Preta Gil e Gaby Amarantos no Medida Certa do Fantástico

preta gil medida certa

Por Renata Poskus Vaz

No domingo, algumas amigas da Gordolândia se mostraram indignadas com a presença das divas plus size Preta Gil e Gaby Amarantos no Medida Certa do Fantástico.  Eu precisava ver a atração para só então manifestar minha opinião. Estava todo mundo muito revoltado com a participação das duas sem ao menos ver do que se tratava exatamente o quadro e os motivos que as fizeram participar desse desafio.

Agora a pouco assisti os dois quadros do programa via internet. No primeiro, Preta Gil, Gaby Amarantos, Fabio Porchat e Cesar Menotti mostraram suas rotina e hábitos alimentares. No segundo, todos passaram por exames de saúde e condicionamento físico. Vou ignorar a participação dos rapazes neste artigo pois, ao contrário de Preta e Gaby, eles nunca ergueram nenhuma bandeira de orgulho gordo. Mas confesso que me preocupou ver que o cantor fofinho já estava com pré-diabetes. Porém, vamos nos restringir a analisar a participação das garotas, ok?

Para começar, o nome do quadro “Medida Certa” é equivocado. O quadro trata de reeducar a alimentação e melhorar o condicionamento físico dos participantes, é uma proposta boa. Mas o nome faz parecer que a ideia é apenas enquadrar os participantes em um padrão magro e “certo”, sem levar em conta os participantes como indivíduos únicos. Eu mesma passei anos de minha vida tentando entrar nessa “Medida Certa” que só comprometeu minha saúde e me levou a ganhar ainda mais peso com dietas malucas.

Quanto à Gaby, sempre a olhei com certa desconfiança. Em suas entrevistas, ela dizia usar manequim 40 mesmo sendo baixinha. No Medida Certa, o peso revelado foi de 81 Kg para declarados (e não checados) 1,64m. Eu que tenho 1,71m usava manequim 44 com esse peso. Faça o cálculo. Não dá para usar manequim 40 com esse peso e altura. E quem esconde manequim, ao meu ver, não se aceita. Em sua entrevista para o Medida Certa ela disse que quer emagrecer para ser feliz. Sim, ela disse isso. Então, quer dizer que toda aquela história de que era feliz acima do peso era mais uma mentira? Nota zero pra Gabi.

Com relação à Preta Gil, peguem leve com ela. Preta em nenhum momento disse que queria emagrecer para ser mais feliz. Ela jamais disse isso. Pelo que percebi, ela quer se exercitar e perder uns quilos pela saúde. E perder uns quilos e melhorar a resistência física, para quem é gorda, não significa ficar magra. Preta Gil, que pesa quase 90 Kg, para ficar magra deveria perder uns 40 Kg e eu tenho certeza que essa não é a intenção dela e nem do quadro do programa.

Tirando Gaby Amarantos todos os participantes do programa estavam com taxas de colesterol alteradas. Isso não é brincadeira e nem vaidade. Cobrar que uma diva plus size mantenha seu peso mesmo estando doente para não trair a causa gorda não é ser fã. Sinceramente, cada um sabe onde aperta seu calo. É bem triste ver o quanto sofremos no passado com nossos parentes e amigos nos pressionando a emagrecer e agora assumirmos a posição de opressores, querendo que nossos ídolos gordinhos permaneçam gordos pra sempre mesmo com sua saúde em risco.

Se você é uma gordinha saudável, bacana. Mas não discrimine aquela que não é e deseja melhorar sua condição de saúde.

Como Gaby sempre pareceu mentir, espero de coração que ela perca muitos quilos, fique magra para sempre e pare de querer tirar proveito dessa onda de “ser plus size”. Quanto à Preta, que ela emagreça e ganhe resistência física o suficiente para conseguir manter a rotina de shows sem prejudicar seu já operado e sobrecarregado joelho. Que todos os participantes mantenham índices saudáveis em seus exames clínicos. Nem todo gordinho tem problemas de saúde, mas o que tem precisam se cuidar. E essa dica serve para os magros também.

No mais, que fique claro, existem exceções como a Gaby Amarantos, mas nem toda gorda que se dizia feliz e emagreceu estava mentindo sobre ser feliz gorda. O segredo não está em ser feliz porque é magra ou ser feliz porque é gorda. O segredo é ser feliz por ser quem é e isso independe de peso. Menos preconceito por favor! E viva à saúde.

