Ele trocou uma mulher magra por mim

Por Renata Poskus Vaz

Há alguns dias falei sobre a confusão de sentimentos de uma leitora após o marido terminar o relacionamento e logo engatar um namoro com uma magrinha. Leia mais clicando aqui.

Hoje vamos tratar do caso inverso, falar das magrinhas que de repente se sentem abandonadas e, logo depois, tomam conhecimento de que seus amados estão com mulheres acima do peso. Acreditem, na maioria das vezes dói muito mais para uma magra perder o marido para uma gordinha do que o inverso. Isso se deve ao excesso de preocupação que as mulheres tem com o visual. É como se tudo o que fizéssemos estivesse baseado nas formas físicas. Entretanto, homens costumam sim procurar mulheres de capa de revista para suas aventuras, mas não é a beleza dessas mulheres que define a longevidade de suas relações. Assim como nós, eles tem preferências, mas o que os mantém ao lado de uma mulher é a qualidade da cama, da companhia, do bom-papo e do bom-humor. E isso não tem peso! Ou seja, se a mulher magra tem fissura em controlar o peso como se isso fosse seu maior predicado, pode acabar frustrada em ver o ex com outra mulher gordinha.

Sim, garotas, acreditem, nem toda magra tem autoestima. Elas são gente como a gente. Algumas dessas mulheres magras sem autoestima têm tanto medo de engordar que encaram a gordura como algo limitador, ruim (falo por experiência própria porque já fui magra um dia!kkk). E ao ver o amado com uma mais gordinha sentem como se tivessem sido trocadas por alguém pior do que delas. Quando pensam em alguma forma de reconquistá-lo, lá vem aquela idéia de que para isso teriam que engordar, ser alguém pior para atraí-lo. O que não corresponde com a realidade.

Eu, por exemplo, namoro há quase 2 anos um lutador de karatê atlético, lindo, gostoso, bonito e sensual. Ao longo dos seus 31 anos de vida ele rodou a banca e, com certeza, já deve ter namorado com todo o tipo de mulher: magra, gorda, alta, baixa, morena, loira, enfim… Ao estabelecermos um relacionamento sério, algumas ex que nutriam ainda sentimentos por ele ficaram indignadas com a decisão do meu amado ficar comigo, a gordinha. Mais que isso, a gordinha que vai na tv falar que é possível ser feliz acima do peso. Já recebi recadinhos maldosos pela internet, principalmente em fotos de trabalho, em que exibia, sem vergonha, minhas curvas. Com temperamento intempestivo, óbvio que minha primeira reação era a de querer explodir. Depois, tentava exercitar a compaixão e compreender o quanto deve ser difícil para uma mulher mais magra do que eu vê-lo comigo. O quanto deve ser difícil ver que o cara vegetariano, natureba, curte alguém que se esbalda no Mc Donalds, Mas, o que elas não conseguem enxergar é o que fazemos em nosso dia-a-dia, os laços que nos unem, o amor que sentimos um pelo outro e como minhas gordurinhas, muito bem distribuídas em meus 1,73m e 83 Kg dão um tempero charmoso à nossa relação. Meu amado não me ama por causa da minha gordura. Não é o excesso de peso a razão deste amor. Ele só não deixa de me amar por causa dela. Se eu emagrecer ou engordar 20 Kg e continuar a cultivar esse amor e ser a mesma Renata de sempre, ele continuará me amando.

O que nós precisamos entender, tanto magrinhas como mulheres acima do peso, é que beleza e charme nada tem a ver com os quilos da balança. Que se nos amarmos independente de quanto pesamos, as pessoas também nos notarão assim, especiais. A partir do momento em que nos amamos e nos valorizamos, atrairemos atenção.

E que fique bem claro para todas: se o homem resolve te deixar, seja você gorda ou magra,  e ele engatar um romance com outra logo em seguida, seja ela magra ou gorda, é porque já não existia amor.

