O dia em que as modelos unidas disseram NÃO

Por Fabiana Camillo

Texto gentilmente roubado, daqui.

É com muito prazer e admiração que hoje apresento este post, pois pela primeira vez vejo as modelos se unirem em um NÃO super coletivo. Na quinta- feira, dia 17, recebi um email me convidando para participar do programa Pânico na tv, confesso que sou fã das brincadeiras e bobagens que fazem. Porém não comigo!!! Ao ler a pauta falava que eles queriam modelos GG para um desfile de maiô e canga para homenagear o Ronaldinho Fenômeno por sua aposentadoria. Ops… mas espera aí, que homenagem pode ser feita no Pânico e que tenha mulheres gordas envolvidas? Conhecendo muito bem o tipo de humor é claro que a minha resposta foi negativa de imediato.

Primeiro qualquer admirador de esportes e principalmente de futebol não seria conivente com uma brincadeira que pudesse ofender um atleta da equivalência de Ronaldo. E eu sendo essa amante que sou do talento desse astro do futebol jamais ridicularizaria um mito. Pensei também é claro na construção da minha carreira que vem sendo feita com seriedade e muito profissionalismo,  correr o risco de ser exposta de forma negativa em um programa de tamanha audiência desnecessariamente não passou pela minha cabeça.

Quem acompanha meu blog ou me conhece pessoalmente sabe o quanto sou engajada na causa Valorização das modelos Plus Size, falo sem nenhum pudor para que não aceitem qualquer trabalho, que job é pago e que não devem se jogar em qualquer coisa só com o intuito de se promover, porque uma imagem mal trabalhada acaba com uma carreira que nem começou.

Enfim, depois do email mencionado recebi mais outros três e duas ligações. Já era domingo de manhã e ainda estava recebendo convites para o job, fiquei intrigada com a insistência e logo passou a minha cabeça que estavam tendo dificuldade em encontrar garotas para tal trabalho. Curiosa como sou, comecei a ligar e mandar mensagens para modelos que vejo como boas referências para saber se receberam a mesma proposta e se aceitaram… Dessas não foi de se estranhar, não aceitaram da mesma forma que eu. Não queriam essa super exposição e que poderia ser de forma ofensiva, mas o que me deixou mesmo de queixo caído foi ver que modelos iniciantes e que normalmente tem fama de pegar tudo também recusaram.

Começo a acreditar que o pessoal está pegando o espírito da coisa, a nossa união mostrará para o mercado que trabalhamos de forma séria e queremos ser valorizadas. Que não é qualquer aparição na tv que nos encanta os olhos e que ninguém quer se expor ao ridículo. Para isso existem atores que sabem criar personagens e podem atender as expectativas de qualquer produção. Nós modelos somos a imagem do que é belo, independente da forma, da curva, do peso e dos conceitos.

Por isso hoje tiro meu chapéu e dou parabéns para todas as modelos que souberam ter discernimento para a valorização e crescimento da nossa categoria, pois suas escolhas refletiram indiretamente na de outras modelos.

OBS: Não faço crítica as que foram, mas se nenhuma tivesse aceitado seria ainda melhor!!!

 

48 Comentários

Arquivado em comportamento, Modelo GG, Preconceito

48 Respostas para “O dia em que as modelos unidas disseram NÃO

  1. Rachel

    Está certissima em não aceitar.

    Chega dessas piadas idiotas e sem graças com qualquer biotipo.

    Bjos

  2. Cristiane

    Respeito é tudo! Respeite para ser respeitada. Se respeite, para que possam te respeitar!

  3. Mi

    Parabéns, gurias! É isso aí!

  4. bruna oliveira

    Eu como iniciante,recusei na hora,pois quero uma imagem bela e não sarcastica,parabens a todas que disseram não,pois cada dia mais tem que existir valorização do nosso trabalho e de nossa imagem!

  5. HELENA CUSTODIO

    Eu também fui convidada mas do Pânico eu não espero coisa boa
    não me arrependi de não ter ido que constrangedor ser chamada de Miss Tiróide

  6. Pingback: Tweets that mention O dia em que as modelos unidas disseram NÃO | -- Topsy.com

  7. Mel Salvi

    Fabiana,
    Ao receber o e-mail, repassado por uma modelo pq eu não sou, pensei na imagem que seria passada. Independente do tamanho do manequim não gosto de proposta de imagem da mulher que o programa passa.