About these ads

30 Comentários

Arquivado em Uncategorized

30 Respostas para “Preta Gil e Gaby Amarantos no Medida Certa do Fantástico

  1. Menos preconceito por favor! Assino embaixo.

  2. Acho bem legal que os participantes busquem saúde e um melhor condicionamento físico, mais eu sinceramente não gosto deste quadro no Fantástico.

  3. Maria Faria

    Sempre achei estranho este negócio de “trair o movimento gordo”. Gente, isto não existe, cada um faz o que achar melhor, para sua auto estima e saúde. E a velha frase “seu direito termina onde começa o do outro” vale bem para este caso. Não temos direito de reclamar porque alguém quer emagrecer, mesmo que este alguém seja um plus size. E sejamos sinceros, toda gordinha seria magra se conseguisse, o que não tem nada a ver com felicidade, como a Renata disse. Eu sou gorda e se pudesse ficaria magra, por uma questão de saúde e facilidade. Sou feliz gorda, mas assumo que gostaria de ser magra e pronto! Esse programa “Medida Certa” não é uma maravilha, mas tem um ponto positivo: ensina que para emagrecer deve haver associação de alimentação saudável e atividade física. Tem muitas pessoas acima do peso fazendo dietas malucas (da lua, do sol, da planta etc) que ignoram o quanto estão colocando sua saúde em risco.

  4. Sandra Sonego

    Maria Faria, faço das “suas” as “minhas” palavras.

  5. Paula Regina

    Engraçado, Renata, eu tinha uma outra leitura da Gaby Amarantos. Li uma entrevista dela e uma crônica onde defendia menor preconceito com as acima do peso e que gordinhas podem almejar carreira artística.
    Mas… como eu tenho sempre em mim que tudo, tudinho em TV tem script, é encenado e planejado, esse seria mais um quadro televisivo aos modos BBB…
    Deixo aqui que o programa tem sua valia para esclarecer que emagrecimento com saúde, lógica e envolvimento, a tríade alimentação correta X exercícios físicos X acompanhamento médico nutricional é certeira (falo isso munida de toda a razão) para o sucesso.
    Espero que o programa privilegie aquele que mais apresentou afinco e boa vontade, porque eu não assisto o programa.
    beijo grande.

  6. Ligia

    Olá meninas!!

    Que engraçado ler esta coluna hoje no blog, pois qcabei de ler que a Preta deseja alcançar os 71kg, ou seja, continuará devidamente gostosa! Acho a Preta uma pessoa bem resolvida e nao uma gorda bem resolvida, ou seja, magra ou gorda ela se ama e ponto! Isso, sim, é admiravel a extremo e nos serve de exemplo! Resolver perder peso e ganhar resistencia fisica por questões de saúde não é abandonar uma causa, mas sim mostrar que todos devemos nos cuidar devidamente, magro ou gordo e que alimentaçao correta e exercicios fisicos sao necessarios quando nosso organismo não está lá muito bem! Digo por experiencia: tinha 110kg e pressao alta. Perdi 20kg, continuo gorda, mas minha pressao diminuiu, ou seja, a saúde gritou por atenção!
    Quanto à Gaby… Bom, sem comentarios… A felicidade dela não virá com a perda de peso… Ela tem que se amar para depois se modificar, senão nunca estará verdadeiramente satisfeita consigo…. Uma pena, pois só tema sofrer…!
    Quanto ao nome do quadro, tb não acho adequado, pois torna tudo chapado, simbolizando que o certo é ser magro e nao que o certo é ser saudável…!
    Beijos!!

    Adoro o blog!!

  7. Lídia Lemes

    Essa questão da felicidade versus corpo é bem complexa. Existem pessoas que dizem se sentir infelizes estando gordas, mas emagrecem e continuam infelizes. Tudo está na nossa cabeça. Nosso cérebro é muito mais poderoso do que podemos imaginar. Mas como nem todo mundo consegue lidar com a própria psiqué, elas preferem atribuir a felicidade ou infelicidade a algo menos complicado de se entender…

  8. Lígia

    Renata, certamente, como você disse, é impossível a Gaby Amarantos vestir 40; eu peso 76kg, tenho 1,63m e visto, no mínimo, 44, dependendo da modelagem da roupa.
    Acho legal as pessoas quererem emagrecer para se tornarem mais saudáveis, mas essa estória de “emagrecer para ser feliz”, na minha opinião, é apenas uma ilusão de quem é gordo e acha que, quando for magro, tudo vai mudar pra melhor. É claro que pode até melhorar em certos aspectos, mas a verdadeira felicidade não está no formato do seu corpo ou em quantos quilos a balança mostra… Mudar o exterior não funciona se o interior permanecer o mesmo.