Vocês já passaram por isso, garotas?

41 Comentários

Arquivado em comportamento, Relacionamento

41 Respostas para “Ele trocou uma mulher magra por mim

  1. Rosana

    Mais um post fera Rê!
    Outro dia, ao analisar uma “briga horrenda” no shopping aqui perto de casa, presenciei algo parecido. Uma moça aparentemente “bonita” gritava inconformada: “por que vc me trocou por essa gorda???”. Eu nem terminei de ouvir o resto das frases, pq fiquei imaginando como as pessoas hoje em dia são superficiais. Vivemos numa sociedade muito perigosa Rê, onde as coisas são mais valorizadas do que as pessoas. Ainda bem q blogs como o seu faz a gente refletir sobre as coisas reais da vida, que nos proporcionam sentimentos mais sólidos, pés no chão. Bom mesmo é saber quem a gente é de verdade…e isso independe do q temos a mais…ou a menos….
    Um beijão a todos e todas que sempre estão por aqui!

    P.S: RêÊ eu to fazendo academia e não acho roupa de ginástica…tem dicas?????

    • renatavaz11

      Oi Ro,

      Eu também já presenciei vários casos desses. Indignação até mesmo ao perder o trabalho para alguém mais gordo. é fogo.

      Quanto ao post sobre roupas de ginástica, estou providenciando. Outro dia fui comprar colant do ballet e eu não entrava nele. quase choro, kkkkk

      Vou fazer sim. pode esperar.

      beijos,

      renata

    • Rosana,

      Não sei onde ovcê mora mas, no Rio de Janeiro dá pra achar!
      Na feirinha do Extra da Barra da Tijuca tem uns stands com roupas de ginástica GG. Eu só compro lá! Até porque o preço é bem camarada…

      Bjs

    • Paula Regina

      Rosana,
      sei que no stand de roupas fitness do Supermercados Extra setor da Taeq (que tem em São Paulo também), há opções lindas, transadas de roupas para malhar.
      Pode ir certa na compra.

    • Érica

      Oi Rosana, aqui em São Paulo ja comprei roupa de ginástina na Líquido. Tem até tamanho GG.
      Beijos

  2. Eu tbm acho que deve ser mais revoltant p magra, não que a gent q é gorda sofra menos, mais como a re disse estamos costumado a uma sociedade apegada a aparencias, para pessoa magra, q malha q naão come nda, e se ve trocada pelo pessoas q faz o ela acha detestavel é chocant, uma colega minha faz tempo ofendeu mont o ex, e acabou com a nova namorada dele, e a ofensa principal e era como ele podia estar com aquela gorda, super obesa, sab isso n dia m acabou ferindo sab, sou gorda ela nem s preocupou em detonar alguem acima d peso com alguem acima d peso do lado dela, ai nunca esqueci disso, faz 1 ano isso, na época pensava bem feito sabe, e isso sempre nos deixa com a alma vingada hahahhah quando uma magra é trocada por uma gordinha.

    • Fernanda Prado

      Isabela
      Eu também passo diariamente por isso de pessoas detonando o peso dos mulherões na minha frente. Acho chato, eu não detonaria um baixinho, um careca, um magrinho na frente de outro. Isso sim é ser deselegante, mas quandoa acontece sempre faço aquela cara de paisagem e de quem se gosta, assim agenta acba desarmando os inconvenientes.

  3. Marco Antonio

    Ola meninas lindas, infelizmente criamos moldes para nossa conduta social definimos padrão de beleza por aparência, conta bancária, status peso, altura e cor…..Completamente um absurdo pois o amor não esta nesse campo e sim na administração do cotidiano ao viver a dois.

    Então como no texto anterior definimos que precisamos achar um cristo e el sera o peso, ou magro demais ou gordinho de mais mas na verdade nos furtamos de enfrentar de frente nossos erros, eu amo demais uma pessoa que convive por aqui, me atirei de cabeça e hoje tento superar essa perda pois no fundo todos temos nossas noias, eu as minhas essa pessoa as dela.

