei o tratamento particular quando ja tinha alcançado os 96 quilos, no meu caso em uns 4 meses ja tinha emagrecido 20 kgs, é importante tbm informar q para além dos remédios que tem a função de ajudar no emagrecimento, a reeducação nos traz qualidade de vida e a consequencia mais simples é o próprio emagrecimento!

  28. Aai que delícia…desde junho estou fazendo acompanhamento médico e de lá pra cá já foram 10kg…é pouco, pois estava na marca dos 140kg…horríveeel…não que agora esteja o máximo..mas estou me sentindo muitoo melhor….hj lendo esse post tive um novo animo…pois depois de um tempinho vamos relaxando e o ponteiro da balança começa a ficar no lugar, por isso preciso dar um up nos exercícios…eu sei que o caminho é longo,…já pensei em cirurgia, mas isso não é pra mim…prefiro continuar tentando desta forma, pq sou mtoo medrosa pra entrar na faca!heheeh…não quero ser magrinha nem nada não…quero só saúde, e quem sabe um manequim 46…pra mim seria o céu!!
    Sei que o caminho é longo, mas eu chego lá…o importante é não desanimar e não querer tudo pra ontem….

    Bjooos…obrigado por essa injeção de ânimo!!!!

  29. Wendy

    Olá Aline, tenho 21 anos e decidi que também quero emagrecer um pouco para me sentir melhor comigo mesma.
    Voce poderia me falar que tipo de medico vc procurou?? Foi um endocrilnologista mesmo??
    Quero seguir seus conselhos, se puder me add no msn pra gente falar mais. wendy_mendees@hotmail.com

    BJOOs, Liinda ..

  30. Adorei a história… amar-se faz mesmo toda a diferença. Independente do seu peso, do formato do seu corpo. Quanto ao uso de medicamentos para emagrecer, acho mesmo que é ilusão (por favor não joguem pedras, é só a minha opinião).
    Ainda não conheço nenhuma pessoa, ou ao menos tenha ouvido falar de alguém que tomou este tipo de medicamento e que não recuperou ao menos o dobro do peso que perdeu. Eu mesma já fiz uso destes medicamentos, tinha muuuuitos efeitos colaterais (apesar de jurar para os outros que eu estava ótima), tinha taquicardia, boca seca, irritabilidade, insônia e até cheguei a desmaiar. Já li N estudos Ciêntificos que comprovam a ineficácia de tais medicamentos a longo prazo e provavelmente por isso que eles são proibidos em toda a Europa e em diversos outros países.

    Gosto quando a Renata Poskus diz que emagreceu porque aprendeu a amar-se. Acredito que ela está mesmo certa. O equilíbrio emocional e o amor próprio, independente do peso que se tem, talvez seja o melhor “remédio” para conseguir levar à frente uma reeducação alimentar, essa sim a melhor solução para vencer a obesidade.

  31. Cimara cristina de souza

    ola infelismente passo por isso o que vç disse e gostaria de obiter ajuda e ser foete mais tenho tanto medo e não sei o que fazer para mudar isto sua carta me levou a pensar e quanto au uso de remedio tenho um pouco de reseio mais sei que se não usar e dificil para emagreser e gostaria de saber como vç pode me ajudar onde devo procura ajuda tem na internete algum saite de alto ajuda para eu procurar?gostaria muito de participar e ter esta ajuda

  32. luciana

    vc realmente disse tudo. Eu preciso muito tomar consciência do meu corpo. Eu tenho um marido que me ama…um emprego muito bom…dois filhos pequenos maravilhosos…tenho tudo pra ser feliz. Preciso me amar e ter objetivos atingíveis.