  9. tarsisfrancisrosa

    Eu concordo inteiramente com a Maria Faria, não existe “trair movimento gordo”, cada pessoas faz o que é melhor para si. Eu sempre fui gorda, desde dos meus 08 anos de idade que eu não sei o que é ser magra, eu me aceito assim e sinceramente gosto das minha formas, mas estava com muitos problemas de saude, como pedra na vesicula, gordura no figado, colesterol alto e desgaste no joelho direto. Como não estava conseguindo emagrecer, decidi fazer a redução do estomago, pensei muito antes de fazer, mas achei que seria o melhor para minha saúde. Não me arrependo nem um pouco de ter feito, pois já sinto melhoras em minha saúde.
    Não é porque eu fiz a redução de estômago e que irei emagracer, que eu deixarei de ler o seu blog e que deixarei de me sentir fazendo parte do universo plus size, entãooooooo………… acho que as pessoas tem que parar de criticar as outras e olharem mais para si mesmas.

    obrigada

    Bjos

  10. Falo com conhecimento que felicidade imdepende de peso, já fui magra usava 38 e sou gorda uso 48 ou 50 e em ambos os momentos da vida estava feliz, e sim a Gabi acha que o seu peso é responsável pela sua felicidade só mostra o quão errado são seus valores. Um xeru

  11. Graziela Barros de Moura

    SHOWWWWWWWWWWWWWWWW

  12. Eu não acho justo falar que o programa é ruim, sendo que sempre se deixou claro que ele serve para mudar o estilo de vida das pessoas para melhor e mudar a alimentação ruim. Sendo que ele isentiva o povo a cuidar da saúde, muitas pessoas passam a se cuidar mais com o exemplo do quadro. Eu adoro o programa, o primeiro programa foi bem bom, tirei muitas dúvidas, e o livro é ainda melhor. E quanto essas crítica concordo com Renata, se for pela saúde tem sim que mudar, primeiro lugar a saúde sempre.

  13. porque a globo não busca uma pessoa[ com obesidade mórbida e que não seja famosa e nem rica e leva pra esse programa..] ai sim teria meus respeitos,mais pegar um famoso ou rico [ como ronaldinho] por ex é muita falta de não ter mais idéias bacanas né…aff..fala sério..

    • Porque a Globo não é uma rede filantrópica, e como qualquer empresa capitalista só aposta no que é financeiramente conveniente. =)

      • Provavelmente eles não convidam pessoas comuns para esse quadro porque não teria audiência… E pode ter certeza que a participação da Preta e da Gaby foi bem pensada, pois eis que estamos aqui (e em muitos outros blogs e veículos) discutindo esse assunto. Ou seja, falando da Globo. Sem contar que isso deve ter levado muita gente que assiste TV a acompanhar o quadro.

  14. Sempre que eu vejo reações extremas penso que ha algo de errado.
    por toda minha infancia, adolescencia, juventude e agora estive acima do peso… fiz mil dietas, tive complexos de beleza, passei por varias fases, a timidez, a negação, os complexos, a aceitação, a rejeição por causa dos garotos, a felicidade por conta do namorado que não se importava com o peso.. e mesmo nessa epoca fazia dieta, sempre por dois motivos, pela saude e por questões de vaidade. Não há porque negar… Eu nasci, e cresci gorda e pela minha estrutura nunca vou usar manequim 40. mas se eu chegar aos 44 ou 46, estarei realizada. ponto. e não vejo mal nisso. E não há porque as pessoas atacarem outras, famosas ou não, por emagrecerem.

    A obesidade não é uma bandeira a ser defendida, é uma doença. A moda plus size existe para não nos excluir o direito de nos vestir bem, de termos roupas bonitas, adequadas a cada idade, fashion, da moda e não sermos obrigadas a colocar roupas que vestiriam bem nossas avós..
    Então há uma confusão de valores.. o NÃO preconceito às plus size, NÃO pode virar PRECONCEITO contra as magras ou contra aquelas quer precisa ou que simplesmente querem emagrecer, mesmo que seja por vaidade. É um direito de cada um.

