Teoria da sandália arrebentada

Por Eduardo Soares

Caminhava tranquilamente pelas ruas do bairro onde moro quando de repente aconteceu um imprevisto: minha sandália Havaiana arrebentou! E a minha cara de vergonha? Se isso acontecesse próximo da praia, iria ficar descalço e pronto, afinal caminhar assim por aquelas bandas é algo pra lá de comum. Mas a onda mais próxima quebrava no mar a uns vinte quilômetros de onde eu estava e por isso corri em direção ao mercado mais próximo e tratei de comprar novas sandálias.

De certa forma tal situação me fez pensar em algo: estamos preparados para os imprevistos que a vida nos oferece? Não, certamente não estamos. Quando acontece algo fora do comum, nossa estrutura psicológica fica abalada. Bate aquele desespero enorme, os pensamentos se perdem e a razão parece fugir daquele momento. Parece que estamos sem roupa no meio de uma tempestade de neve.

Bom seria se o destino (ou algo equivalente a este) colocasse no nosso subconsciente como forma de alerta aquelas placas típicas de obras de rua: “Desculpe o transtorno. Estamos trabalhando para melhor servi-lo. Em breve voltaremos as atividades normais ”. Mas aí deixaríamos de ser humanos, tornando-se então robôs milimetricamente programados para o não sofrimento. Assim, palavras como “experiência” e “vivência” seriam riscadas do dicionário. Todos nós sofremos mas ninguém gosta de passar por isso. Com o tempo vemos todas as experiências vividas servem como aprendizado para as coisas que devemos ou não fazer no futuro.

E quando aquele namoro que parecia ser perfeito termina do nada? A tristeza é o sentimento mais natural para aquele que ama (ou pelo menos nutre um gostar forte). Mas aí mora a escolha de cada um: a fossa é natural mas o desespero é opcional.

Só uma observação antes da sequência da nossa conversa. Nunca devemos depositar nossos sonhos exclusivamente sobre o(a) parceiro(a). Com o tempo,( leia –se noivado , casamento ou “juntamento” dos trapos), podemos no máximo dividir nossos projetos junto de alguém que queira (e mereça) fazer parte deles.

E como agir depois do fim do namoro, casamento, noivado, ficação ou (faltou algo?) rolo? Tem gente que faz de tudo para encontrar pessoas que sejam diferentes do (a) falecido(a) enquanto outros saem justamente a procura de alguém que seja semelhante ao(a) filho(a) da mãe! Erro! Nota zero, com risco de reprovação sem direito a recuperação!

Certas pessoas acumulam insucessos sentimentais e com isso a visão das futuras escolhas deturpa a foco da realidade. Buscam-se rostos mas encontram-se apenas sombras. Em outras palavras,enquanto procura por pessoas perfeitas (ou ideais) essa gente fecha os olhos para o mundo real, de pessoas com qualidades e defeitos, abrindo os olhos apenas para o mundo de utopia. Se você não é perfeito(a), porque raios quer encontrar alguém que seja assim? Você não fala que precisa ser aceito(a) do jeito que é, então porque vai querer alguém imune a erros? Na minha opinião, ninguém é ideal ou perfeito. Somos certos um para o outro e ponto.

E nessa tentativa absurda de busca pelo inexistente, grandes oportunidades que CERTAMENTE estão ao nosso redor entram e saem de nossas vidas sem percebemos. Mas tem gente que nasceu com pandeiro virado pra lua e assim, a sorte bate a porta, esfrega-se na cara e as oportunidades ficam à espera apenas da nossa resposta: afinal, você quer uma pessoa ideal ou a pessoa certa?

14 Comentários

Arquivado em Uncategorized

14 Respostas para “Teoria da sandália arrebentada

  1. G0stei do texto. Acabei de ler um artigo sobre desencontros amorosos, complementou a minha ideia.

  2. Weronica

    “Se você não é perfeito(a), porque raios quer encontrar alguém que seja assim?”… Minha resposta é: quero ser perfeita para quem escolhi como parceiro ideal. Mais uma vez suas palavras me põe para refletir.

    Valeu Dudú!!!