    Infelizmente não vi o programa para saber se eles cumpriram com a promessa de não ridicularizar as pessoas que aceitaram.

    Bjks
    Mel

  8. Letícia Melo

    Que legal meninas! Eu também acho o pânico uma comédia, mas, ali a coisa toda gera em torno da zuação, da ridicularização. Acho que não combina mesmo com toda essa iniciativa de valorização. =)

    Bjs!

  9. Andréa

    Isso fizeram bem em não aceitar.esse programa é uma baixaria.Não só humilham gordinhos, como anões e “gente pobre e feia”. sim existem lógico, mas não devem incentivar o preconceito já que o programa é visto por jovens.Aliás difícil 1 programa atualmente sem baixaria na tv brasileira.A tv só chama os excluídos para ganhar $$$

  10. Débora

    O pânico só é uma comédia porque as pessoas ainda gostam de rir das caras umas das outras, como a autora do post disse “comigo não”. Na verdade, esse programa nem deveria ter audiência, pois esse “comigo não” deve estar na cabeça de todo mundo, mas então se é com os outros tudo bem? Nós deviamos lembrar que o preconceito da nossa sociedade é alimentado por esse tipo de coisas, que parece inofensiva, mas gera piadinhas e mais piadinhas que vão modelando a mente de jovens e crianças. Tudo bem que o humor politicamente correto não existe, mas o Pânico é humor de baixa qualidade mesmo, pegam os esterótipos que já são estigmatizados e terminam de escrachar. Humor por humor, o CQC desbancou o Pânico faz tempo.
    Ah, sobre essa questão do preconceito gerado pelas pequenas coisas recomendo o filme “A outra história americana”. Trata sobre a discriminação dos negros, mas acredito que seja válido para qualquer forma de discriminação.

  11. Confesso aqui que ver meu post no Mulherão foi uma surpresa e fiquei com medo. Escrever no meu blog não atinge tantas pessoas, mas pelo que pude perceber esse assunto está provocando uma reação em massa… Acho ótimo (mesmo correndo o risco de ser apedrejada, rs) , fico feliz que possa compartilhar dos meus pensamentos com tantas fãs do blog Mulherão e que muitas outras mulheres partilhem comigo dessa mesma ideia.
    Quem sabe assim conseguimos melhorar cachês, tipos de trabalho e aumentar ainda mais os jobs oferecidos?
    A questão em pauta não é de diminuir quem foi… que isso fique claro. Mas sem dúvida não poderia deixar de analtecer aquelas que dividem comigo do mesmo comportamento.

  12. Betty Quintano

    Venho recebendo muitos convintes de trabalho “tenho todos os e-mails guardados”.
    Mas continuo dizendo NÃO!!
    Não aos cachês baixissimos!!
    Não a intimação, vexame !!
    Não ….até quando?

  13. Graziela Barros

    Isso aí, GOSTEIIIIIIIIIIIII !!! PARABÉNS PELO NÃO !
    bjkas

  14. Priscila

    Pessoal, eu estou virando fã desse blog apesar de nem ser gorda! Queria dizer que vocês modelos GG estão de parabéns por terem recusado em massa a proposta. Minar dessa forma as expectativas da produção de um grande programa de TV pode ser o início de um processo de tomada de consciência na mídia. Ninguém nunca vai aprender a dar o devido valor a uma modelo gordinha se elas mesmas não se valorizarem! Nota 10 e continuem assim, fiquei orgulhosa de vocês.

  15. Cynthia Alonso

    Parabéns! Cheirocas…

  16. Fernanda

    Parabéns meninas que se recusaram!! Tb disse NÃO!!
    Jamais permitiria uma exposição deste tipo!!
    bjusssssssssssssss

  17. Achei ótima a postura de vcs.
    Nem tanto em relação ao cachê, pois nem todas somos modelos, mas em relação a não aceitarem ser chacota por dinheiro.

    É muita humilhação vc já enfrentar todo o preconceito da vida real por ser gordinha e ainda ir para um programa de tv que adora humilhar pessoas para ser mais chacote…ning merece!