    Porem talvez por eu ter 1, 66 de altura tenha o meu modo de ser e a pessoa por ser mais lata muitas vezes acha que pela manhã não precisa dar bom dia, mandar um e-amail e dizer a outra pessoa que existe uma coisa chamada amor.

    Por isso quando falta esse dia a dia o melhro é secar as lágrimas e tocar em frente, sem magoas mas com certeza com uma pequena dor.

  4. Pri Kitaoka

    Amiga Reeeeeeeeeeeeee!!!
    Amei o post!!!
    Eu tb amiga!!
    Hoje meu marido!! Quando comecamos ele tinha rompido com uma magrinha!!! E eu sempre cheinha todos falavam q logo irira terminar mas….esse fim d semana fazemos 3 anos d casados!! A gordinha aki se deu bem hehehehe!!
    E afinal!! Como já dizia meu amigo Arnaldo Jabor….
    ……………………………………………….,,,,,,,,,,…………………………………………….
    É melhor vc ter uma mulher engraçada do que linda, que sempre te acompanha nas festas, adora uma cerveja, gosta de futebol, prefere andar de chinelo e vestidinho, ou então calça jeans desbotada e camiseta básica, faz academia quando dá, come carne, é simpática, não liga pra grana, só quer uma vida tranqüila e saudável, é desencanada e adora dar risada.
    Do que ter uma mulher perfeitinha, que não curte nada, se veste feito um manequim de vitrine, nunca toma porre e só sabe contar até quinze, que é até onde chega a sequência de bíceps e tríceps.
    Legal mesmo é mulher de verdade. E daí se ela tem celulite? O senso de humor compensa. Pode ter uns quilinhos a mais, mas é uma ótima companheira.
    Pode até ser meio mal educada quando você larga a cueca no meio da sala, mas e daí?
    Porque celulite, gordurinhas e desorganização têm solução.
    Mas ainda não criaram um remédio pra FUTILIDADE!”

    “E não se esqueça…
    Mulher bonita demais e melancia grande, ninguém come sozinho!!!!!”

    Arnaldo Jabor

  5. Fernanda Prado

    Meu primo é um dentista bem sucedido no interior de S. Paulo. Deixou a noiva que era do padrão , digamos da Sabrina Sato (mestiça, exótica, corpão até mais bonita)!!!!! e se casou com um mulherão e hoje já tem uma linda filha e estão muito bem obrigado.
    Ao ser questionado, ele falou que a ex era chata e ciumenta, barraqueira. Pois é….

    Ai, Pri!!!!!!Desculpe eu odeio este comentário machista do Arnaldo Jabor, é mais uma das besteiras que ele fala! Não posso concordar, hehe

  6. Dedeia Sousa

    Ehhh realmente é mto doloroso essa situação. Infelizmente a pesssoa humana em ambito geral, não se tem valor. Devemos aprender a enxergar as pessoas atravez da lente da humildade e sinceridade, em suma atravez das lentes do amor. Todos nós estamos sujeitos a algum tipo de discriminalização.. mas o que nos torna felizes é saber que ninguem e niguém pode nos impedir de AMAR e nesse ponto somos livres.

  7. Fernanda

    Oi gatissimas, então meu marido tb, super magro, eu eu agora gravida, que já era gordinha, estou mais gordinha, a ex dele magerrima, adepta de caminhadas, ela usa um termo interessante para me identificar ” tribufu”, acho que no fundo no fundo, ela deve me achar o maximo, pq hj ela fala pq “ele” não era assim comigo, como é com essa ” tribufu”, desta forma, fica muito claro que não são os quilos na balança, que fazem a diferença.
    Um belo dia a todas…..

