Arquivo do mês: setembro 2011

Carta a uma leitora

Por Keka Demétrio

Quem me conhece, convive comigo, e até mesmo aqueles que nem convivem, mas já passaram por mim, sabem que na maior parte do tempo estou sorrindo, fazendo um gracejo, tentando deixar a vida mais leve, já que ela às vezes nos mostra aspectos meio dolorosos. Ontem recebi um e-mail de mais uma leitora questionando como faço para ser sempre feliz.

Então, ai vai a resposta: eu não sou sempre feliz. Eu tento estar sempre feliz, o que é diferente.

Costumo dizer que SER é estático, imutável, e não casa com o desenvolvimento do ser humano em sua busca pela evolução como Filho de Deus. E acredito que a felicidade é algo que precisa de movimento para se manifestar e que isso acontece de forma e intensidades diferentes no decorrer da nossa vida. Vale ressaltar que a forma como vamos absorvendo os ensinamentos pelos quais vamos passando também é fator importante e determinante na forma como sentimos a felicidade.

Não existe fórmula pronta para a felicidade. Assim como outros diversos sentimentos, ela é mais um que depende do íntimo de cada um de nós.

Quando criança o que me deixava feliz, e que me recordo com muita alegria e saudade, eram as férias na fazenda de meu avô onde todos os primos se encontravam para dias maravilhosos de passeios a cavalo, banhos de rio, brincadeiras no rego d’água que passava nos fundos da casa, as frutas comidas direto do pé e que tinham um gosto fantástico. Hoje, todas essas coisas talvez não me dariam tanta felicidade quanto, por exemplo, ler um bom livro, assistir a um bom filme, ou simplesmente ficar sentindo o vento bagunçar os meus cabelos enquanto fico admirando o céu, ouvindo uma boa enquanto procuro desenhos nas nuvens. Ok, eu ainda faço isso, e adoro! rsrs

Mas de todas as lições, a que eu aprendi com louvor e que me auxilia muito nessa busca constante em estar feliz, foi desenvolver a coragem de rir de mim mesma, de me permitir ser ridícula aos olhos dos outros, porém feliz e em paz comigo mesma. Acho que essa capacidade faz com que tornemos a vida mais gostosa, menos pesada, menos séria, e assim dá pra brincar e deixar ressoar muita gargalhada. Aliás, sou bem boa nesse quesito.

Gata, eu choro, eu sofro, eu fico triste, e às vezes tenho até vontade de desistir de tudo, mas quando percebo que DEUS me coloca em certas situações e sopra em meu ouvido: vai, resolva que eu confio em você!, me sinto abençoada, porque penso: Uau, isso é muito sério, DEUS confia em mim! E nessas horas, ao mesmo tempo em que me vejo como uma simples folha que faz parte da folhagem de uma árvore frondosa, me sinto entranhar em suas raízes e agüentar os ventos que parecem querer me arrancar. Quando tudo acaba, me vejo mais forte, mais segura e mais confiante. Portanto, mais apta ainda a estar feliz.

Parei de acreditar que a minha felicidade só existiria quando estivesse profissionalmente realizada, quando tivesse um companheiro maravilhoso ao meu lado, quando fizesse a viagem dos meus sonhos, ou realizasse um monte de outros sonhos pessoais que nem cabe relatar aqui. Passei a perceber que durante o meu dia tenho inúmeras oportunidades de me sentir feliz e que só depende de mim, das minhas escolhas. Descobri, Poe exemplo, que dizer bom dia sorrindo para mim de gente ao espelho é uma forma de me sentir feliz. Eu sei que não é fácil, mas ninguém disse que seria, e quer saber, somos tão imperfeitos, temos tão pouca fé, que se fosse fácil não enxergaríamos como felicidade.

Hoje, quando penso em felicidade não vejo como um acontecimento só, uma coisa isolada. Acho que a felicidade que queremos e almejamos tanto sentir vem de um amontoado de felicidades que vamos acumulando no decorrer da vida. No acúmulo das boas ações, nos perdões que concedemos, na fé que alimentamos e no amor que doamos.