  18. Eu recebi o email da boschim e nao pensei duas vezes hora mandei minha foto pra produção pq adorooooooo o programa e a produtora me ligou falando q me pegaria e me deixaria em sjc, pra falar a verdade eu nem perguntei de cache , fiquei com medo de pagar mico mas depois desencanei , pq essa nao é minha profissão e eu fui pela diversão , e foi mto divertido .Tinham 6 meninas lá e entraram só 4 . Claro q vcs q vivem de modelar tem que preservar a imagem mesmo , eu como nao devo nada pra ngm ri mto de tudo isso !! beijos

    • renatavaz11

      Oi Débora.

      Obrigada por ter vindo aqui expor a sua opnião.

      Te conheço, te acho linda e acho que vc deveria sim investir nessa carreira pq dá chapéu em beleza em muita modelo plus size experiente. Sentimos, inclusive, sua falta no FWPS.

      Quando postei este texto da Fabiana, é porque concordo que muita menina, na ànsia de se aparecer, acaba se sujeitando a situações vexatórias na tv.

      Se você diz que não passou por constrangimento, fico feliz e orgulhosa.

      Quero ver o programa.

      Bjs,

      Renata

      • Oi Renata , eu fiquei super chateada de não poder ir no FWPS , mas peguei uma produção com a Claudia Leitte no navio dela e tive que dar prioridade a minha profissão.

        Muito obrigada pelo elogio , eu gosto sim de modelar , mas não é o foco do momento , quando da pra encaixar é claro que eu vou .
        Como o que aconteceu domingo …

        Foram 6 meninas lá e 3 eram atrizes que já fazem Pânico e outros programas de pegadinhas . O papel de plus size era apenas uma figuração pq a brincadeira mesmo ia ser feita com a atriz conhecida como Bolette .

        Eu não entendi a indignação até agora , pq tinha até um representante da marca Magnollia que levou 2 meninas ,uma delas a patricia , pra usar seus maios e acessorios , acredito que a marca não ia se vincular com algo que sujasse sua imagem .

        O que é escolher bem um trabalho ?

        tem trabalhos como mega polo q vc gasta indo no casting, indo na prova de roupa , fica o dia todo naquele fervo do bras ,pega metro , serve de cabide pra diversas lojas q vao ganhar milhoes com sua imagem e ganha 150 reais e ainda demora qse 6 meses pra receber , isso eh um trabalho digno ?
        ou faz um editorial de moda festa de mais de 15 paginas pra uma revista q vc julga séria , fica o dia todo no fim do mundo fotografando com vestidos de gosto duvidoso e até agora não vê a cor do dinheiro depois de 4 meses e a revista por ai pelas bancas …

        isso me deixa mto mais chateada e denigre mto mais a minha imagem do que …

        ganhar 150 reais pra ficar 1 minuto no ar sem sequer precisar emitir um sorriso , ficar num camarim com ar condicionado , e ser trazida até a porta da minha casa em outra cidade , sem nenhum desconforto e ter rido mto .

        Me revolto mto com a falta de profissionalismo desse mercado ainda , que toda gordinha acha que deve larga o emprego pra ser modelo , eu pergunto toda magrinha eh modelo ? nao neh , entao num tem pq tdas qrerem se aventurar tb .
        Acho que isso já é outra pauta …

        bjao e viva a diversidade de opinião
        sucesso a todas !!!

    • renatavaz11

      Débora,

      Escolher bem um trabalho é relativo.

      Minha irmã trabalha como uma camela atrás de um balcão de loja da M Officer, tem apenas 1 dia de descanso semanal e nunca aos finais de semana. Ganha por mês uns R$720 e o que lhe sobra livre são R$500. Ou seja, 26 dias de trabalho no mês por R$500, o que equivale a menos de R$20 por dia.

      Se ela só pensasse em dinheiro fácil e não priorizasse seus princípios, linda do jeito que é, poderia fazer um programa sexual. Por programa, ganharia 500 reais (já que ela é linda, gostosa e chique). Fazendo tres no mês (tendo outros 27 dias para descansar), ganharia R$1500.

      Enfim, compensa?

      Cada um sabe o que compensa para si. No meu caso, o dinheiro fácil não compensa, a não ser que esteja envolvida a minha satisfação pessoal. Tanto é que eu trabalhava no banco, ganhava super bem e abandonei tudo para fazer estágio em jornalismo ganhando só R$300 de bolsa auxílio por mês.