  3. Quézia Júlia

    Parabéns sócio! Como sempre, escrevendo maravilhosamente bem…desejo sempre, mais e mais sucesso pra vc! Bjos

  4. Meu querido Edu!!!
    Mania da gente querer o que não somos e nem estamos preparados para ter e ser!!!
    Mas insistimos mesmo assim!
    Perfeição e Idealismos são qualidades ou defeitos .. depende do grau de cada um.
    Hoje posso afirmar que busco primeiro ser feliz.. me amar mais..me cuidar.. e levou tempo pra que eu tomasse essa decisão…
    Mas foi a melhor escolha… !!!
    Pois bem … o homem que me perceber .. que souber me ouvir.. que quiser me amar … é o meu par ideal??!!!
    Não .. será apenas meu companheiro.. amigo… amante… protetor… comediante… etc…
    Pois nada melhor do que rir da vida!! Arriscar… sobreviver aos imprevistos… aprender com as situações… e aproveitar cada momento…
    Viver .. sentir… beijar…abraçar… fazer amor!!!
    Uma excelente semana!!!
    E pra variar um lindo texto!!!
    Beijos Xanda!!!

  5. Mais um texto que faz a gente refletir…

    Pessoa perfeita ou pessoa certa… Acho que na verdade eu gostaria de encontrar uma pessoa com quem eu pudesse Compartilhar…. Sonhos, projetos, alegrias, tristezas, momentos inesquecíveis.

    Não precisa ser perfeito, pq a emoção está justamente na grande aventura de conhecer melhor a essência das pessoas e aprender a conviver, respeitar e lidar com elas, e esperar que o cara escolhido sinta o mesmo por vc, afinal todos temos defeitos, alguns pequenos, outros nem tanto… tem coisa mais emocionante do que um amor onde vc chega ao ponto de amar até o defeito do outro?? Acho q esse é um nível que poucos atingem… Espero um dia encontrar alguém que ame até os meus defeitos e que eu ame da mesma forma! rsrsrsrsrsrsrsrs

    Ótimo texto Edu!!!!!

    beijosss

    Nêssa 🙂

  6. Deyla Cerqueira

    Maravilhoso texto Edú,que nos faz refletir que sempre procuramos a perfeição mas que não somos perfeitos.Sou casada há pouco tempo e só sabemos ver realmente os “defeitos”do outro quando convivemos ou vice e versa e a verdade é que se amamos e essa pessoa nos faz feliz o mais certo a fazer é saber ouvir,falar,sempre na hora certa e sempre sabendo que se o outro tem defeito nós também temos e que a pessoa certa não existe.
    Antes de encontrar alguém especial em minha vida sempre brincava com esta frase:
    Ainda encontro um chinelo velho p meu pé cansado!!rsrsrs
    E afinal,encontrei!Ele não pode ser perfeito,mas é o homem que eu amo que certamente me ama e me faz muito Feliz!!
    Um grade bju!

  7. OI EDU! SABE QUE LENDO SEU TEXTO EU ATE RI? ISSO ACONTECEU COMIGO, TODA PODEROSA NUM PASSEIO NO CENTRO AKI NA MINHA CIDADE E A SANDALIA RASTEIRINHA …ARREBENTOU , AFFF O QUE EU PODERIA FAZER?? LEVANTEI O NARIZ TIREI A SANDALIA, E CAMINHEI DESCALÇA EM PLENO CENTRO DA CIDADE ,COM UM SOL TERRIVEL,QUEIMANDO MEU PÉ…..PROCURAR UMA LOJA MAIS PROXIMA…O QUE EU QUERO DISSER É QUE DIANTE DE CERTAS SITUAÇOES O MELHOR E SEGUIR EM FRENTE , SE O NAMORO NAUM DEU CERTO O CASAMENTO SEMPRE TEM UMA PORTA ABERTA E SO PROCURAR… SE EU SOU PERFEITA ?? UIII SOU NAUM.. SOU SER HUMANO… NAUM QUERO O IDEAL NEM O CERTO QUERO NA MEDIDA CERTA PRA MIM BJUSSS.