12 Comentários

Arquivado em comportamento, Para Refletir, Relacionamento

Achadinho fashion: bata branca

Por Renata Poskus Vaz

Gente, vi essa foto no Facebook e fiquei apaixonada. É uma bata branca, bem leve, com bordado inglês. Dá para usar em qualquer ocasião. Mas atenção, se a bata for larga demais você corre o risco de ficar parecendo grávida. Para complementar o look, escolha sempre uma calça “sequinha”. Essa roupa é da Ana Rebello.

5 Comentários

Arquivado em Moda e estilo

Mulherão promete animar reality show japonês

Por Renata Poskus Vaz

Algumas de vocês já conhecem nossa leitora gracinha, a Karina Abe, que em meio à sociedade magrinha japonesa vem conduzindo alguns projetos relacionados à autoestima das mulheres plus size. Ela foi uma das selecionadas para integrar um reality show de brasileiros feito no Japão, o Desafio.

Para continuar progredindo no programa, Karina precisa do apoio dos amigos brasileiros. Entre neste link e deixe um recadinho de boa sorte para a Karina.

1 comentário

Arquivado em O que rola por aí

Mulherão conquista o 63° Emmy Awards

Por Renata Poskus Vaz

Na noite de ontem foi realizada a maior premiação da televisão americana, o Emmy Awards, no teatro Nokia, em Los Angeles.

A atriz Melissa McCarthy, recebeu o prêmio de Melhor Atriz de Comédia pelo seriado Mike & Molly. Gostaram, meninas? 

10 Comentários

Arquivado em TV

Espaço da leitora: Um mulherão em Nova Iorque

Por Renata Cotta

Olá seguidores e seguidoras do Blog Mulherão! É com muito prazer que eu, Renata Cotta, dona do Blog Freneticidade – venho até o Mulherão para contar um pouco da minha experiência em Nova York, e claro, dar algumas dicas para os Mulherões que quiserem ir à Big Apple! Vamos lá?

Como andar em Nova York?

A coisa mais simples do mundo é andar em Nova York! As ruas da cidade são numeradas, isso mesmo! 1, 2, 3, 4 e por aí vai! E as avenidas são a 1ª, a 2ª, a 3ª, a Park, a Madison, a 5ª (que abriga boa parte das grifes chiques de Nova York), a 6ª, a 7ª, a 8ª, a 9ª, a 10ª, a 11ª e por fim a 12ª. É basicamente isso! Mais ao norte de Manhattan as coisas mudam de figura, porque tem o Central Park no meio e os bairros começam a ter ruas com nome! Mas mesmo assim não é difícil de localizar! Uma dica importante: assim que você chegar no hotel pegue um mapa da Big Apple e ande com ele o tempo todo! Outra dica: Ande de taxi! Anda-se muito em Nova York! O meu hotel estava localizado na Rua 45 e para ir até o Central Park, que começa na Rua 60 fui a pé! Na hora de voltar, depois de horas de caminhada, a pessoa estava cansada! É uma boa pedida voltar de taxi, mas sempre pergunte quanto ficará a corrida antes de subir nele! Senão você pode se arrepender!

Onde fiquei?

O hotel que fiquei em Nova York foi o Marriot Marquis, que está localizado no coração de Manhattan: na Times Square! Entre as ruas 45 e 46! A localização é perfeita e o custo benefício é muito bom! Super indico! O hotel possui 45 andares e no último tem um restaurante giratório que oferece uma excelente vista de Manhattan! Vale a pena!

Dicas de compras

Bom, todo tempo do mundo em Manhatan é pouco! A cidade tem muitos atrativos e sempre vai ficar alguma coisa para trás! Meu foco nessa viagem foi comprar! Uma dica preciosa é aproveitar ao máximo as Outlets, que são lojas de marca com descontos enormes! Dessa vez eu fui ao Woodbury Common Outlet, que fica há cerca de uma hora e meia de Nova York! Dica importante: não vá ao Woodbury com a sua operadora de turismo! Geralmente esse pessoal cobra US$75 para te levar até lá pela manhã e voltar na parte da tarde! Se você de ônibus convencional (que parte da estação rodoviária Port Authority, na esquina da oitava avenida com a Rua 42) o preço das passagens de ida e volta é US$ 42 e você pode vir em qualquer ônibus que sair de lá (o último sai por volta das 21h30). Assim você tem mais tempo para passear pelas mais de 200 lojas oferecidas no Woodbury! Entre elas estão GAP, DKNY, Guess, Kipling, Levi’s, Sony, Nike, Adidas, Rebook, Puma, Diesel, Lacoste, Perfumania, entre tantas outras. Tudo com um precinho super especial! Dica importante 2: Antes de sair do Brasil cadastre-se no site do Woodbury e peça seu livro de cupons de desconto grátis! Na hora você pode pagar até US$ 10 por um desses! O site é http://www.premiumoutlets.com/outlets/outlet.asp?id=7. Imprima seus cupons e boas compras!