  33. Jéssica Vieira

    Alinne VC É LINDA, seu depoimento É LINDO, confesso que chorei *-*

    Eu tenho 20 anos sempre fui gordinha e os ”olhares” de reprovação de algumas pessoas me incomodam, não me acho feia, pelo contrário me considero bonita, mas estou começando a me incomodar com o meu corpo, me sentindo mal com algumas roupas, me isolando de alguns eventos, vire e mexe me pego deitada em minha cama chorando pq não fiquei bem em nenhuma roupa pra ir naquela festa, pq eu não tenho um namorado e todas as minhas amigas tem, pq qdo um cara chega perto de mim é pra perguntar se minhas amigas estão solteiras… Depois do seu depoimento Alinne, decidi que vou mudar, que vou correr atrás do que EU QUERO, de como EU QUERO ser, não pelas pessoas, nem pelos olhares, pq a partir de hoje isso não vai mais me incomodar, e sim pq eu EU QUERO e pq EU POSSO, vou marcar um médico nutricionista e vou passar em um psicologo tbm… E logo menos estarei aqui dando o meu depoimento assim como vc…

    Obrigada!
    Um super beijo pra você e para as meninas ♥

  34. clau

    incrivel!!!!
    minha historia e muito parecida c a dela, mas sempre sofri muita pressao externa, e acabei me acabando por um tempo com a opiniao alheia. hj eu me amo! e se for emagrecer vai ser prs EEEEUUU me axar gostosa! JESUS MUDOU MINHA VIDA!!!

  35. Angelica Rosa

    AUTO ESTIMA É TUDO FILHA…INDEPENDENTE DOS MEIOS QUE SE USEM PARA MELHORAR …PRINCIPALMENTE A SAUDE!!
    TENHO MUIITO ORGULHO DE VCS**”genro tb”
    Bjus …amo vcs**

  36. oi gente primeira vez que entro aqui to meio perdida e gostaria de saber se tem alguma loja aqui em bh que vende estes modelitos outra coisa e que gostaria de dicas pq sou a famosa mulher pera fina em cima e larga em baixo e sou pequena se puder mim agudar tenho25anos beijocas

  37. me identifiquei sim muito com seu passado recluso, vivo isso hj, tbém tenho um marido que me ama, um filho lindo, e familiares preocupados comigo. Menos eu, não gosto de mim., não gosto do espelho. Não existe remédio, só compulsão, e culpa, é horrível. Parabéns por conseguir.

  38. Celle

    Aline, me encontro em uma situação parecida e estou muito frustrada com meu corpo pois engordei 20 kg. Quais médicos procurar? O endocrinologista me passou sibutramina e nao me deu bem. Abandonei essa médica e desisti ate da nutricionista. me ajude

    • Olá, Celle!
      Hoje em dia o remédio que tomei não pode mais ser receitado por tempo indeterminado… Também Já tomei sibutramina e não foi tão legal… Mas não desista e lembre-se: reeducação alimentar e exercícios ainda são a melhor receita para emagrecer com saúde e efeito duradouro.
      Não desista de você!!!
      Bjks

  39. Denize

    Parabéns pelo sucesso alcançado!Estou numa situação semelhante, 1,70 de altura e 97Kg, não aguento mais. Vou iniciar o tratamento com o endocrinologista, nutricionista e psicóloga… não vou escapar dos remédios, mas cada um faz o que pode, e no momento é isso que posso fazer! Espero ser um caso de sucesso como você. Parabéns!

    Abs

    Denize

  40. Jayna

    Olá ……
    Bom eu já estou dessa forma, me sentindo horrivel
    Minha alto estima está lá em baixo
    Não tenho vontade de sair , vivo chorando em todo lugar
    Já quiz largar tudo e ficar debaixo de um edredon para ninguem me ver
    Minha familia me deixa muito triste e ja me magoaram por que estou acima do peso ….
    Mais agora tenho o endocrinologista marcado e tbm a nutricionista
    Quero siim emagrecer , e vou conseguir pois eu sei que posso
    E muito dificio pois parece todas as pessoas te olham diferente
    como se vc estivesse horrivel, isso machuca muito ….
    Então por isso estou determinada a emagrecer e ficar de bem comigo
    mesma ! Esses depoimentos me deixaram muito motivada
    Obrigada a todas, É coragem pois sei que todas nós vamos coseguir : )

  41. NOSSA QUE BOM OUVIR ISSO,SABER QUE TEM ALGUEM QUE JÁ TOMOU REMÉDIO E ESTÁ FELIZ ME DEIXOU MAIS MOTIVADA PRA PROCURAR UM MÉDICO E COMEÇAR O MEU TRATAMENTO,MUITO OBRIGADA.