  8. Edu, vc acertou meu amigo precisava , escutar isso, hj me aconteceu um fato- estava saindo do servi;o e ai entrei no fretado e resolvi ligar p minha pegada, ai liguei tdo ele foi t’ao grosso, ai pensei nossa meu Deus , mas ai cheguei na onde iria descer e come cei [a pensar nunca posso por a expectativa no outro, pois o outro [e o outro, enfin temos mania de por expectativas em alguem ou de nunca estarmos preparados para certas coisas que acontecem ao longo do dia , o neg[ocio [e respirar fundo e seguir em frente!!
    Pois respondendo sua pergunta quero uma pessoa certa ,pois uma pessoal ideal n’ao existe e sim pessoas que nos completam, nossa como aprendi nesse ano tantas coisas que nem eu imaginava , que eu iria pensar dessa forma to mtu feliz com minha evolu;’ao, bjka meu Deus de Ebano, continue essa pessoa mara em tdo pir dentro e por fora , bjo, bjo

  9. Diane Souza

    O mais maravilhoso desse texto e refletir sobre ele,concordo e penso que o deixar acontecer faz parte de conhecer o outro,sem colocar expectativas,mas entender como me relaciono com o outro e se o outro também se relaciona com a mesmas intensidade que tenho ou quero que o outro tenha comigo.Sofrer e aprender faz parte da vida,até um dia encontrar a pessoa que realmente faz parte da minha felicidade.
    Amei o texto Edu…
    Bjos!

  10. Edu meu anjo,

    Que belo texto!!!!!!

    História realmente verídica, pois quem nunca passou por uma situação dessas, até eu já passei por apuros assim perto de casa e até longe, nossa imagine essa situação bem longe de casa….agora pode rir, pois foi o aconteceu comigo….rsrsrsrs

    Realmente vc está certo tantas pessoas procurando algo que não existe: a pessoa perfeita, como pode, na vida ninguém é perfeito todos nós somos propensos ao erro e é isso o que nos faz ser tão especiais.

    Eu sempre estive a procura de alguém que me amasse acima de tudo, e pelo que eu sou, não que tal pessoa fosse perfeita, mas que fosse a certa, e eu tenho certeza que encontrei tal pessoa basta a mesma me enxergar como a pessoa certa para trazer a verdadeira felicidade ao seu coração….será que um dia a minha estrela irá brilhar e tal pessoa me verá de um modo diferente, quem sabe…só sei que vou esperar!!!!

    Bjinhosss e parabéns pelo belo texto…

    continue assim meu poeta!

  11. Cris Miranda

    Parabéns pelo texto Edu!

    Seja lá qual for o tema do texto…
    Sempre é bom ler o que vc escreve
    de forma tão bem colocada.

    Bjoooooooos

  12. graande EDU!!! cara isso que vc escreveu óo>> “E nessa tentativa absurda de busca pelo inexistente, grandes oportunidades que CERTAMENTE estão ao nosso redor entram e saem de nossas vidas sem percebemos” VERDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAADEEEEEEE demaiiissss noOooossa!!!! acontece comigo sempre!!!: /

  13. Su Martins

    Interessante como uma situação tão corriqueira desencadeou uma reflexão sobre a vida. Com o tempo aprendi que os problemas da vida são diretamente relacionados a nossa evolução e ao amadurecimento. Até o fato de perder uma sandália, ser assaltado, levar um fora e por aí.. Acredito que tudo está ligado, é o famoso “Deus esquece certo por linhas tortas” Nada é por acaso na vida, tudo tem um motivo, inclusive as coisas ruins. Se sua sandália não tivesse arrebentado, será que surgiria esse texto? rsrs

  14. Carla Santos

    Oi Edu !

    Maravilhoso texto !!!

    Acredito que não há pessoa perfeita ou ideal, principalmente quando se trata de sentimentos, todos temos defeitos. A experiencia de um casamento de quase 10 anos, me permite concluir que é impossivel mudar o parceiro. Atribuo o fim dessa relação, a esse fato, tentarmos o tempo todo mudar um ao outro, e acabamos esquecendo do fundamental, felicidade.
    Hoje, com o amadurecimento percebo que cada pessoa possui seu ritimo, e que cada um tem sua caracteristica propria, aprendi a respeitar, e quando algo me incomoda parto pro dialogo. Não sonho com o principe encantado, o ser perfeito, mas desejo sempre encontrar alguem que saiba conviver, e compartilhar o minimo, como por exemplo um bom papo, sorrisos. Sempre digo que a felicidade é individual, que depende só de mim, por isso sempre estou em reflexão a meu respeito, em relação a meus defeitos, pra também poder aceitar os dos outros. Não é facil, mas vou tentando.

    Bjus, vc mora em meu coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s