Espaço da leitora: Lorena Lenertz

Que graça temos?

Ultimamente, os gordos têm sido matéria de diversos programas, através de diversos enfoques. O que me intriga é que quase sempre, em algum momento, alguém fala que os “gordinhos” têm bom humor. E fazem uma ligação entra a gordura e o bom humor, mostram amigos de gordos comentando que eles estão sempre de bem com a vida. Ou terminam mostrando humoristas gordos – como uma prova do bom humor que vem junto com a gordura.

E tem algum problema em ser bem humorado?

Claro que não!

O problema é alguns acharem que estar fora do peso “ideal” é algo tão condenável que exige a busca imediata de uma qualidade que compense. Seria como se os gordos não tivessem direito de estar de mau humor, chateados ou sem disposição em um dia difícil simplesmente porque já são gordos.

Muitas vezes, ainda completam que gordos são mais felizes porque comem o que querem. Então, só quem come o que quer é feliz? E desde quando uma refeição – por mais deliciosa que seja – tem o poder de trazer felicidade pra vida inteira? Por mais alegria que uma comida traga – e pra mim o leite condensado é a “felicidade condensada” – é apenas um momento de alegria.

Não sou feliz porque como o que quero, nem tenho bom humor porque sou gorda. Felicidade é outra coisa. E bom humor não é exclusividade de gordo.

Sou feliz e por isso vivo bem humorada: porque adoro minha vida, porque me aceito sem me preocupar com os que me julgam estar maior do que o ideal, porque me amo e amo o que está ao meu redor!

A felicidade não depende do que se come, do quanto se pesa, do quanto se tem. Então, sejamos felizes!

15 Comentários

Arquivado em Espaço da Leitora

15 Respostas para “Espaço da leitora: Lorena Lenertz

  1. Lais Barbieri

    adorei a abordagem. Muito bom Lo. Bjks

  2. Esse conceito é ridículo mesmo! 🙂 E a Lorys é uma figuraça! Muito alto astral, divertidíssima e linda! 😀

    Adorei vê-la no blog! 🙂

    Beijos

  3. Vania

    Gostei muito do tema abordado pela Lorena.
    O que pra mim é uma forma de pré-conceito, é gordo é legal e bem-humorado e na verdade não é bem assim, todos tem seus altos e baixos. E felicidade vem de dentro pra fora e não o inverso, independe do que eu coma, ou de quanto coma…depende do meu bem-estar e do momento que eu esteja passando, de ter paz em meu coração e Deus no comando de minha vida, e talvez pra outras pessoas tb existam outras prioridades. Bem essa é a minha opinião.
    bjos

  4. ALESSANDRA

    REALMENTE NÃO IMPORTA NOSSO ESTADO FÍSICO MAS SIM O NOSSO INTERIOR,ESTAR DE BEM COM A VIDA SE ACEITANDO COMO É…
    O IMPORTANTE É SER FELIZZZZ!!!!BJS

  5. Ana Catarina

    Lorena, vc é muito linda!! Uma verdadeira fonte de inspiração prá nós mulherões. E o tema abordado foi muito bem escolhido. Bjos no coração.

  6. Eu por exemplo sou mal-humorada. E quando é pra ter humor, é humor negro xD

  7. Larissa

    Genteeeeeeee….que LINDA REFLEXÃO! Adorei! Mas é a mais pura verdade! Parabéns, Lorena!

  8. Evandro "Barba" Melo

    Não importa o que eu como ou quanto eu peso… sou bem humorado porque tenho a mulher perfeita pra me fazer feliz.
    Isso me basta.

  9. Fatima Araujo

    Tudo que foge ao padrão tende a ser assunto alheio: a gordura, a feiúra e tantos outros adjetivos.
    Por acaso, já ouviu falar que o feio tem obrigação de ser simpático? E o pobre de ser inteligente?
    O gordo, por sua vez, tem que ser bem humorado…
    Portanto, sejamos felizes sendo gordas, ou feias, ou pobres, ou da maneira que for, de dentro para fora e com um enorme poder de amar!
    Continue sendo feliz, inteligente e bem humorada!
    Bjs

  10. Concerteza minha flor as pessoas mte das vezes acha que nós gordos não podemos ficar triste , somos seres humanos como outro qualker e temos direits de tdo , mas tbem acho ke p ser feliz , não é o peso e sim vc msma ter autoestima só depende de vc msmo pq autoestima é um conjunto e não só um corpo pois mesmo gordinha somos lindas elegantes maravilhosasss bjokas GG p vcsssss

  11. lady

    Sabe, sou muito feliz, porem durante qse 5 anos lutei contra uma doença greve nos dois rins, emagreci 20kg mas nao estava feliz…depois q voltei pro meu peso normal q é gordinha manequim de 46 a 48, me sinto linda e feliz nao pq sou gorda mas pq estou voltando a me sentir util ja q sou pedagoga e afastada dop trabalho durante tanto tempo, estou feliz pq tenho um homem q me ama e me conheceu ja com o peso e hj e me ama assim, sou feliz pq sou atriz e amo o q faço e nao sei q meu desempenho é otimo, sou feliz pq tenho uma familia linda, sou feliz pq deus me deu a chance de viver, sou feliz pq estou viva isso ja é motivo o bastante para eus er contagiante, feliz e bem humorada…valeu moça pela materia…

  12. Lali

    adoreii!
    e essa roupa entãão?
    GAMEEEI!

  13. Muito bom seu post.
    Dêem uma passadinha no meu blog para ver as novidades:
    http:// glamourgirl.wordpress.com

  14. Adorei essa matéria é bem verdade que muitas pessoas acham que somos “palhacinhas”. Apesar de sermos sempre risonhas.

  15. Alzira Dias

    Amiga, concordo com vc, lembra no dia de modelo, ficamos so de papo na sala da make, entao foi divertidissimo, mas eramos mais q um papo humorado, eramos nós, felizes por estarmos participando, felizes por estarmos fazendo novas amizades e mostrando a todos q nao precisamos de uma boa refeiçao para ver a felicidade estampada em nossos lindos rostos… Amei todos os momentos dquele dia, fui feliz e nao precisei mostrar meus dotes de humorista e nem comer como uma louca para que tudo fosse maravilhoso!!!
    Parabens lolozona vc é o maximo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s