  42. Beatriz

    Oii
    Estava passando por uns sites e achei seu blog…
    Li seu relato e achei muito interessante, tenho 20 anos e luto contra o efeito sanfona desde criança rs
    Tomo remédio sim já faz algum tempo e sao eles que me dão animo para exercícios e seguir uma dieta.
    Parabéns e que você continue assim !

  43. pricila sabino

    oi.. fiquei muito feliz em ler a sua história… me emocionei muito…pq passo por tudo o que vc passou… marquei um endocrino tmbm… espero que de certo…um beijo e sucesso…

  44. lidia manhuacu,mg

    hoje eu sinto que preciso emagrecer,mas náo sei como,é triste quando as pessoas passam por vc e debocham de vc,,elas rir de nos que somos gordos,acham que estamos nesta situaçao porque gostamos,nos humilham!!! sou a favor de remedios que possam nos ajudar sim,porque náo?é melhor vc tomar o remedio e ser feliz do que sofrer humilhaçóes nas ruas,somente que é gosdo pode falar…parabéns por alcançar seu objetivo…bjsss lidia manhuacu,mg.

  45. Fatima

    emagrecer é dificil,mas não impossível,acho que os remédios ajudam muito,nessa luta contra a gorduras Eu vou ao médico,para ele me receitar ,pra eu ser mais feliz,quero emagrecer até o fim do ano.Parabéns pra vc que conseguiu seu objetivo.

  46. Cristiane

    adorei parabéns me inspirou a procurar um medico bjs

  47. Izis Ribeiro

    Fico muito feliz por você.
    Gostaria de saber o que você tomou?? Estou precisando muito emagrecer.
    Beijos

  48. FLAVIA

    Oi Aline,
    Gostei muito da sua lição de vida. Parabens pela vitoria e pela matutenção, acho que isso é o mais importante.
    Eu me vi um pouco nessa sua historia…E impressionante como lutamos sempre com esse mal, o sobrepeso…
    Eu com 18 anos pesava 67,00. Hj com 29 anos estou com 84,00. Sou casada e tenho um filho lindo. Meu marido reclama muito do meu relaxamento, adorava frituras e sanduiches…ja comecei varios tratamentos com dieta e remedios orientados por medico, começo com pique total e depois quando vejo q consigo o que quero, esqueço de todo esforço e abandono o tratamento. Meu marido ja nao acredita mais em mim, ele incentiva muito pra eu me cuidar, nao gosta desse meu jeito relaxado, me doi muito essa cobrança dele, pois sei q ele esta certo, e eu nao tinha força para lutar contra meu relaxamento comigo mesma, ate que um dia em uma briga horrivel por causa do meu peso, ele falou coisas horriveis, que nunca tinha falado, que me fez acordar e começar a lutar novamente. Comecei meu tratamento com um medico e com medicação fitoterapica, e RA, estou comendo de 3 em 3h, e apostando muito no verde, e nas caminhadas a noite quando chego do trabalho…confesso reluto para as caminhadas, sou preguiçosa, meu marido me da maior força…me incentiva muito, nisso nao posso reclamar dele…eu deixei de lado e começei a caminhar 3x por semana durante 1hora, alterno corrida e caminhada…me sinto mais disposta e feliz…e demorado e gradativo mais se que vou conseguir chegar no meu peso desejado, e o mais importante é manter isso, pois quero isso pra vida toda!
    Aline um beijo, fica com Deus e gostei muito do seu blog.

    • Carla Castelo

      Olá, pessoal!!
      Encontro-me numa posiç~~ao semelhante “A de vocês todas…sei o quanto é difícil emagrecer…tenho 1,56m e estou atualmente com 87 kg, aos 29 anos, mas, um dia tive 56 kg..tenho um marido lindo e uma filhinha de três anos e meio…neste tempo, engordei muito, preciso eliminar 30 kg…sei que nao é fácil, mas conseguirei…hoje mesmo irei ao endocrinologista e até a semana que vem darei início a malhaçao. Encontrar o artigo da Aline e os depoimentos de tantas mulheres que se encontram na mesma situaç~~ao que eu me deixa mais segura, sei que estou no caminho…e que todas nós seremos vencedoras na luta contra a balança e pela saúde. Obrigada!!!