    E a felicidade não tem a ver com o numero da balança… tem a ver com o momento que passamos, independente dela, com a nossa auto estima, e com as nossas realizações.

  15. Vivian Leme

    Adorei o seu post e concordo com cada palavra sua!! Parabéns!

  16. Rachel Vianna

    Perfeito o post. Quanto à Gaby, já vem de um tempo minha implicância. Acho sempre muito forçada. E impossível ela vestir 40. Eu tenho 1,56m e 63 kg e visto 40/42. Minha irmã que tem a altura dela e mesmo peso veste 46/48. Apesar de que já vi uma entrevista da Preta Gil na Ana Maria Braga em que ela dizia vestir 40/42. Ou seja, em algum momento da vida mentimos sobre nosso peso para nos sentirmos “incluídas”.
    Já em relação à saúde não deveria nem haver discussão. Se manter gorda para não trair o movimento é tão inconsequente quanto fazer dietas mirabolantes para ser magra.
    Tenho problemas nos dois joelhos, mas não precisei operar, e sei que qualquer 1 kg que eu engorde é um sofrimento até para subir uma escada. Imagina para a Preta que já operou duas vezes e tem que pular no palco por quase 2 horas?
    Acho que está faltando bom senso às pessoas, e como disse a Dila em seu cometário, “o NÃO preconceito às plus size, NÃO pode virar PRECONCEITO contra as magras ou contra aquelas quer precisa ou que simplesmente querem emagrecer, mesmo que seja por vaidade. É um direito de cada um”.

  17. Alice

    Bom, tomara sim que eles consigam melhorar a saúde. No meu caso, com 1,75 e 80 Kg ainda uso manequim 48. Hoje com 115, nem sei mais qual meu manequim uma vez que uso mais leggings tamanho G1, G2 com blusas compridas e no verão, vestidos. Não consigo usar Jeans. Há um ano atrás estava com quase 30 Kg a menos. O efeito sanfona me persegue desde a adolescência e com certeza, apesar de ainda ter dificuldades para comprar roupas, hoje com 33 anos, essa é uma tarefa um pouco mais fácil que quando eu tinha 23 anos por exemplo, quando um vestido me escolheu para a minha formatura, pois era o único que servia em uma locadora de trajes finos na minha cidade. Infelizmente, não sou feliz assim, nesse peso, que agora ultrapassou o limite do máximo que já tinha chegado que foi 105 Kg. Felizmente, não tenho nenhum problema relacionado, mas a questão da aceitação, realmente é muito complicado pra mim. Não me aceito, não falo abertamente sobre meu peso, nem meu manequim. E sim, sou muito mais feliz quando estou mais magra. Minha autoestima melhora e consequentemente tudo melhora. Não tenho preconceito, acredito que o movimento plus size está aí para melhorar nossa qualidade de vida e até mesmo autoestima. Adoro este blog!!! Estou sempre acompanhando. Mas sinceramente não vejo nenhum mal na Gaby dizer que quer emagrecer para ser mais feliz. Qual o problema dela não se sentir bem com seu peso e seu corpo, daí a omissão ou até a mentira sobre o manequim. Enfim, acho que concordamos todos que o importante e ser feliz. Então, que que cada um consiga fazer o que for preciso em busca dessa tal felicidade.

  18. O Porchat era magrinho, mas sofreu o “efeito internet” e engordou um pouco. Rsrsrs…

  19. rafaele esteves

    Bom,em minha interpretação felicidade e as realizaÇoes q queremos q aconteça cd üm se sente feliz do seu jeito.só me pergunto pq u
    mA pessoa q é contra a qualquer tipo de preconceito ,julga tanto outra q pensa diferente dela.sinto Sim felicidade ao subir a escada Da minha casa sem me cansar e ao abrir o guardaroupa e voltar a usar as roupas roupas com manequim bem menor,sinto felicidade ao ver q meu esforço valeu apena e q esse papo de sou gordinha pq quero e gosto do jeito q sou mas por dentro sofrendo ficou pra tras.As vezes usamos a palavrA me amo do jeito q sou com a Maior das falcidades com nos msm.Hj digo com certeza sou feliz do jeito q sou Nao perfeita mas buscando a cada dia ser uma pessoa melhor de corpo e alma.

