Sexo é bom. Sexo é muito bom

Por Keka Demétrio

Outro dia falei para Edu Soares que meu próximo texto seria sobre sexo, mas que estava sem inspiração. Ai veio a incredulidade em forma de pergunta: Você, Keka Demétrio, sem inspiração para falar sobre sexo?? Fui lendo e rindo, e a inspiração foi surgindo, porque me lembrei que nem sempre foi tão fácil falar sobre sexo, assim como não deve ter sido para a maioria das mulheres. Hoje em dia, não vejo problema algum em falar sobre o assunto, aliás, gosto bastante do tema.

Alguns anos atrás, mulheres falando sobre sexo era uma raridade, na verdade trocávamos algumas impressões e informações com as amigas mais chegadas e só. Era preciso descobrir por outros meios e pelas experiências. Porém, descobrir, buscar conhecimento, é uma coisa, porque conhecer nosso corpo e descobrir o prazer é um buraco bem mais embaixo. Sem trocadilho.

Como nos libertarmos de uma hora para outra da educação rígida e dos tabus a que fomos condicionadas desde a infância, quando sequer meninos e meninas podiam brincar juntos? E se essa menina estivesse acima do peso e além da rigidez da educação ela ainda tivesse sua autoestima abaixo de zero, como agir e reagir a isso tudo? Como faze-la acreditar que poderia se tornar uma mulher linda, desejada e com direito a sentir prazer como qualquer outra mulher, independente do seu corpo? Tarefa difícil, mas não impossível.

Quando não conseguimos trabalhar a autoestima dessas mocinhas, na primeira chance elas se jogam em relacionamentos onde o corpo é a válvula de escape para as angustias que sente por não se sentir inserida na sociedade do corpo ‘perfeito’. Presa fácil dos rapazes que se vangloriam pelo número de mulheres que conseguem levar para a cama e não pelo seu caráter, no caso aqui, duvidoso, vão passando de mão em mão buscando preencher o vazio cavado por anos e anos de autopiedade, preconceito e exclusão. O mais triste é que quando se deitam em suas próprias camas, sentem-se mais vazias do que quando acordaram, porque ao agirem desta maneira, estão esfacelando de vez o seu amor próprio.

Sexo é uma delícia, é saudável, faz bem para o corpo, para a pele, para a alma e para a vida, mas desde que você esteja fazendo com quem realmente valha a pena, que desperte em você a vontade de se sentir mulher. Sim, porque dizem que a maternidade é quem faz isto, mas devo dizer que não é somente ela, aquela sintonia, aquela química, as borboletas no estômago, o frio percorrendo a coluna quando está falando com determinado homem, são nossos instintos femininos declarando que estamos prontinhas para dar e receber prazer.

O grande problema, é, tem que existir problema, mas também tem solução, é que alguns homens são tão egoístas, egocêntricos, machistas e ridículos que tolhem suas mulheres. Castram seus desejos e sequer permitem que elas abram a boca para falar sobre sexo. Acham tudo maravilhoso com a mulher dos outros, tem fantasias com a gostosa da empresa, mas se sua esposa aparecer com uma lingerie mais sexy ele simplesmente a ignora ou diz que está ridícula. Mulheres de homens assim, e que continuam deixando eles agirem desta maneira, nunca poderão dizer que são mulheres de verdade, não só pelo prazer que nunca vão sentir, mas porque não sabem o poder que possuem para modificar a sua própria vida.

Mas graças a Deus existem homens de verdade. Homens que entendem a anatomia do nosso corpo, que possuem sensibilidade para saber o que desejamos, que nos deixam livres para falarmos o que, como, de que maneira e intensidade gostamos e queremos, que se deliciam ao nos fazer sentir mulher. Que não estão ali para reparar nas nossas celulites, estrias, flacidez ou gordurinhas, mas para descobrir nossas fantasias e dividir as suas conosco, e se for possível realiza-las vão querer fazer isto com a gente, porque sabem e conhecem a mulher que possuem dentro e fora de suas camas.

About these ads

32 Comentários

Arquivado em comportamento, Para Refletir, Preconceito, Relacionamento

32 Respostas para “Sexo é bom. Sexo é muito bom

  1. Cláudia

    Sexo é uma delícia! E você sabe como ninguém decifrar nossas angústias, medos e desejos! Lindo como sempre!!!

    • Pois é, melhor do que falar sobre sexo é fazer um bom sexo, e para isto temos que conhecer nossos corpos, nossos desejos, nosso companheiro, e estar dispostos a nos entregar de verdade sem neuras, né Claudinha? Super beijo pra vc, querida.

  2. Modéstia a parte ta ai algo que to sempre bem disposta pra falar e fazer hhahaha
    Adoreeei o texto amoree.
    Beeeijos #TeAmoSuaLinda

  3. Só não faço mais sexo por falta de grana. Mas sexo é bom até sozinho, então…

  4. Divani Divina

    Um bom sexo, feito direitinho e com muito carinho faz bem para o corpo e para alma. O mais gostoso e aquele friozinho na barriga ao lembrar da noite passada cheia de desejo e paixão. Da aquele gostinho de quero de mais.
    Bom texto. Abraços.

  5. Dara Nicácio

    Keekkaaa ( Madaaammee) Amei o texto, me encontrei em várias partes dele, você é um sucesso mulher. Bjos!!!