Outro lugar que é um paraíso, especialmente pelo sétimo andar dedicado à moda Plus Size – é a Macys! Trata-se de uma enorme loja de departamento que ocupa um quarteirão inteiro entre as ruas 33 e 34, esquina com a Avenida Broadway (vão anotando os endereços aí!). Lá você encontra de tudo mesmo! Bolsas, roupas, óculos, roupas de cama, coisas de utilidade doméstica, eletrônicos, perfumes! Mas atenção, os preços da Outlet são melhores do que os de lá, ok? Não vá comprar tudo na Macys!

Literalmente de frente para a Macys está a loja oficial da Victoria Secrets! As promoções por lá variam muito! Esse mês, por exemplo, você podia escolher cinco produtos por US$30! Isso mesmo! Hidratante, rímel, lápis de olho, batom, gloss, sombra, tudo! Me esbaldei, né?! Aproveitei para levar também um estojo de maquiagem com diversas opções de sombra, gloss, blush e rímel por US$ 29! Achei super barato!

Uma loja que eu ainda não conhecia e conheci nessa viagem foi a Forever 21! O site da loja é excelente! Porém, apesar dos quatro andares que a loja física tem não oferta tudo o que podemos ver na web! Mas mesmo assim tem uma seção Plus Size bem generosa! Com roupas grandes de verdade e muito bonitas! Os acessórios e esmaltes da loja são excelentes também! Aliás, falando em Plus Size, os tamanhos grandes nos Estados Unidos começam no 48 e não no 44, como no Brasil! Tudo o que for XL (GG) é 46, depois disso, somente na seção Plus Size mesmo!

Outras lojas interessantes de se conhecer são a da Apple, para quem é fã de tecnologia vai adorar essa! Pertinho dela tem a Fao, que é uma loja de brinquedos super fofa! Lá você encontra o Big Piano, um piado gigante que todos podem brincar (inclusive os adultos!)! Uma seção aonde é possível construir sua própria boneca, com os cabelos, olhos e roupas na cor e modelo que você escolher. Tem também artigos do Harry Potter, da Barbie, da Hello Kitty! É perfeita a loja! Para os fãs de relógios, a Swatch é uma excelente opção! Os preços são muito melhores do que no Brasil e os modelos são lindinhos d+! Ela fica na Times Square e tem também uma filial dentro da Grande Estação Central de metrô e trem! Dica: vá às farmácias! Elas são completas! Têm seção de maquiagem perfeita com preço super em conta! Além de protetor solar por um preço excelente (US$7 e grande!).

Comida

Nova York é mundialmente conhecida como a capital do mundo e por isso possui muitas opções de restaurantes! O mais tradicional de todos e que pode ser encontrado a cada esquina com certeza é o MC Donalds! O preço compara-se ao daqui e os molhos como o Barbecue, por exemplo, são de graça! Comi no TGI Fridays e não gostei! O macarrão era lindo na foto! Mas muito picante! Não gosto de pimenta! E quase todos os pratos do restaurante eram apimentados! O bom é que o refrigerante era Free Refil! Aproveitei para tomar muita Coca-Cola! O bom é comer comida chinesa, que não muda muito o sabor em relação ao Brasil! Temos que tomar muito cuidado para não passar mal com a culinária americana, o que é bastante comum entre os viajantes!

Descobrimos um restaurante excelente, com preços bons e ótimas opções de pratos, que é o Juniors! Ele fica na rua 45, de frente para o hotel que fiquei! Comi parmegiana de frango em um dia e no outro frango grelhado! Os dois excelentes! Com bom tempero e bom custo benefício (cerca de US$ 17 dólares por prato).

Para o café da manhã indico o Starbucks! Ele é mundialmente conhecido e tem boas opções! O Juniors também serve café da manhã e tem um croissant delicioso! Além dos dois tem o Europa café, com excelentes opções de sanduíche e sucos e o Café Metro!