  20. Lucian Ramos

    Pois é…. eu q tô gordinha…rsrs…cheinha…. com 1,60m e pesando 80kg visto calça 44 antes mesmo desse peso….

  21. juan

    gaby já declarou em N entrevistas que veste 44/46. procure se informar mais.

    • Renata Poskus

      Gata, eu já declarei em n entrevistas que usava 42, 44 e depois 46 e depois 48 e agora eu declaro usar 50. Nossa, esse mundo plus size engorda, não é mesmo!

  22. Suellen Almeida

    A Gaby deve ter dito para todo mundo ouvir que se aceitava só porque estava no início da carreira, não era conhecida, mas agora que está “famosa” por assim dizer resolveu mostrar que não gosta do seu corpo e ponto.
    A Preta Gil que já tem fama há mais tempo não liga para magreza ela que se sentir bem. Eu também tenho problema nos dois joelhos, é horrível a dor que eu sinto em subir um degrau alto, principalmente no frio e sei como ela sofre com os joelhos dela. Eu também sou gorda, não gordinha, gorda mesmo e preciso emagrecer não para ser feliz, mas pelos meus joelhos e parar de sentir dor, tenho pai diabético e preciso evitar a diabetes.
    Gaby foi uma decepção para todas nós do mundo GG e espero que ela fique magra, mas bem magra para ver que suas curvas foram a utopia do seu sucesso, além da voz.
    Preta continue a atingir o seu objetivo de ficar saudável e que com essa perda de peso seus joelhos melhorem 100%. Você vai ser a minha musa inspiradora da “PERCA PESO PARA SER SAUDÁVEL”.

  23. claudia

    nossa quanta bobagem… acho q vc tem algum problema com sua auto estima. ficar procurando erro em centimetros revelados por uma pessoa famosa para engrandecer sua opniao é muito feio. cada um tem seu biotipo eu ja pesei 82kg com 1,60m e usava manequim de calça 40. nao era magra e usava 40… dai vc julgando alguem que diz ter 1,64 e 81kg dizendo q veste 40…. pq ela n poderia usar esse numero? é só um numero… desapega disso mulher e vai viver sua realidade e deixa a dos outros em paz. hj eu peso 69kg – 1,60m e continuo usando calça manequim 40. mas as blusas uso amanho menor… meu rosto é mt mais fino etc…

    • Renata Poskus

      Claudia, me perdoe. Mas eu trabalho com moda, vejo e visto mulheres todos os dias. E se você usava calça 40 pesando 82 Kg com 1,60 ou é pq a sua calça era velha e laceou com o tempo, se adaptando em seu corpo, ou comprou uma calça com a etiqueta errada.

      renata

  24. Bem meu comentário é simples, acho um espetáculo a forma k são tratadas, gosto tt, k msm n sendo artista, meu sonho seria participar de programa, precido perder mais ou 7 kilos , tenho 1,55 de altura peso 66.4 kls, pk só artista podem participar? não pode ser como o BBB, q são pessoas desconhecidas da midia, anos, espero k um dia esse sonho seja realizado.por favor realizem meu sonho, Espero k pensem com carinho tenho 59 anos.Conto com ajuda de vcs…gostaria mto de voltar a ter as medidas k tinha até uns 2 anos atraz.

  25. acho o seguinte estive lendo alguns comentários, k acho k é um pouco de dor de cotovelo, n é questão de ser gorda ou magra p ser feliz, o importt é vc se sentir feliz. Esse programa eu acho o máximo, gente é coisa séria, mais quem participa, tem médicos, nuticionista, personal…eu da minha parte vejo programa como incentivo, para saúde, n pela estética.È obvio k uma pessoa no seu peso ideal tem flexibilidd,é mais esperta, dorme bem come bem…claro n precisa chegar ao extremo como essas dietas malucas daquela k comia 20 bananas por dia, outras, passam fome de chegar cair pressão, coisas assim, real/te podem perder peso…porem logo em seguida engordam o dobro , o programa de vcxs é uma reeducação alimentar e mostrar k só precisa ter vontadd, p vencer, eu pedi p participar pk n tenho grana,p pagar td isso. mais tenho certeza k se chegar onde qujero, faço de td dentro dos limites p permanecert. pk o programa n faz milagres ele é uma ajuda. um encentivo, p quem deseja ser feliz. bjs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s