  6. Você, Keka Demétrio, sem inspiração para falar sobre sexo??
    Você, sem inspiração para falar sobre a vida??
    Você, sem inspiração para deixar nosso dia mais ameno??
    Nunca, jamais!

    • Oi mo bem!
      Olá, mô môr.
      Ainnn, por isso q te amo, vc me entende até qdo eu não me entendo!

      E tem gente que ainda não acredita em amizade sincera entre um homem e uma mulher. Claro que devemos levar em consideração que no caso em questão não é qualquer homem e nem qualquer mulher, é simplesmente Keka Demétrio e Eduardo Soares.

      Tá, eu sei, eu sou insuportávelmente encantadora. :)

      Loviú

  7. Ana

    Keka… acho que como a maioria, amo sexo… Não minto que às vezes tenho vergonha sim! Já fui humilhada por ser gordinha, mas tb já ouvi que as gordinhas são as melhores na cama… Não sei se é verdade! Bom, há algum tempos encontrei um de tirar o fôlego, não reclamo de nada e ele me trata mto bem na cama, mas ultimamente ele tem reclamado do meu corpo… Isso tem caído a qualidade, pois tenho vergonha em alguns casos…
    tipo, fazer com as luzes totalmente acesas. Eu gosto, ele gosta tb, mas eu tenho pedido mais luzes apagadas por vergonha dele falar algo. É uma pena isso, mas acho que eu estou me soltando mais com as luzes apagadas mesmo… Uma pena, pq sempre foi tudo tão bom…

    • Aninha, o que deve importar de verdade é se você é a melhor na cama do homem que você ama. Crise todo relacionamento passa, mas faça a sua parte de tal maneira que vc nunca pense que poderia ter feito mais.
      Beijosss

  8. Jóhzinha

    Oii estou conhecendo seu blog apenas hoje, mas já estou amando tudo aki
    falar de sexo! dizer q é bomm sim, com a pessoa certa, e com muito carinhoo ain e muito bommm. :D

  9. Ai ai!
    Será que ainda preciso comentar o texto????
    Creio que não!
    Sexo bem feito é BÃO DEMAIS e eu GOXXXXXXXXXXXXTO! Quem não gosta?
    Bjussssssssss amigaaa
    AMO-TE

  10. Cynthia Alonso

    “Sexo é uma delícia, é saudável, faz bem para o corpo, para a pele, para a alma e para a vida… aquela sintonia, aquela química, as borboletas no estômago, o frio percorrendo a coluna quando está falando com determinado homem, são nossos instintos femininos declarando que estamos prontinhas para dar e receber prazer.”
    Falar mais o quê, meu bem??? Me diz… kkkkkkkkk
    Loviú!

  11. KEKA ….celulites, estrias, flacidez ou gordurinhas onde?
    “A ordem dos fatôres não altera o produto” Keka!!!
    Seu texto muito bom…mas Sexo com “prazer” é ótimo!
    Amo…!
    Por que não existe o verbo SEXAR?
    beijo
    Rogério Motta
    NYork
    http://www.rogeriomott.blog.uol.com.br

    • Ahh, e vc sabe, né, Rô, o produto Keka é único, pedra preciosíssima que só os grandes gemólogos sabem o real valor. ;)
      E sexo com “prazer” não é ótimo, é maravilhoso, alimento pra vida.
      Quanto ao verbo SEXAR, o que é mesmo que estamos esperando para criá-lo??? rsrs
      Beijos

  12. Paula Regina

    Keka, quantas mulheres, e homens, que se inibem, se “desaproveitam”, deviam ler sua crônica.
    Nota 10 para as letrinhas arrumadas de forma tão elegante e sincera para tratar de um assunto que, a despeito do século 21 se fazer presente, ainda é um mitão.
    bjks, linda.

  13. CARLOS LUIDY

    CARLOS LUIDY.
    BB KEKA LINDA MARAVILHOSA, SABE QUE SOU MEIO ANTIQUADO CADA DIA QUE PASSA MAIS EU GOSTO DE VC ADORO CUIDAR DE VC OLHA ESTOU CHEGANDO VAMOS TOMAR AQUELE VINHO ESPANHOL BJU NO CORAÇÃO

  14. cathy

    ola só hoje e que conheci o blog e digo ja que me identifiquei bastante com este texto. eu tambem sou gordinha. e aqui nao há esses ultimos homens de quem falaste. pelo menos ainda nao encontrei nenhum. e nao sei as maravilhas do sexo pois aqui em portugal so olham para o exterior e as gordinhas sao sempre postas de parte. o texto ta lindo mesmo, parabens
    bjnhus

  15. Nossa.. perfeito…
    Para quem tem auto-estima baixa, uma educação tradicional e padrões morais antigos falar de sexo é “pecado” e proibido.
    Infelizmente a procura agonizante e egocentrica do prazer sexual faz com que o outro parceiro (na sua maioria mulheres) não consigam desfrutar da mesma sensação… várias mulheres reclamam exatamente disso: a falta de preparo do homem para dar prazer… oferta e quantidade tem, agora qualidade…
    Encontrar homem para transar é fácil, agora encontrar um parceiro que queira realmente proporcionar/dividir um momento de intimidade e prazer é muito raro (não estou falando amor, mas intimidade e prazer mútuo)… é jóia rara, como diz a música.
    Adorei o post, parabéns!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s