Só nos dois

O que fazer quando uma “pedra” resolve atravessar o seu relacionamento

Por Renata Poskus Vaz

Renata_Blog MulherãoNo meio do caminho tinha uma pedra… Tinha uma pedra no meio do caminho. Este trecho de um poema de Carlos Drumond de Andrade explica como ninguém o incômodo e a interferência que algumas pessoas podem tentar exercer em seu relacionamento.

Com certeza você já viveu alguma situação parecida com esses casos: você conhece um cara maravilhoso, seu príncipe encantado, aí descobre que ele tem uma mãe com síndrome de Jocasta, que não aceita perder o filho para outra mulher. Ou então, descobre que tem uma concunhada, que casou com o irmão feio da família, quando, na verdade, era o seu amado que ela queria. Há também as amigas invejosas, eternas encalhadas, que não conseguem estabelecer um relacionamento saudável com ninguém e investem em tentativas de roubar o seu amado. Isso sem contar nos fantasmas das ex-namoradas que, vez ou outra, teimam em ressurgir das cinzas, como galinhas da angola malucas e metidas à fênixs.

Está vendo? Em alguma altura da vida, você já viveu algum desses casos.

A saída? Acreditar nos laços que te unem com o seu amado. Por mais que cultuemos o desejo profundo de harmonia eterna na história de amor, só nos desgastamos quando tentamos, a todo custo, sermos aceitas por pessoas que só querem destruir a nossa relação.

Aquela história de que homem já vem com “pacote completo” é verdade. Mas se ele acreditar em você, na sinceridade dos seus sentimentos, optará em ficar ao seu lado. E você não precisará se violentar, tendo que agüentar situações e pessoas que não te agregam nada.

Um casal é feito de duas pessoas. Apenas isso. E quando ambos se respeitam e se amam, qualquer pedra no caminho vira uma pluminha que voa com o vento, para bem longe. Contratempos originados por terceiros, podem se transformar em aditivos para a relação. Obstáculos que unem ainda mais o casal. Basta apenas abrir o jogo, agir com sinceridade, confidenciar seus sentimentos mais profundos. A solução é o próprio amor.

E amor é isso. Quando existe de verdade, ninguém destrói.

15 Comentários

Arquivado em comportamento, Relacionamento

15 Respostas para “Só nos dois

  1. Dani Lima

    É, ainda não consegui ter uma relação sem o “pacote completo” e também acredito que a forma de resolver a interferência alheia é pensar no relacionamento como “nós dois” ao invés de “nós e a sua mãe”, “nós e a sua avó”, “nós e a galinha d’angola” dentre outros grupos menos cotados e igualmente indesejados!

    E fica a dica: uma vez que a sintonia fala mais alto e os dois encaram dessa forma, parece que tudo conspira a favor, as coisas voltam ao lugar e o “alheio” fica menos inconveniente!
    Ou talvez ele apenas se toque que tá sobrando! rs

    Você escreveu o que eu estava pensando esses dias, amiga. Adorei!

    • renatavaz11

      E sabe que eu me recordei muito da sua história quando escrevi este texto, Danizinha?rsrsrs

      Ahhh, se nossos relacionamentos não tivessem tudo para dar certo, não seriam tão apedrejados, não é mesmo? Afinal, já dizia o ditado que ninguém chuta cachorro morto.rsrsrs

      Beijos, amiga!

  2. O QUE DEUS UNIU, O HOMEM NÃO SEPARA!

    bjooo

  3. Sem querer criar nenhuma polêmica e de repente já criando, acho que precisamos nos colocar no lugar do outro… quando digo isso, penso nos meus irmãos que se casaram, têm suas famílias, e eu, solteira, vivo (e amo viver) com a minha mãe que tem 84 anos. Mas há certos momentos que preciso da ajuda deles (quando tem médico, INSS, cirurgia disso ou daquilo, renovar senha de banco, etc)
    E as noras, hão de ser compreensivas, e não nos sentirem como pedras no caminho, mas sim, família, que se completa com essas coisas do dia-a-dia.
    Meninas… vamos exercitar a paciência, pois como disse a amiguinha aí de cima: “o que Deus uniu, o homem não separa”
    bjins e parabéns pelo Blog
    Teresa

    • renatavaz11

      Teresa,

      Para todo caso há excessão. Mas não se pode atribuir culpa às suas cunhadas porque seus irmãos não te ajudam. É dar muito poder à uma periquita. A obrigação de dar assistência à sua mãe é dos seus irmãos e não das noras dela.
      Não quis generalizar. O que me refiro no texto é à ação infundada de algumas pessoas para atrapalhar a felicidade alheia. Tenho certeza que você quando exige que seus irmãos sejam mais presentes, não usa artifícios mentirosos ou dissimulação para atingir seus objetivos. É disso que falo: transparência.
      Beijos e que tudo se resolva na sua casa.