  49. Fabiane

    Oi Aline..que linda essa história..
    Pode me dizer que especialidade é do seu medico?
    Bjssss

  50. Danielli

    Eu fico indignada com o preconceito que as pessoas tem com quem toma remédios para emagrecer. Se a pessoa tomou remédio parou e voltou engordar é simplesmente porque não fez o tratamento correto. Eu estava pesando 126 kg semana passada fui em uma Endocrinologista e ela me receitou Fluoxetina e Subtramina. Vou tomar mais ela deixou bem claro que eles só vão me ajudar e o que realmente vai me emagrecer é a RA e exercicios. Há 3 anos atrás eu pesava 106, eu comecei a malhar e fiz dieta perdi 20 KG. Depois engravidei e engordei de 86 fui para 126. A culpa é da academia? é da minha gravidez? NÃOOO a culpa é minha pois depois que eu perdi os 20 Kilos não fechei mais a boca e não fiz mas exercícios. A culpa não é dos remédios quando se engorda o dobro e sim da falta de seguir o tratamento certo. Se o remédio for receitado por um bbom médico e fazer as manutenções certas não voltaras a engordar. Efeitos colaterais? sim existem mais depende de cada organismo, qualquer remédio pode causar efeitos eu por exemplo quando tomo tylenol ataca meu figado. Mas não é porque faz mau para mim que vai fazer para outras pessoas. Muita gente diz “Tomei remédios emagreci tantos kilos parei e engordei de novo, depois comecei uma RA e emagreci estou feliz” Agora vai uma pergunta porque quando parou de tomar o remédio não continuou com a RA? É muito fácil arrumar um culpado para a nossa falta de opinião.

    • Puxa, Danielli, vc tocou num ponto importantíssimo! Vivia ouvindo que depois ia engordar o dobro por ter usado remédio, mas não é o remédio que faz engordar de novo depois e sim o fato de abandonarmos completamente o tratamento e voltarmos a comer como antes. Temos que adquirir consciência de que é uma doença crônica, cujo tratamento dura o resto da vida! Os remédios são só uma ajuda, mas a maior parte do resultado e manutenção depende da gente!
      Bjks

      • Marcia

        Alinne amore eu mandei uma mensagem no contato queria saber se vc pode me contar onde foi para eu ter uma direção pois quero muito perder 10k estou muito acima do meu peso como varios depoimentos eu fico no efeito sanfona e não quero mais bjo até mais

  51. ezequias

    eu sou gordo to pesando 135 kls e quero esmagrecer como fazer. eu posso toma remedio pra ajudar

  52. Paula Shimenne

    Por mim tomaria anfetamina numa boa, mas decidiram tirar de circulação o único inibidor q funcionava pra mim…. Paciência, tenho q me conformar em ser gordinhas, já q sem remédio não tenho qualquer facilidade pra seguir dietas ou fazer reeducação alimentar, acho uma pena, pq ajudaria muito, um endócrino falou pra eu fazer o balão…. Prefiro as pílulas mágicas pra daí sem a fissura de guloseimas conseguir fazer uma reeducação alimentar e emagrecer direitinho…

    • Paula Shimenne- como assim???????????? E a força de vontade?? Eu pesava 93 kg, tinha imc 32, e ninguem dava nada por mim. Ouvi muita risada na cara, quando disse que tinha começado a dieta… Hoje, as mesmas pessoas, que riram, ficam abismadas, de ver, que perdi 21 kilos, em 4 meses, sem remedios!!!!!!! So com caminhadas, e reeducaçao alimentar. Seguindo a risca o cardapio, e controlando a compulsao, pois ainda tenho compulsao alimentar sim, as vezes escorrego, caio… mas em seguida eu levanto a minha cabeça, pois sou eu quem levo a comida ate minha boca… Portanto cabeça erguida e boca fechada! e Foco! Pretendo perder mais 8 kilos, pra vestir 42/44, e sei que vou CONSEGUIR!!!!