 Atrações Turísticas

Como falei no começo do post, todo o tempo do mundo em NYC é pouco! É preciso ir várias vezes para conhecer todas as atrações que eles oferecem! Mas existem algumas que não podemos deixar de ir! Uma delas é o Zoológico do Central Park! A principal atração é o Urso Polar! Ele é enorme e muito fofinho! Dá muita vontade de apertar!

Outra atração muito famosa é o Impire State Building, um prédio com 102 andares! A vista lá de cima é linda! Você pode alugar um dos binóculos por alguns centavos de dólar e ver Manhattan mais de perto! Ele está localizado na 5 ª avenida com a rua 34!

A estátua da Liberdade é uma atração na qual eu nunca fui e nem quero ir! Algumas pessoas que conheço já foram e me disseram que a sensação de fobia é terrível! As escadas para chegar no topo da estátua são muito estreitas e são muitas pessoas subindo e descendo ao mesmo tempo, portanto, não muito obrigada! Vou deixar essa atração para vocês conhecerem e me contarem como foi! Mas aproveitei que o ônibus do City Tour deu uma paradinha próxima ao píer da onde saem as balsas para a estátua para dar uma pegadinha no touro mais famoso do mundo, o que fica na Wall Street. Ele é uma escultura feita em bronze que está localizado próximo do distrito financeiro de Nova York! Dizem que dá sorte e traz muito dinheiro dar uma esfregadinha no touro! A fila para fazer isso estava enorme! Mas não custa tentar, não é mesmo?

 Comportamento

Nova York abriga pessoas do mundo inteiro! E isso é interessantíssimo. A impressão que temos é que estamos em diversos países ao mesmo tempo. Um exemplo do que estou falando é Chinatown, onde tudo está escrito em Chinês! Do banco ao MC Donalds! Uma das ruas desse bairro é dedicada aos italianos, que é a Little Italy! A Rua 46 corta a Times Square e é dedicada aos brasileiros! É a Little Brazil! Aonde todo ano acontece o Brazilian Day! Mas os brasileiros que estão em Nova York moram mesmo é na ilha vizinha, no Queens! O nome do bairro é Astoria! Por lá encontramos bons restaurantes brasileiros e até supermercados que vendem artigos típicos do Brasil.

A Times Square é a praça mais bonita e iluminada do mundo! São propagandas de tudo que é tipo! Algumas delas são interativas! Você já se imaginou aparecendo em um dos telões da Times?! Pois você pode! É só dar um tchauzinho em frente da loja Forever 21 que a aparição é consequência! Na parte norte da praça existe uma arquibancada na qual as pessoas sentam e ficam observando a vista! Ninguém ficar reparando em ninguém! Tem gente do mundo inteiro e não importa se você é gordo, magro, alto, baixo, careca, cabeludo, o que importa é a cidade! Sempre que vou à Nova York volto com o sentimento de que quando chegamos à cidade nos despimos de todo e qualquer preconceito. Existem mulheres bem vestidas, pouco vestidas, mal vestidas, de burca, de tudo que é jeito e ninguém fica reparando nisso, entende? Em momento algum eu peguei alguém me olhando e reparando nas minhas roupas ou no meu peso! Quem dera se aqui no Brasil as coisas funcionassem dessa forma, não é mesmo?!

Bom, é isso! Espero que tenham gostado das dicas! Foi muito bom compartilhar essa viagem maravilhosa com vocês! Muito obrigada e até uma próxima oportunidade! Qualquer dúvida entre em contato comigo por e-mail (renatacottam@gmail.com)! Beijos a todos.

34 Comentários

Arquivado em Espaço da Leitora, Mulherão Viaja

Lançamento coleção Neo Gueisha na Daira

Por Renata Poskus Vaz

Olá, mulherões! Vocês se lembram das lingeries da última edição do Fashion Weekend Plus Size, da marca Signorelli?

Ela já está à venda na Daira Lingeries Tamanhos Especiais. Essa coleção remete à uma gueixa moderna, com uma sensualidade sutil e muito delicada. Vejam alguns dos modelos:

Lingerie Plus Size Floral – Conjunto

Lingerie Plus Size Sensual – Conjunto

Lingerie Plus Size Fio Dental – Conjunto

11 Comentários

Arquivado em Lingerie, Uncategorized

Promoção para as cariocas: Todas as roupas da Via Plus por 50% de desconto

Por Renata Poskus Vaz

Mulherões do Rio de Janeiro, essa é para vocês. Neste fim de semana a Via Plus estará em liquidação. A loja toda por 50% de desconto. Isso mesmo, você compra uma roupa e só paga a metade do preço. Mas essa promoção só é válida neste sábado, dia 17 de setembro.