  8. Michele

    Olá, meninas… Bom dia a todas!
    Acompanho o blog a um tempão mas é a primeira vez que resolvo deixar aqui a minha opinião.
    De uns tempo pra cá, decidi me amar mais e me valorizar mais e isso chamou a atenção de homens e mulheres do meu trabalho. Os homens elogiando e as mulheres querendo saber o que eles elogiavam tanto em uma pessoa acima do peso como eu. Minha vida mudou, passei a sorrir mais, não pelos elogias (que são ótimo, claro), mas pelo meu prazer ao meu olhar no espelho.
    Com isso comecei a ouvir piadinhas de pessoas que vivem de dieta e mesmo assim nunca estão contente com o seu próprio corpo, cabelos, unhas etc.
    Continuo recebendo elogios por causa das minha pernas, do meu sorrido, do meu bom humor, pela maneira com que trato as pessoas …
    Passo na rua e ouço que sou gostosa… isso faz mto bem para o ego e nos ajuda a enxergar que assim como as pessoas, os gostos são diferentes e o respeito deve vir acima de tudo.

  9. Débora

    As histótias na maioria das vezes são parecidas não é mesmo?? Acho que isso acontece com a maioria das mulheres, magrinhas ou gordinhas, talvez porque nunca estamos 100% satisfeitas por mais lindas, felizes ou bem sucedidas (não estou generalizando!) Mas sempre que vejo entrevistas na T.V penso nisso: Como nós mulheres somos críticas! sempre queremos mudar uma coisinha aqui ou acolá. Ou sempre queremos achar um bode expiatório para algo que ocorreu em “nossa” vida! Hoje sou muito confiante com minha imagem de 1,60 e 80Kg mas nem sempre foi assim, e digo a vcs que quase destrui meu casamento com minha insegurança e falta de amor próprio. Meu marido adora meu estilo mulherão e mesmo quando eu passei dos 3 dígitos ele nunca reclamou ou falou que eu tinha que emagrecer. Porém eu, entrei em paranóia achando que ele era muito bonito pra mim, que tinha vergonha de sair comigo, que tinha condições de arrumar uma mulher mais bonita (le-se magra!)
    Com isso fui me afundando me menosprezando e quase joguei tudo fora.
    Parece loucura, hoje olhando pra trás vejo como devia ser insuportável pra ele viver com uma pessoa como eu! Só amando mesmo! rs…Porém o amor não suporta tudo, ele precisa ser nutrido, eu precisei acordar e ver que eu não estava bem e feliz comecei fazer R.A e atividade física e joguei quase 30Kg no lixo, não foi só o emagrecer que me ajudou, mas o me amar, olhar para mim e para os meu atos e pensar: será que eu iria querer dividir meus dias com essa pessoa. Impatia precisamos paraticá-la, tem dias que nem eu me suporto que dirá meu marido coitado. Beijos bom fim de semana a todos

  10. Paula Regina

    Rê, o crônica nota 10, viu?! Parabéns.

  11. Quando se ama verdadeiramente o outro não se vê esses detalhe periféricos, se ama a essência da pessoas humana independente de ser magra, gorda, branca, negra, cadeirante, alejado, etc. Quem ama, ama com o coração.

    Quando se deseja ! Ai é outra historia, somente se deseja aquilo que se vê: o periférico. Ser gordo, magro ou deficiente físico é periférico e não substancial.

    Mais do que ser desejada, temos de ser amada ! bjs

  12. Mariana

    Muito bom o post Renata!
    Comigo acontece diferente, sim existem rapazes que até preferem a menina mais cheinha e tudo mais, mas cadê a coragem de assumir? Cansei mesmo de passar por essa situação, parece até que está fazendo algo de errado, do tipo traindo esposa/namorada, qdo na verdade são solteiros que gostam sim de meninas cheinhas mas não assumem isso para os outros, como se fosse alguma vergonha. Estou sozinha faz muito tempo, não quero mais passar por isso, pois não sou nenhuma aberração…..
    Mudando de assunto, alguém viu o comercial de lingirie da Renner? Dois ou três mulherões lindos…mas é tão rapidinho..heheheh
    beijos!!!!