  53. belly

    Parabéns pelo esforço e pela conquista.
    eu tbm preciso emagrecer os 20 kilos q eu engordei depois da minha gravidez,to cansada de ouvir minha família zuar da minha cara,me chamando de gordinha,baleinha essas coisas.Eu finjo q ñ ligo,mas no fundo me machuca bastante.Ja tentei fazer dieta,mas sempre caio em tentação,daí fico triste e deprimida…meu marido me dá a maior força diz q me ama do jeito q eu estou,mas eu sei q ele prefere me vê magra…

  54. oi parabens eu vou usar isso como uma dica estou perdendo meu marido quando eu casei eu pesava 70 q agora estou com 88 nossa ele n me olha como ele me olhava

  55. É impressionante, Aline. Esta semana, sem ter lido nada sobre isso, o meu argumento para o meu marido foi exatamente este: que a obesidade é uma doença como qualquer outra e que deve sim ser tratada com remédios. Quando li sobre o endo do Bem Estar, fiquei chocada, pois confirmou meu argumento! E foi tão forte que meu marido, que era super contra, agora me apoia para o auxílio de medicamentos. Muito legal, me motivou ainda mais!

  56. Cris

    Li este depoimento pois estou a procura de algo que possa me ajudar a emagrecer. Percebi o quanto foi importante a visita a um profissional que desse todo apoio, e que manipulasse uma formula. Começo do ano passado fui to esperançosa em um endocrino que se negou a me tratar, que nem me ouviu e logo passou uma centena de exames e uma indicação para a cirurgia bariatrica. Mesmo eu lhe dizendo que eu havia sido aconselhada por dois profissionais para não fazer este procedimento. Então ele me disse que para mim não tinha mais jeito. Ele foi tão grosso comigo que nunca mais procurei ajuda médica. Porém não aguento mais sofrer tanto com a obesidade, como estou sofrendo, e depois deste texto estou motivada a mais uma vez procurar ajuda.

  57. Lu Marrques

    Olá meninas! Acabei de chegar de uma consulta com um endocrinologista e passei pela mesma situação da Cris, com uma pequena diferença: se eu pagasse uma consulta de R$ 300,00 ele me passaria um tratamento, pelo plano de saúde nem olhou no meu rosto! Não teria me importado de pagar, porém a forma como o médico falou me deu nojo! Acho um absurdo o que estão fazendo com as pessoas que sofrem de obesidade. Sou contra a auto-medicação, pois corremos sérios riscos de passar mal. Mas sei de vários casos em que as pessoas buscam um apoio médico e literalmente dão com o nariz na porta! É muito fácil dizer que o obeso é preguiçoso, sem força de vontade, etc… todavia, já vi muitos médicos colocarem a obesidade como um problema de saúde que dever ser tratado e acompanhado e, se for necessário, com medicação sim! Eu trabalho na área da beleza e tenho muitas dúvida referentes às ações da ANVISA, pois eles liberam uma série de produtos extremamente tóxicos, porém retiram do mercado quase todas as opções para tratamentos da obesidade. Ironicamente, já perceberam como cresceu o número de cirurgias para redução de estômago, cirurgias plásticas, etc… Me pergunto: quem será que está ganhando com isso? Aline, parabéns pelo teu esforço, pois sei que só medicação não faz milagres!
    Gostaria de deixar claro que não me importo em ser pluz size, mas me importo quando minha saúde está em risco! Beijuss a todas!

  58. rafaela vignol

    olha querida ja tomei um monte de remadio e nao vez nada nao tive nen um resultado ate agora

  59. nara

    ola gostaria de saber a formula do remedio, por favor nao tenho condicoes de pagar um medico e estou precisando muito emagrecer 10kg estou me sentindo muito mals me ajude por favorr??

