Dance, dance, dance…

Por Grazi Barros

Quem não já ouviu uma história de uma gordinha que foi discriminada na academia ou numa sala de dança?! Todos já ouviram histórias de discriminação nesse lugares, e esse foi o caso de duas das nossas amigas do II dia de modelo do RJ: Roberta Ferreira e Paula Khalil.

Na última fileira, bem escondida…

Enquanto se preparava para a sessões de fotos do Dia de Modelo do Rio de Janeiro, Roberta Ferreira se aquecia delicadamente, esticando os pés graciosamente e com uma postura digna de uma bailarina. Quando era criança, Roberta fazia jazz. Ela adorava, mas nas apresentações de fim de ano, sempre era posicionada pela professora na última fila e por lá ficava durante toda a coreografia. Na frente, eram apenas as magrinhas. As gordinhas, por mais que dançassem bem e tivessem tanta técnica quanto as magrinhas, ficavam atrás, escondidas, excluídas e discriminadas. Por conta disso, Roberta deixou de freqüentar o grupo de dança, embora ainda seja apaixonada pela modalidade.

Dança do ventre, a predileta entre as gordinhas

Já Paula Khalil, não sofreu preconceito por parte da professora mas das “coleguinhas” da academia. Ela fazia jazz e sapateado na infância e ouvia constantemente das “parceiras” magrinhas de turma, que se continuasse dançando daquela forma, ela iria “quebrar o chão”. Sofreu tanto preconceito que acabou engordando mais e mais, chegando a pesar 120 kg. Desistiu do jazz e do sapateado até que, mais tarde, resolveu emagrecer e atingiu o manequim 48. Ela redescobriu o prazer de dançar e encontrou nessa oportunidade uma maneira de ser feliz. Atualmente, Paula pratica a dança do ventre e com ela descobriu a sensualidade, o movimento, a alegria e a certeza de que mesmo mais cheinha era capaz sim de dançar e muito bem.

Grupo Plus Size de Dança do Ventre

Visionária, Paula reuniu as amigas do mulherão e montou um grupo de dança do ventre. A intenção não é formar bailarinas profissionais, mas permitir que cada participante redescubra a feminilidade, o bem-estar e o prazer, mesmo estando acima do peso. Além disso, melhorar a saúde. Segundo Paula, será uma oportunidade maravilhosa de conhecermos a “Deusa” que existe dentro de cada uma de nós e mostrar que, apesar de gordinhas, somos sim, capazes de dançar e com graciosidade e beleza!

Para mais informações, acesse a comunidade do Orkut do Mulherão Carioca.

29 Comentários

Arquivado em Dança, Dia de Modelo, Entrevistas

29 Respostas para “Dance, dance, dance…

  1. Amei,amo dança, unica coisa que não gostei foi do preconceito, mas enfin…
    Tem que dançar sim , quando vou p os pagodes da vida me acabo(rsrsrs), sem ligar o que os outros vão dizer …
    Amo dança de salão nossa , ajunta eu e aminha irmã que é um BAFÃO igual eu e gordinha tbem rsrsrs … nas baladas quando vamos nos acabamos rsrsrs…
    Enfin meninas, não liguem faça aula de dança que vcs quiserem e sejam sempre vcs msmas vixiii , pessoa mal intencionada no mundo é o que mais tem então, DANCE,DANCE faz bem pra alma , pro ego pra auto estima vixiiii maravilha….
    BJos Grazi e bjos á tdas..

  2. Ah!!! dps que sai do blog lembrei e voltei rsrsr!!!
    Um exemplo de pessoa acima do peso, que dança e ainda
    pra todo Rio de Janeiro XTudão com seus 218kilos e não tá nem ai o que o povo vai falar , então meninas dancem mas dancem mtas bjokas.

  3. Isso mesmo Drielle, vamos dançar, dançar e dançar!

    bjo

  4. Nathy

    Amooooo dançar…. a dança é linguagem oculta da alma!!!! Não conheço melhor forma de “liberar o estresse” do que sexo e dança!!!! 😀

    AMEI A IDEIA de um grupo plus size de dança do ventre… tá faltando uma Paula aqui em São Paulo 😦

  5. Nathy,

    Agita aí em Sampa um grupo, cara…tem muita academia aí que tem, junta a galera e forma a TURMA SP, dps a gente junta tudo e faz uma coreografia NACIONAL!

    bjão no coração!

  6. Estava agora de pouco assistindo Tudo é Possivel , e esta tendo um concurso de Polidance , apareceu uma gordinha que dança está no youtube meninas precisa de ver ela é ótima habilidosa, cheia de determinação amei parabens pra nosssss á cada dia superamos algo, nossa o que mas gostei é que tdo mundo apladiu e minha linda Ana Hickman que adoru falou assim nossa mas que linda !!!
    Até me arrepio Parabens , á não contei , ela e campeã Brasileira de Polidance amador parabensssss vcs podiam por um poste falando sobre ela bjokas á vcs!!!