Veja um dos looks da Via Plus, usado pela gracinha da Juliana Ricci, do Hoje Vou Assim Plus Size:

A Via Plus fica na Av. Nossa Senhora de Copacabana, 978 – subsolo loja 115. Copacabana, Rio de Janeiro. (Galeria Copacabana Center). Tel: 21 2523-3368. Mas atenção, no sábado a loja só fica aberta até às 14h.

Aproveite!

2 Comentários

Arquivado em Moda e estilo, Promoções

Quarta-feira, desfile Shopping Praça da Moça em Diadema

Por Renata Poskus Vaz

Olá, mulherões. Hoje, quarta-feira, às 18h e às 20h, estaremos no Shopping Praça da Moça, em Diadema, desfilando para uma grife plus size. Para saber como chegar, clique aqui.

4 Comentários

Arquivado em Moda Verão, Modelo GG

Mulherão visita – Belo Horizonte: Lypse Moda

Por Renata Poskus Vaz

Nossas correspondentes Silvia Neves e Rafa Coelho visitaram a Loja Lypse em Belo Horizonte. Esses dois lindos mulherões provaram diversas roupas e fotografaram tudo para mostrar pra gente. Vejam meus looks prediletos:

Macacões em malha

 

Túnicas

Vestidos Longos

Vestidos Curtos

Saias

Roupas coloridas e modernas

A Lypse fica na Av. Consul Antônio Cadar, 126 – Loja 77.

11 Comentários

Arquivado em Moda Verão, Mulherão Visita

Devaneios infundados

Por keka Demétrio

Não dá para ser metade, nem fração. Tenho gosto pelo q é inteiro. Quero tudo o que você quiser me dar, inclusive seus sonhos. Às vezes sou egoísta. Tão desconcertantemente egoísta que o estômago revira feito roda gigante sem controle. Parece que o corpo quer jogar para fora o veneno que inunda o coração e afeta a alma.

Chorar seria o ultimo ato, preferia vomitar. Porque vomitar pode ser o indicio de qualquer coisa, qualquer doença, ou qualquer descontrole emocional, menos dor de amor, dor de ausência, dor de desprezo. E se você não disser, sempre vai ficar a dúvida do porque alguém tão fantástico como você está colocando os bofes para fora.

É meio que um disfarce para não dar o braço a torcer que lá no fundo você já sabia que era pra ter muito cuidado. Ah, mas era difícil fazer isso. Complicado seria a melhor palavra para definir seus ímpetos intensos meio descontrolados, meio menina, meio mulher, meio querendo, meio não se importando.  Vai ver que era essa intensidade que precisava ser controlada. Então, ela entendeu que se fosse preciso moldar sua intensidade porque a maioria das pessoas não entendem como alguém pode ser tão intenso e demonstrar tanto sentimento, estaria começando a trair a si mesma.

Que se dane os outros, ela pensou. Que se dane quem tem medo de viver, de amar, de sorrir, de chorar, de esguelar se for preciso. Que se dane quem vive disfarçando para tudo na vida. Não queria relações onde tudo é agrado e do seu jeito, nem de amizade e muito menos de amor. Se estiver com alguém é porque ele tem um monte de coisas a acrescentar, e ela a ele, se não, ficava só consigo mesma, seria muito mais simples, menos complicado; não acordaria todos os dias querendo um bom dia doce e leve e nem um boa noite dizendo continuo te querendo.

Que se dane quem tem medo, quem não se arisca, porque é sempre bom acreditar que mesmo com os desagrados, o amor tem que te dar paz, tem que te fazer bem, tem que fazer com que você acredite que é o máximo, e não o mínimo do mínimo. Ah, que se dane as cicatrizes, as marcas, os devaneios infundados, o bom mesmo é depois disso tudo ainda querer ter mais cicatrizes, mais marcas, e se acabar em mais devaneios, mesmo que eles sejam infundados.

 

16 Comentários

Arquivado em comportamento, Para Refletir, Relacionamento