  60. Ana Lúcia de souza Nascimento

    Olá Aline, estou um pouco triste engordei 8 quilos ,quero emagrecer marquei endocrino pra semana que vem pq sozinha não consegui, pois sou muito feliz no meu casamento, meu marido é maravilhoso fala que sou linda ,mas não estou feliz com meu corpo pois sou vaidosa, pesava 0,65 e fui para 0,74. quero palavra de conforto mas chego lá, com fé em deus .. Bjs Ana Lúcia

  61. Luiza

    Fico feliz por vc ter conseguido atingir seu objetivo e posso dizer que sei o que vc sentia enquanto estava acima do peso, pois sinto o mesmo, mais acredito que com o seu depoimento vou ter forças e procurar ajuda. Bjs e tudo de bom para vc.

  62. Lislaine Nunes

    Quero emagrecer 15kg

  63. Olá, Evelyn!
    Pedindo assim com tanto jeitinho decidi te contar o nome do remédio…
    SÓ QUE NÃO!
    Não, porque não sou médica para dar receita!
    Não, porque o intuito deste post nunca foi incentivar o uso de remédio sem orientação médica.
    Não, porque você já deve ter algum problema para agredir assim gratuitamente uma pessoa que nem conhece e remédio para emagrecer só iria te prejudicar ainda mais.
    Bjks

  64. Ludimila

    Como vc conseguiu manter o peso após parar de tomar os remédios?
    Vc parou há muito tempo?

    • Olá, Ludimila!
      Por um tempo mantive o peso com a alimentação, mas depois acabei voltando a comer normalmente e engordei… Nunca mais voltei aos 96kg, mas manter a faixa dos 70kg ficou difícil… parei com os remédios em 2011 mesmo, no final do ano… hoje quero emagrecer de novo mas de outra forma, estou fazendo atividade fisica, coisa q nao fiz nessa época… mas não me arrependo e tomaria de novo, mas faria a manutenção melhor, não me descuidaria.

      • Ludimila

        Eu tb aline, tomei remedio emagreci, e relaxei e voltou tudo..
        Quero tomar denovo pq não estou conseguindo emagrecer sózinha, quero perder 10kg.. como fazer a manutenção para não voltar a engordar? :(

  65. dinamarciasilvarosa

    eu sou super a favor de remedios so quem pesa 120 kl é que sabe o que passa bjos

  66. Luciana Alves Gandolfi

    Olá Alinne,
    Há algum tempo vim me sentindo como você, pois sou diabética e não aceitava meu corpo depois que engordei, de 2 meses pra cá, resolvi investir em mim mesmo, e de 88kg já estou em 81, e isso sozinha, agora você me deu ânimo e vou marcar uma consulta, até novembro quero estar com 66kg, que é o meu peso ideal. Obrigada e Bjos!!!!

  67. Luma

    Qual remedio você tomou querida?

  68. Fernanda

    olá,Aline qual é o endocrinologista que você vai,pode me dar o nome e telefone de contato.Obrigado

  69. maria jose

    oi aline, vc pode indicar o medico, ja fui em endocrinos que nao querem receitar remedios e so passam dieta, exercicios e etc…

  70. Rosani

    Noosssa,,, gostaria de saber qual é esse remédio,como posso conseguir e se o preço é Bom!

  71. tereza

    tereza
    que bom que deu tudo certo pra voce eu nao consigo emagrecer bj felicidades 07/09/03
    se puder deixar o nome do remedio ta agradeço

  72. Estela

    boa noite Aline,
    estou desesperada, e preciso de ajuda tenho 47 anos e 100quilos
    pode m passar o nome e o telefone do médico,

    grata

  73. SOLANGE MAIA

    SMAIA1484@IG.COM.BR, OI ALINE, LI TUDO E FIQUEI MUITO FELIZ EM SABER QUE PODEMOS CONSEGUIR, TENHO 1,65 E J ESTOU COM 99,00 TUDO ISSO ACONTECEU APOS A PERDA DO MEU FILHO… PESSO POR FAVOR ME INFORME O NOME E ENDEREÇO DO SEU MEDICO…. TOMARA QUE NAO SEJA MUITO CARA A CONSULTA. GRAT SOLANGE MAIA

