Roteiro de compras plus size: a blogueira Meieli Sawyer, colaboradora do Vogue Curvy, indica as melhores ofertas

Matéria gentilemente roubada do CHIC

Convidamos a blogueira norte-americana Meieli Sawyer, colaboradora do Vogue Curvy e responsável pelo Fa(s)t Fashion, para bolar um roteiro de compras plus size em São Paulo. A partir das pesquisas que ela tem feito na cidade desde junho de 2010, a jornalista escolheu cinco marcas, selecionou roupas e provou algumas peças.

Apesar de já não usar uma numeração tão plus assim – ela perdeu peso nos últimos seis meses – e ser considerada um manequim intermediário, vez ou outra precisa recorrer às lojas especializadas.

Acompanhe abaixo os segredos de compras de Meieli:

Loony Jeans
Ponto forte: denim. Numeração: 40 ao 56.
Na hora de escolher um jeans, preste atenção aos bolsos. Prefira os maiores, fique longe dos embutidos, que deixam o bumbum liso, e os que não são próximos um do outro, o que pode dar a impressão de quadris ainda mais largos.

Melhor usar peças com 4% de elastano – modelam melhor o corpo e são mais confortáveis. E, por fim, prefira os jeans mais escuros; os claros marcam a celulite.

Program
Ponto forte: alfaiataria. Numeração: 40 ao 54.
As roupas de tecido plano são mais estruturadas e valorizam as curvas de quem é GG. Meieli explicou ainda que as blusas precisam ter alças mais largas – mulheres mais gordinhas precisam de sutiãs grandes e/ou usam combinações por baixo da roupa. Mangas japonesas são uma boa opção para dias mais quentes. Mais: as peças com cintos removíveis são as mais versáteis, as clientes podem moldá-las de acordo com seus pontos fortes.
 

Segredo na hora de escolher uma legging: antes de comprar, estique a calça no dorso da mão, se conseguir ver a sombra dos dedos, é muito provável que o tecido fique esgarçado na região do bumbum; evite essas!

Renner
Ponto forte: loja de departamento com muitas opções. Numeração: 48 ao 54.
A linha plus size da Renner decepcionou. A oferta é pouco variada – são apenas duas araras posicionadas entre as roupas das etiquetas Cortelle e Marfinno. Não há muitas opções e o que se encontra por lá não foge do básico GG (malharia, malharia e malharia). A ida á loja não vale a pena para aquelas que usam 46 ou mais; para as outras, é possível encontrar algumas peças na linha tradicional da Renner. Meieli escolheu dois tops de malha para montar um  look de trabalho.

Palank
Ponto forte: roupas de festa + estamparia. Numeração: 46 ao 56.
A numeração da marca é a maior de todas as lojas selecionadas pela blogueira e não cai nos clichês do segmento. Tem roupas de festa e blusas com estampas mais jovens, algo bem raro entre as marcas plus size. O problema está no acabamento, algumas peças deixavam paetês pelo caminho.  

Eurico Max
Ponto forte: sapatos. Numeração: 40 ao 43.
Fique atenta:
. Decotes, modelos peep toe e recortes ajudam a alongar a perna.
. Fuja do bico redondo que deixam o corpo todo com aspecto cilíndrico.
. Saltos muito altos podem ser difíceis de usar, já que não sustentam o peso. Prefira os mais baixos, mas sempre em formato de triângulo invertido.
. Os sapatos com zíper são os mais difíceis, as botas não fecham na batata da perna e as sandálias engancham no calcanhar. Fuja!

9 Comentários

Arquivado em Moda e estilo, O que rola por aí

9 Respostas para “Roteiro de compras plus size: a blogueira Meieli Sawyer, colaboradora do Vogue Curvy, indica as melhores ofertas

  1. Essas dicas são Maraaaaaaaaa.
    Parabens
    bjos Rê

  2. Olá meninas! Conheço todas essas lojas, são ótimas, porém ficam em SP… mas em Belo Horizonte, convido a todas para conhecer a LYPSE MODA PLUS. Minha loja recém inaugurada para atender esse nosso mercado. Lá eu trabalho também com a Program (a parte de tecido plano), com a LYPSE (malharia) e outras marcas bem interessantes. Vale muito a pena conhecer! Espero vocês!!! Um PLUS abraço mineiro, Theresa Apocalypse.

  3. Caroline

    Olá, as dicas são ótimas mesmo, conheci o blog à pouco tempo, mas agora é comum olhar, antes de sair para comprar, o difícil é que em minha cidade não ha lojas especializadas e as que tem são modelos de saias pela canela para senhoras de 70 anos (nada contra) mas com 25 não da pra sair usando as roupas da minha avó rsrsr. Entro no blog quando volto das compras também, arrasada por não encontrar nada, olhar roupas e outras mulheres lindas de tamanho GG ajudam a não deprimir e me faz sentir mais bonita.
    bjus

  4. Meninas, faltou a área de lingeries… rsrsrsrsrs…

  5. As dicas são ótimas mesmo! A Renner realmente andou decepcionando muito nos últimos meses… E estou louca pra usar algo da loony!

    Beijos!

  6. Monique

    Adorei!!
    Realmente a Renner decepciona,pra uma loja que diz ter todos os estilos…estilo plus size não tem!

    Beijos!!

  7. Silvana Souza

    Gostei das sugestões, mas queria muito de dicas para minha filha de 15 anos, não encontro moda para adolescente, por mais jovem que seja a moda sempre é para mulheres mais velhas, poderiam me ajudar, moro em São Paulo-Capital.
    Obrigada!

  8. Carol Caran

    Vim passar dois dias em São Paulo e fiz algumas compras nas lojas recomendadas. AMEI a iniciativa. Do contrário, não saberia onde ir. Como sempre, o Mulherão salva minha vida.

    Beijos!

  9. Cristiane Cezar Batista

    Oi pessoal!! Estou desesperada (rsrsrsr) em busca de um sutiã tomara que caia tam 52/54!!! Alguém pode me ajudar? Grata!! Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s