      Então, acho digno quando vc diz que não se preocupa com o que os outros pensam de você e que curtiu fazer o quadro. Da mesma forma que acho digno as meninas que se matam no Mega Polo ou no FWPS em troca de R$150.

      No meu caso, postei este depoimento da Fabiana aqui porque defendo que mulheres acima do peso sejam valorizadas e não ridicularizadas, independente se ganharam ou não para isso. E mantenho minha opinião.

      Obrigada por vir aqui expressar sua versão.

  19. Denise Paz

    Fiquei feliz em ler que a Debora não passou por nenhum constrangimento, pensei que seria exatamente o contrario partindo do tipo de programa.
    Me sinto orgulhosa por saber que existem pessoas como você Renata, as plus size precisam de mais espaço na mídia, mas não a qualquer preço…
    Bjs

  20. Oi Gente!

    Recebi um aviso de uma modelo profissional comunicando sobre este trabalho e pedindo material. Mandei porque considero esta modelo uma pessoa de confiança que não passaria um trabalho com sentido pejorativo.

    Não recebi contatos posteriores, mas se eu soubesse da pauta não aceitaria. Um outro motivo de não aceitar é porque assim como o Ronaldo, engordei muito por conta de ter hipotireoidismo, mas é mais fácil para as pessoas falarem que engordei por falta de vergonha na cara.

    Parabéns à quem disse não, mas parabéns também à quem disse sim e se divertiu e não se sentiu ofendida!

    Bjssssssss

  21. Ah e afinal, passou neste domingo?! Eu não vi!

  22. Passou no domingo mas pra quem quiser ver as “candidatas a Miss Tireóide” já tem video no youtube….segue o link:

  23. Pingback: Tweets that mention O dia em que as modelos unidas disseram NÃO | -- Topsy.com

  24. Joice

    Esse programa é muito idiota, sem falar que trata as mulheres como objeto!

  25. Valkiria Trindade

    Parabéns!!! Adorei a postura de vcs meninas, tb não recrimino as que foram ao programa, mas seria bem melhor se nenhuma realmente tivesse ido, afinal nós somos mulherões e não precisamos deste tipo de mídia. Bjos à todas.

  26. Paula Regina

    Eu sei que, de repente, vão cair de pau em meus comentários.

    Não gosto do programa e concordo ipisis literis com o colocado pela Carolina Dieckmann, que botou a boca no trombone quando sentiu-se ofendida, perseguida. E fizeram coisa semelhante com a Petra Gil, dizendo que era uma baleia encalhada em Ipanema.

    Exatamente porque existe programa desse nível é que temos, dentre outras coisas, de ler/ver nas mídias que gays tem a cabeça estourada por lâmpada, que pessoas sem dente são chacoteadas, que etnias são debochadas e por aí segue, inclusive fazendo galhofa com pessoas idosas e acima do peso.

    Se buscamos, mulheres e mulherões, respeito e direitos para sermos quem somos, usarmos o que quisermos e pleitear que empresas nos percebam como clientes e consumidoras em potencial, devemos agir assim e dizer NÃO eternamente a essas situações embaraçosas e que nada, absolutamente na-da, fazem e trazem de positivo à sociedade.

    Só com atitudes conscientizadoras é que formamos uma sociedade digna e respeitosa a todos, incluindo aqueles que são, diariamente, colocados a prova por serem julgados “diferentes”.

  27. Ah cara.. fala sério!!!!
    Não assisto ao programa pq acho muuuuito bobo… já teve partes engraçadas, mas agora tem muito + partes “ridículas” e sem graça nenhuma!!!

    Não critico quem gosta de assistir, mas considero tão ruim qnt o casseta e planeta (q finalmente saiu do ar)…rs…
    Achei ótimo vc ter recusado Rê!!! Tiro o chapéu pra vc!!!

  28. Carol Caran

    Abomino o programa, abominei a brincadeira da Miss Tireóide e nada no mundo me faria concordar com algo dessa natureza. Parabéns à Fabiana por levantar à discussão! Se dependesse de mim, esse negócio morerria à mingua!