  74. Regiane

    Parabéns Aline também sou gordinha e me sinto assim como você se sentiu um dia, e me sinto muito mal não sou feliz assim minha alto estima tá no chão, quando era magra gostava de me arrumar e me maquiar, hoje mal me olho no espelho, comecei tratamento mas só durou dois dias, meu médico me receitou sibutramina passei muito mal, minha pressão foi nos ares e olha que minha pressão é baixa desde então resolvi desistir já que outros medicamentos estão proibidos pela anvisa e pior me sinto fracassada por não conseguir sozinha 37 kg é muita coisa sem ter alguma ajuda

  75. Dri

    Gente, preciso de ajuda, preciso emagrecer, tenho 35 anos, e estou pesando 128 kg. Não tenho mais vida social, auto estima, estou muito triste. Muito infeliz. Sou de Belo Horizonte.
    Se quiserem me mandar e-mail.
    dri.kbh11@yahoo.com.br

  76. solange maia

    GENTE PARA …ESSAS HISTORIAS SAO MENTIRAS… ESSA PESSOA NUNCA RESPONDE QUE REMEDIO TOMOU NEM O NOME DO MEDICO… ELA FAZ ISSSO PARA TER UM GRANDE NUMERO DE SEGUIDORES…SO ISSO…PODEM VER TODO MUNDO PERGUNTA O NOME DO MEDICO , ENDEREÇO, TELEFONE E ELA NUNCA RESPONDE ISSO É MENTIRA

  77. solange maia

    REALMENTE O SER HUMANAO PAGA PARA SER ENGANADO AFFFFF

  78. Gente, de uma vez por todas: esse texto é meu, não da dona do Mulherão, que achou interessante compartilhar a minha história aqui, em 2011!!! Por isso ela não pode responder a todas as perguntas de vocês! Não tem nada de mentira aqui, eu não tenho controle sobre os comentários, por isso não respondo! Não gosto de divulgar o nome do remédio para não incentivar a automedicação. Mas usei anfepramona, hoje proibida! Se quiserem mais alguma informação mandem email pra alinnerosa@gmail.com e parem de perguntar para a Renata ou duvidar da idoneidade deste blog! Att, Alinne Rosa – http://www.alinnerosa.com

    • Renata Poskus

      Sem contar que nem eu e nem você temos a obrigação de passar receita médica para ninguém. Para mim, as filhas que ficam putas da vida porque não tem o nome do remédio são aquelas que planejam comprar o medicamento no mercado negro. Seu texto serve para incentivar a busca por um médico e não o consumo insdiscrimidao de inibidores de apetite ou a automedicação. Então, que se lasquem. Quem quer saúde não ofende a mim, ao Blog ou a você. Levanta a bunda da cadeira e vai procurar um endócrino.

      Renata

  79. bruna

    Linda história,me identifiquei c/todas tenho 26 anos 1,55 altura e peso 74kg,nao aguento mais esta vida de me esconder pelos cantos da ksa,de comer e ficar triste etc…,marquei endocrinologista e mais uma vez vou tentar ser feliz.bjos !!!

  80. v

    Já passei por tanto, me acostumei a consumir anfetaminas para poder comer a vontade, só que agora com a proibição do seu uso, consegui em menos de 8 meses, engordar 30kg, isto com acompanhamento psicologo,psquiatra,sinto-me fracassada e desanimada, adquiri com este uso por 20 anos, internação, bipolaridade,depressão, e agora parece castigo,a tão terrível e temida OBESIDADE, que se instalou com tudo!Bem parece que plantei e agora não paro de colher,bjs e obrigada pela oportunidade do desabafo!

  81. nathalia oliveira silva

    ai me fala qual o remedio pra mim tomar eu nao aguento mais ser gorda eu quero muito emagrecer

  82. Fernanda

    Eu super me identifiquei com esse post..
    Alguem poderia me indicar um medico ???
    Moro em Sao Paulo..
    Beijos!

  83. Juliane

    Me indica a sua medicação. Estou muito acima do peso. A gente seu caso muito interessante. Estou em Minas gerais. Me ajuda

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s