  4. Cris Miranda

    Sei beemmm o que é isso! As pessoas não aguentam ver casais felizes e se amando! A inveja realmente o mal do século! Aff!!!! Mas que viva o amooooorrrr! Q nada disso ai consegue destruir!!!

  5. Mariana Sant Anna

    A tragetória do meu relacionamento atual tem muitas “pedras” o maior problema por incrível que pareça é com meu cunhado, tudo pq eu entrei pra família depois da namorada dele e cheguei fazendo amizades, enquanto a namorada dele, uma moça magra e linda, não esbanja muita simpatia fica sempre pelos cantos, se enturma só com a namorada do primo, outra moça magra e linda (ambas na minha opinião são recalcadas, sabe aquele tipo de mulher q vive sendo traída, aí descobre, termina e depois volta, não sei como tem gente q se sujeita!!!) e qd juntam os 2 casais ( cunhado/namorada e primo/namorada) soltam piadinhas do tipo se cuidem pq se comerem d+ vão ficar como a Mariana, a partir do dia em que meu namorado ouviu isso o cerco começou a pegar fogo e foi 1 confusão atrás da outra, hj não sinto mais vontade de ir na casa dele, vou pq me sinto pressionada mas isso tem influenciado d+ nosso namoro, ele fica muito chateado pq não quer q eu dê ouvidos as grosserias do irmão dele, diz q se eu parar de ir pra lá o irmão dele vai conseguir nos separar, eu concordo, mas em contrapartida me sinto tão mal qd vou lá que o FDS não vale a pena, me aborreço, enfim nunca fiz nada pra esse infeliz, ele apenas não se conforma de o irmão não ser cachorro como ele e me respeitar, sinto raiva da minha sogra pq ela não põe rédeas nesse filho dela q é muito mal carater, enfim, sinto que essas pedras estão ficando muito pesadas…

    • renatavaz11

      Mariana,

      Respeito é fundamental. E pelo que vejo, seu cunhado e a namorada não dão a mínima para seus sentimentos e nem mesmo para os do seu namorado.
      Sabe, eu também tive uns probleminhas com cunhados (não sei porque, mas esta palavra CUnhados é bem apropriada, não é mesmo?!rs) e não fiquei me sujeitando à uma convivência que só me fazia mal. Deixei bem claro ao meu namorado que ele deveria tomar partido e que quando há uma parte prejudicada não existe essa de ficar em cima do muro.
      E ele ficou do meu lado.
      Se em algum momento havia alguma dúvida do amor dele por mim, ficou bem claro no momento em que ele olhou nos meus olhos, me abraçou e disse: “estou do seu lado”.
      Boa sorte!

  6. FIQUEI SUSPIRANDO COM ESSE TEXTO…AI AI ….O AMOR É LINDO…VAMOS CULTIVAR O AMOR…O RESTO QUE VÁ PRA PQP.

    XEIRO

  7. PROVIDENCIAL ESSE TEXTO!!!
    ERA O QUE EU TAVA PRECISANDO “OUVIR”. RESURGIU DAS CINZAS UMA GALINHA D”ANGOLA, MAS ELA VAI VOLTAR PARA O SEU DEVIDO LUGAR!!!!RSRSRSRS
    AMO ESSE BLOG

  8. ERA ISSO QUE EU TAVA PRECISAANDO “OUVIR”!!!!

  9. Roberta Santos

    Roberta.
    eu conheçe ele e tals, estou com ele 1 mes, pouco tempo e estou começando a gosta muito dele pelo fato de ele me respeita,da oque todo mulher merece, só que ele tem uma ex mulher, que esta gravida, ele diz que não gosta dela, se não ele não estaria com outra, ela vive nos perssiguindo com mentiras, dizendo que ele leva ela pra jantar e tudo mais, oque ele me diz e que apenas vai deixar o dinheiro pra criança que faz parte dele, é comprir seu papel como homem, e no face ela fica jogando indiretas,ele morre negando só não consigo acreditar, por um lado sim outro não,eu tenho fotos com amigos que tirei antes de estar com ele,ela faz montagem e coloca datas na foto como se fosse recente,ela liga pra ele, e ele diz na minha frente quando ela liga que ta cmg e não quer mais ela, que ele não pode fica com um pessoa que ele nem goste…. oque faço se voce me entendeu?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s