  29. Juliana Luz

    Não tenho nem o que comentar…vc foi perfeita em sua colocação!
    Bjksss

  30. adriana

    PUXA A INVEJA MATA HEIN !!!! QUEM NÃO QUER APARECER NO PANICO NA TV …. 6 DEVEM TER ENLOUQUECIDO DE NÃO TER PARTICIPADO DO PROGRAMA …. EU ADOREI A PAUTA DO PROGRAMA POIS QUALQUER UM PODE SER FELIZ ACIMA DO PESO …. NÃO IMPORTANDO SE VC ESTA EM UM PROGRAMA DE HUMOR …MAS SIM NO PROGRAMA DE MAIOR AUDIÊNCIA DO HORÁRIO …. PARABÉNS AS MODELOS QUE PARTICIPARAM DO PROGRAMA POIS ESTAVAM LINDAS!!!! BJ

  31. “Não faça com os outros o que não gostaria que fizessem com você”, frase sabia de quase toda mãe consciente pros filhos. Pena que nego humorista não aprende isso.

  32. Ana

    Uma “modelo” plus size que participou do dia de plus size 2 participou… e eu achei horrível da parte dela!!!
    Ela ja desfilou para almas grifes.. acho que é a Patricia ou melissa!
    K feio!!

    • Patricia de Cassia

      Bom como meu nome foi citado achei me no direito de responder.
      Assim como a Debora , me diverti e dei muita risada lá , eu sabia do que estava sujeita e pra falar a verdade ,por se tratar do Pânico já estava preparada para algo muito pior , não me senti mal em momento algum em ter participado, levei tudo na esportiva .

      Ana,(agora que já sabe que meu nome é Patricia) ninguem é obrigado a fazer o que não quer, fui lá porque quis e por sinal me diverti muito , agora se vc achou “horrivel” ou ” feio” a minha participação isso já não é um problema meu , cada um é livre para ter as escolhas e opiniões que desejar , jamais postei ou falei algo que não concordasse , se eu fosse escrever daria um livro e no meu caso preferi ficar quieta.

      Sinceramente desejo que vc seja muito feliz assim como eu sou.

      Beijinhos

      • Ana

        Ok Miss tiróide!
        Bjs e seja feliz tb…
        Assunto encerrado!

      • renatavaz11

        Ana, tudo bem você emitir sua opinião, mas ser sarcástica chamando a Patrícia de Miss Tireóide não pega bem.

        Enfim, vou dar dois exemplos de programas popularescos que participei.

        Um deles foi o do Ratinho. Todo mundo dizia para eu não ir porque iriam me esculhambar na TV. Não recebi cachê, pois estava lá como convidada e não contratada. Falei do Dia de Modelo, do Blog e fui super bem tratada no palco. Não houve baixaria. No mesmo dia, modelos GG se apresentaram de lingerie. Esse desfile não foi organizado por mim e nem por Andrea Boschim que, na época, era minha sócia. Não quisemos levar o desfile porque a produção não queria que as meninas usassem capas e lingeries mais decentes. Recusarmos não foi um impedimento para o desfile acontecer. Eles conseguiram uma outra agência que indicou 5 mulheres dispostas a desfilar com lingeries 2 números menores, inclusive uma quase pagou peitinho ao vivo.
        O outro programa que participei foi o da Marcia, na Band. Achei que como fui bem tratada no do Ratinho, seria por ela. Mas não. Discutimos no palco. Ela insinuava que gordo é gordo porque quer e eu, que não sou nenhum um pouco diplomática, disse que então, se eu era gorda porque quero, ela era magra de ruim. Pq fui dizer isso? A mulher fechou a cara e me alfinetou o programa inteiro. Quando a gravação acabou, mal me olhou nos olhos e nem um obrigada pela participação foi capaz de me dar. Se tivesse ouvido meu instinto, não teria ido e também teria me poupado deste constrangimento.

        Com relação à Patricia e à Debora, não acho que foram diretamente ofendidas. Mas como poderiam prever isso, ao vivo? As chances de serem avacalhadas lá eram muito grandes. No meu caso, não arriscaria. Ganhar R$150 ou R$200 para ser maltratada em rede nacional não compensa, ao menos para mim.

        Conheço a Debora e a Patricia pessoalmente e sei que elas devem ter se atentado para isso antes e pedido garantias á produção de que não seriam expostas. Ao menos é isso que espero.

        Bjs

  33. adriana

    aff,sem comentarios…péssimoooo,parabens as que disseram nao.