  13. Deia

    Ouco isso direto!
    Nao entendem como meu namorado gatinho e sarado esta comigo ha tanto tempo (5 anos), ja que sou mais velha que ele 14 anos e sou gordinha. Querem saber se pagos as contas dele, se dou presente, etc…
    Hahahahaha…Acho a maior graca! Na verdade ele que me mima e muito! E eu, claro, A D O R O!!!!
    Enquanto elas ficam preocupadissimas em encontrar os motivos pra isso ou praquilo eu simplismente vivo e sou feliz. Sem questionamentos, simples assim!
    Acho que por eu ser desencanada, sem traumas e preconceitos acabo atraindo as pessoas. Sou daquelas que estao sempre rodeadas em festas e a minha mesa eh sempre a mais animada.
    Acho que as pessoas precisam olhar mais pra elas mesmas e se amarem mais, antes de tentarem amar outra pessoa. Questionar a si mesmas antes de questionar o proximo, pq a resposta esta sempre em nos mesmas, eh so saber procurar. 🙂

  14. Fernanda Zaccaro

    Oii meninas!! Olha que eu já passei por isso!!
    Quando comecei a namorar com uma pessoa que foi muito especial pra mim,..
    Os amigos dele falavam de mim. A ex dele nunca interferiu, mas era bem magrinha, e com certeza pode ter pensado sim por um momento nesta mudança tão significante,…
    Mas isso nunca interferiu em nada na nossa relação!! Muito pelo contrário, fui muito amada!! E ele me deixou bons ensinamentos, que independente disso, podemos ir além e ser muito feliz!! (Sei que de lá do céu, qdo me pego pensando em lutar e ser feliz, ele aplaude a minha decisão, independente do meu peso,ou curvas,.. rsrsr…).
    Ótimo final de semana meninas!!!
    bjussss.

  15. andréa

    bem, eu ainda não achei um com coragem pra me assumir… mais sempre que estou feliz, bonita e realizada chamo a atenção.. isso transmite…e sempre penso quando vejo esse exemplo..o que será que ele viu nessa gordinha? rsrsr…Podem reparar em novelas nunca têm uma gordinha realizada, casada e amada…sempre faz papel de atrapalhada, empregada(nada contra hein!)ou encalhada!!ou programas como panico que põe as gordinhas para serem humilhadas…

  16. Flávia

    Eu passei exatamente por isso, quando conheci meu amor pesava 126 KG e ele 74 KG, quando ficamos noivos, a ex mulher dele não se conformou e tentou voltar, ela é magra!!! Ela falava pra ele, como vc vai casar com essa gorda mórbida, enorme, hj estou com 84 KG, fiz gastroplastia há 4 meses e estou muito bem, sem dúvida, ele me ama de qualquer maneira, e hoje em dia ainda brinca que não quer me ver magérrima, rsrsrs….

    • flavia tbm vou fzer, mas tbm não quero ficar magerrima como s diz aqui quero ser plus zise pp hahahah pq mto magra fico ate feio, temq ter curva né

      bjus

      • Pamella

        Gatinhas, eu também vou fazer, mas não sei quando… só depois de outubro que é quando termino meu tratamento!

        Depois podemos trocar informações à respeito né!?!?