  7. Nossaaaaa, pena que eu perdi isso! Super bacana!

  8. Gente, a página tá linda!!!!!! AS MENINAS ESTÃO MARAAAAAAAAAVILHOSAS!!!!!! Bjs a todas do BLOG MULHERÃO!

  9. Keka Demétrio

    Amigaaa, parabéns pela matéria…hihi
    Ainnn genteeee, amo dançar, faço dançoterapia tbem….kkkkk
    Meu sonho é fazer dnaça do ventre…aiaiai…eu requebando desse jeito não vai prestar…kkkkkkkk

    E vamos todas soltando o stress através da dança, e temos uma vantagem, como temos o corpo maior o stress tem mais lugar pra sair…rsrs

    Bjos gatass!!!

  10. Talyne Rangel.

    aai, eu ja fiz umas aulinhas de dança do ventre. muuuito bom mesmo *–*
    mais a unica coisa que me lembro como se faaz pe a famosa ‘cobrinha’ na barriga *-*

  11. Virginia

    Amo dançar, qdo era bem garota tinha vergonha, mais depois uma grande amiga minha me disse pra eu tentar, e qdo comecei não parei mais. Meu irmãoera dj qdo mais novo e tinha salão de baile nossa era muto bom. E com toda minha humildade eu sempre dancei muito bem, arrasava com os garotos da minha idade era legal, hoje não danço com tanta frequência, mais sempre que tenho oportunidade “ele dança eu danço”……..

  12. Meninas dançar é homenagear a Deusa que existe dentro de cada uma de nós.

    Em agosto do ano 2010 será realizada nossa primeira apresentação a nível profissional.

    Deixo aqui desde já o convite è turma da Luciana de SP – Desafio hein meninas…

    Be a belly dancer venha para nossa turma de plussize Belly Dance (dança do ventre)

    Visite nosso blog

    Beijos !!

    Paula Khalil

  13. Não consegui acessar a comunidade.
    Tem algum email de contato?
    Beijossssssss

  14. Mariza

    Dançar é tuuuudo de bom! É sexy, gostoso! E quem disse que não podemos ser sensuais e lindas!!Podemos sim! Podemos e somos! =D
    Adooooro!

  15. LÍVIA NORTE

    Plus Size Belly Dance !
    Nosso grupo vai arrasar !
    Afinal, no Rio de Janeiro também existem Plus Sizes lindas, charmosas e que gostam de dançar !

    Beijo meninas!!!

  16. Vania

    Eu amo dançar!!!
    Principamente forró universitário, aprendi na universidade e não perdia um baile…agora casei, meu marido não curte, enfim estou parada!!!
    Mas já fiz aulas de axé, e até ballet…o que é uma delícia!!!
    Meu sonho mesmo é fazer dança de salão e levar o Julio meu marido, que é tímido…
    bjos

  17. Vania

    Eu amo dançar!!!
    Principamente forró universitário, aprendi na universidade e não perdia um baile…agora casei, meu marido não curte, enfim estou parada!!!
    Mas já fiz aulas de axé, e até ballet…o que é uma delícia!!!
    No meu casamento, arranquei o salto e me acabei na pista, e em qualquer festa de família eu não fico sentada não…
    Meu sonho mesmo é fazer dança de salão e levar o Julio meu marido, que é tímido…
    bjos

  18. Karina

    Não existe isso de ter q entrar num grupo plus size pra poder praticar dança do ventre. Ao contrario das outras danças, a DV é democratica e aceita bailarinas de todos os padroes e idades em 99% das escolas (exceto nas q tem intuito de formar bailarinas para dançar em suas “casas de chá”)

    A dança faz bem para a saude e para a auto estima!!!!

    • AMIGA KARINA :
      Nosso Grupo É um grupo homogêneo e estamos nos especializando em coreografias para apresentações. Aulas: fazer por fazer … todos fazem e sim: ” todas academias aceitam todo tipo de gente”.

      AO CONTRÁRIO DO QUE VOCê mesmo disse : (exceto nas q tem intuito de formar bailarinas para dançar em suas “casas de chá”)
      SOMOS ESSA EXCEÇÃO!

      Nossa Cia. de dança já é o diferencial no mundo da Dança do ventre e no mundo Plus Size. Temos até estilista próprio para nossas roupas exclusivas sabia?

      Atenciosamente

      Paula Khalil – Coordenadora
      Cia de Dança e Arte Terapia
      MusaGG Belly Dancers

  19. Querida Paula Khalil, sua observação foi extremamente delicada e intuitiva, “coisas que mulheres de verdade sabem fazer”… Tb faço Dança do Ventre e espero participar do seu grupo de dança, sou do RJ, e amo a dança, pois explora a sensualidade de o prazer de viver da mulher sensual… Bjs!

  20. Cristiane

    LINDAS….
    Ja passei por isso, foi na academia fazia bike, e do meu lado so mulherada mega-magra…não por isso, é que elas ficavam olhando e comentando todas as vezes…uma VACAS..parei de fazer academia por isso…..
    bjos…amo vcs

  21. Meninas tah faltando vcs no MERCADO PERSA!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s