  34. Ana

    rsrs….ok!
    Sorry!… eu exagerei.
    Bjo a todas, afinal amo esse blog e espero um dia participar do dia de modelo de vcs!
    Sucesso a todas!

  35. Izabel Soraia

    A verdade é que se queremos mudar as coisas temos que começar com nós mesmas, eu não concordo com preconceito, humilhações comigo e não posso aceitar com ninguém, eu decretei a mim mesma que não assisto este programa nuuuuuuuuuuunca mais, e isso já faz tempo (tanto que não vi o programa em questão), pois ele torna a mulher uma coisa, é um programa preconceituoso, que incita brincadeiras de péssimo gosto, vejo como muita hipocrisia agente falar de certas coisas, e estar morrendo de rir vendo uma coisa dessas, é isso, não condeno nunca quem foi, pois se foi, é porque é adulto e estava disposto a fazer o que achava certo, massss para mim melhor seria se niiiiiiiiiinguem tivesse ido, melhor ainda seria ninguém visse essa coisa deprimente. PRONTOFALEI

  36. Não estou aqui pra defender o Pânico, até porque nem sou fã, mas assisto vez ou outra. O que eu vejo lá é uma zuação HORIZONTAL, digo isso pois os vejo zuar desde o desdentado ao forte e bombado, desde a velhinha à criança inocente. E desta mesma forma, eu os vejo impor as brincadeiras mais sujas àquelas “gostosonas” que ficam rebolando no palco… então, porque seria tão discriminatório zuar gordas? já que as magram sofrem bastante na mão deles também.
    Eu penso que muitas gordinhas devem se doer pelo fato de não estarem lá na posição de gostosonas sendo zuadas, talvez essa massagem no ego e na auto estima compensasse uma brincadeira mais pesada e quase ofensiva.

    Eu considero o boicote uma arma sensacional, e foi isso que as modelos fizeram ao recusarem massivamente o convite ao programa. Mas, ainda penso que, na qualidade de profissionais, deva existir uma sondagem sobre o que lhes será imposto e\ou apresentado, e nenhum relato aqui leva a crer que houve. Pelo que li, houve uma especulação (justificavel) com base na tematica predominante do programa.
    Bom, eu sou ilustrador, da mesma forma que vcs não se expoe a qualquer trabalho, eu não desenho e assino pra qualquer tema. Mas pra isso eu procuro sondar a que se destinará meu trabalho, houve um tempo em que ganhei muita grana desenhando pra uma impresa que, hoje, me impede de ganhar os royalties sobre meu trabalho, já que DEI a eles os direitos autorais. Isso aconteceu porque não li um contrato antes de assina-lo.

    Creio que participar deste programa tenha sido uma excelente experiência para o Portfólio das modelos, não vi nada que se possa chamar de preconceituoso ou agressivo alí, aliás, já vi coisa muito pior vinda de intelectualóides como Jõ Soares, Arnaldo jabor e o próprio Marcelo Tas. O Chico Anysio se fez sobre estereótipos também, e nunca teve nada de inocente no seu humor. Os Trapalhões ironizavam a pobreza, a feiura, e até a questão racial. Penso que o humor se faz justamente por esse desencontro ou conflito de informações: situação comica + tema sério\triste\cruel. Sempre foi assim.

    Parabéns pela mobilização, pela coragem das que toparam, pela argumentação de quem aqui comentam e pela beleza das lindas Plus Sizes desse Brasil que tanto me inspiram! =)

    Fui.

    PS: Esta é uma teoria, não me condenem! não estou relacionando isso a pessoas ou fatos reais.

  37. Desculpem pelos erros grosseiros do comentário anterior, escrevi rapidamente e não revisei =s. Sorry…

  38. Izabel Soraia

    Fabio, gostei do seu comentário.
    Porém como você pode perceber em meu comentário, pelo menos no meu caso não se trata de dor de cotovelo, pois como falei não concordo com a forma com que eles tratam as gostosonas, EU não gostaria de ser tratada nem como gostosona descerebrada nem como gorda motivo de chacota.

    • Compreendo. Eu sei que pra muita gente (como vc) o que se faz aí é de uma grosseria muito grande, de modo geral. Mas eu penso que existe uma parcela de pessoas que se satisfaria em ser zuada se paralela e proporcionalmente houvesse uma admiração em conjunto… entende?

      Valeu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s