        Bjsss

  17. Inés

    Otimo o teu post Renata, como sempre.
    Eu tenho 1,58 e 73 k. Algum tempo atras tive um namorado, que a pesar de estar comigo sempre falava como um homem podia ter prazer com uma mulher “gorda”. Na epoca eu nao ligava, achava que era besteira, afinal ele estava comigo e nao sou nenhuma top model. A relaçao acabou, por motivos bobos, mas no fundo acho que ele me deixou por causa dos meus quilinhos a mais. Na verdade ele nunca me amou, acho que nem ao menos sentiu carinho por mim. Quando gostamos de uma pessoa, nao importa se ela é gorda, magra, alta, baixa, negra ou branca, o que importa sao as afinidades que temos com ela, o companheirismo, a lealdade, o amor que sentimos. Esses sao os valores que constroem uma relaçao solida e verdadeira. A aparencia é só uma embalagem que o tempo acaba destruindo, o que fica é o que temos de bom em nossos coraçoes.
    Beijos
    Nota: Desculpen os erros de portugues, mas moro na Argentina, e meu computador insiste em nao me deixar colocar o til nas palavras jajajaja. Ate a proxima.

  18. Eu me relaciono com gordinhas desde que me entendo por gente, e até hoje as pessoas insistem em dizer que faço isso porque gordinhas são mais fáceis… lamentável. Esses comentarios vem, na maior parte das vezes, de gente magra que não tem interesse por mim, mas também não aceita que eu não tenha interesse por elas, ou que prefira uma gordinha em vez delas.
    Conheço caras que dizem que enquanto “puderem escolher” só vão namorar mulheres “saradas”, pois sabem que um dia não estarão fisicamente tão firmes e já não poderão selecionar tanto.

  19. Pamella

    De certa forma sim… e não, pois quando conheci meu marido ele tinha algumas “ficantes” , todas magras.

    Infelizmente tem uns comentários que são mesmo difíceis de engolir. Prá resumir o que penso… Antigamente diziam que: Mulher magra era para passarela… hoje em dia este conceito não vale mais. O que prova que, gordas ou magras somos todas iguais, podemos fazer de tudo.

    Não é só o corpo que faz com que alguém se apaixone por você… é um conjunto todo, o que traz alegria e bem estar para as pessoas.

    Eu acredito que os homens que “só pegam mulher saradona” fazem isso exatamente por não se garantirem em todos os aspectos.

    Preconceito existe de TANTAS formas, que fica difícil até de explicar.

  20. Nazira Mansur Elias

    Conhecer esse blog foi uma das melhores coisas que já me aconteceu, pois aqui além de ver mulheres felizes consigo mesmas vejo que não sou a única a verificar quão superficiais estão as pessoas hoje. Somos julgados por nossa estética até no seio familiar onde todos nos conhecem e deveriam quebrar os mais diferentes preconceitos.

    Fico chocada quando escuto amigos falando do corpo das mulheres com quem transaram como se fossem mercadorias ou produtos descartáveis. Como se mulheres fossem só um amontoado de carne e ossos apto (ou não) a dar prazer.

    Seja gorda ou magra, a mulher deve se valorizar mais. Historicamente, sua evolução foi tremenda e não deveria ser agora, em pleno século XXI, o momento de se deixar influenciar por críticas destrutivas e deixar-se abalar por homens e mulheres medíocres que vivem suas vidas a apontar o que consideram ser defeitos.

    Inteligência é o que temos de mais valioso e é ela que deve guiar nossas atitudes. Ela que deve permitir que convivamos com o próximo sem agredi-lo em sua essência a opção de vida. Por isso, MULHERÕES, situações de preconceito não devem nunca deixá-las tristes, mas sim lhes dar força prá seguir em frente.

    Um abraço!

    Nazira

  21. Fernanda Prado

    Eu questionei um amigo que adora gordas, na época da faculdade, ficamos. Ele corria atrás de todas as minhas amigas mulherões, começou a namorar uma menina mais gorda que eu e se casou com ela anos depois. Detalhe ele pesava 70 kg hehe. Magrelo bem definidinho. Bom, ao ser questionado ele disse que mulher magra é bonito na TV, nas passarelas, para bichas costurarem vestidos para elas ( palavras dele hein). Na hora do rala e rola, disse que odeia “bateção de osso” e que gordinha é que é bom, hehe
    Não é que faz sentido??

  22. Liliana_NK

    Essa é uma situação muito complicada… aconteceu comigo a mesma coisa, meu marido me escolheu ao invés de uma super magra, linda e loira ( e não que eu seja feia só porque sou gordinha!).

    Mas o pior disso foi as grosserias ditas pelas pessoas, porque não é só a pessoa que foi trocada que nos ofende, as pessoas em volta também.

    Falam coisas que não tem nem como definir se é despeito, preconceito ou o que…
    “Como que pode um homem lindo, de olhos verdes e blah blah blah, escolher essa gorda” ” Só pode ser por dinheiro”

    Se você não souber o sentimento real dele por você e não tiver auto confiança, isso pode causar danos irreparáveis.

  23. ALBERTO

    SINCERAMENTE TEM QUE SER MUITO SUPERFICIAL PRA DEIXAR DE NAMORAR OU CASAR COM ALGUÉM POR CAUSA DO PESO, REALMENTE UMA PESSOA ASSIM NEM MERECE SOFRER POR ELA, EU SOU MAGRO , MAS PREFIRO AS CHEINHAS, O MAIS IMPORTANTE SÃO OUTRAS QUALIDADES, NÃO É A APARÊNCIA O MAIS IMPORTANTE, COMO PARECE A MIDIA TENTAR CONVENCER.

  24. Tássia

    Muito bom o blog de vocês, já coloquei no meu facebook pra divulgar! é tão bom encontrar pessoas que não pensam só em aparência! E que também acham que “bonita” não é sinônimo de “magra”! Fiquei muito feliz pela vida de vocês! Continuem assim!

    Beijos

  25. Keka

    Já passei por isso duas vezes, e lendo isso me veio algumas coisas do passado.
    Eu sempre tive uma estatura mais cheinha, já fui neurotica, chorava muito por causa disso. Com o tempo fui apredendo a lidar com isso, me aceitar assim, do jeitinho que eu sou. Hoje meninas posso dizer que ME AMO assim, e não me vejo mais magra. Criei uma concepção de que as pessoas tem que estar comigo como eu sou e não como estou.
    Tenho amigos, vida social, só não achei meu principe ainda… Quer dizer ja achei ele que ainda não me achou. rsrs

    Beijos

  26. Dani

    Amei o post e os comentários …. infelizmente tudo isso acontece !!!!!

  27. Renata Bitar

    Oi Rê, adorei o post!!!

    Qto a roupa de ginástica eu conheço a Malharia Maraba, fica aqui no Ipiranga e lá tem roupas de toooooooooodos os tamanhos, eu mesma sempre vou lá comprar umas coisinhas de vez em qdo, segue o site. http://www.malhariamaraba.com.br/htm/empresa/loja.php, vale a pena ir lá viu. #fkdica
    bjus

  28. Deyvid C. Lima

    oi lindas mulheres !!!

    Concordo com o alberto, sou magro e minha namorada é cheinha digamos assim, e é maravilhoso ficar com ela. Na verdade pra mim o que vale é o que os dois sentem…

  29. Jackeline Marques

    Amei!!!

  30. Quando comecei a ficar com meu marido fui percebendo que ele nunca se importou com o meu peso, depois que nos casamos ele começou a me contar o que os amigos dele diziam, uns perguntavam pq ele estava comigo, uns diziam que ele poderia ter a mulher que quisesse e pq estava comigo, umas amigas perguntavam pra ele o pq dele estar com uma mulher feia……bom escrever essas palavras me deu uma dor no coração, como as pessoas são superficiais, ainda sofro com esse tipo de coisa, meu marido sempre foi magrinho, tamanho 40, e eu 48 a 50, na verdade eu é que sentia vergonha de sair com ele de mãos dadas, sabe vergonha alheia?? Nossa, como eu era boba!!! Ainda bem que estou mudando minha mentalidade….Amei o post!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s