Arquivo do mês: abril 2012

Coquetel MB Curvy e comprinhas

por Litha Bacchi

Quinta-feira foi dia de coquetel na MB Curvy para o lançamento da revista de inverno. Muita gente bacana, champagne e petiscos deliciosos, além das roupas sempre lindas. As fotos que eu tirei ficaram péssimas, portanto peguei as fotos que a Thayná Candido (dona da Chica Bolacha) postou no Facebook da MB Curvy:

Uma blusa de alfinetinhos e um cinto de glitter champagne vieram morar comigo:

O incrível desse cinto é que ele fechou no meu quadril 52 e foi só R$ 39,90… Chorei!

Deixo o post avisando que haverá outro evento da MB Curvy em maio, e que estarei lá novamente pra registrar =)

4 Comentários

Arquivado em Eventos

Look do dia – Jaqueta de couro

por Litha Bacchi

Hoje teve o coquetel da MB Curvy do qual falei nesse post. A foto do look tirei lá mesmo, mas os acessórios não apareceram muito, então tirei foto deles em casa separadamente:

Blusa: ASOS
Jeans: Renner
Jaqueta de couro perfecto: C&A
Sapato: Renner
Bolsa: Renner
Echarpe (enrolada na bolsa, pra usar na saída na rua gelada!): em breve na Loja Lo-litha
Anel e pulseira shambala: Loja Lo-litha

21 Comentários

Arquivado em Look do Dia, Moda e estilo

As dores da vida

Por Eduardo Soares

Com o passar dos anos a vida nos oferece vários tipos de dores. Grande parte delas constrói nosso constante e eterno aprendizado. Em outras palavras: cedo ou tarde, inevitavelmente,  iremos nos confrontar com alguns dos inúmeros tipos de dores existentes pelos quatro cantos do mundo. Azar, desgraça, maldição? Longe disso. Não pense que o Sr. Destino (caso você acredite nele) sorteou seu nome numa chuvosa tarde de Outono, presenteando sua vida com um poderoso arsenal das agruras da vida. Independente do motivo, a dor da saudade que você sente tem em sua composição a mesma essência da saudade sentida por um australiano, vietnamita, ucraniano, húngaro, islandês, marroquino, canadense, seja lá pelo que/por quem for.

Dizem que a dor maior seria aquela na qual os pais enterram seus filhos, pois eles sofrem o oposto da ordem natural da vida. Impossível não citar a dor da derrota, dor do fracasso, dor da escolha, dor do silêncio (às vezes é preciso guardar as palavras para evitar confrontos), dor do arrependimento.

Para muitos a dor de fome pode gerar a dor pela falta de fé.Ainda assim, existe a espera e a esperança. Mas a escassez de alimento continua e os constantes pedidos também. Surge então a dor pela oração “não ouvida”. Acredite, ela será atendida no momento certo.

Dor da indignação/dor do “sim” ou do “não”/dor da permissão (quando discordamos mas somos forçados a fazer em prol de algo)/dor da omissão (permanecemos covardemente inertes durante um tempo e quando pensamos em agir, é tarde demais)/dor da decepção/dor da traição/dor daquilo que foi dito/dor daquilo que não pode ser desfeito/alguns sentem a dor pelo campeonato perdido/outros dão adeus à dor da aposta furada/Fácil sentir a dor do emprego perdido/difícil absorver a dor da humilhação (que surge em tom de piada).

Dor de barriga, que faz qualquer um ganhar status de rei e rainha, já que o “trono” é nossa única companhia; nossas preces são despertas visando o cessar da dor dos sisos; a dor do parto traz choro e alegria; dor intensa que aperta o peito nos instantes finais; dor que asfixia mesmo quando o ar que nos envolve não resolve; dor que limita movimentos de quem vivia sem limites.

Dor da lembrança que não será repetida, dor das lembranças que somem aos poucos da memória (quando a pessoa envelhece e percebe que dali a alguns meses não terá lucidez suficiente para contar suas histórias).

Dor do desapego/Dor do descaso/Dor da falência/Dor do despejo/Dor da mágoa/Dor do medo/Dor muita/Dor pouca/Dor para quem ainda tem muito a sofrer/Dor pelo pouco que ainda resta/Tem quem faça uso de uma dor fingida ou futilmente intensificada/Tem que sinta a dor da consequência pela inconsequência cometida.

Sexo causa dor. Dor pela primeira vez iniciada (com prazer) através do sangue ou a dor da transa forçada/não pensada, finalizada (com pesar) através do feto no lixo.

Citei algumas mas certamente existem outras dezenas de dores. Ah, se possível desconsidere a dor de amor. Mas, caso algum dia você venha a tê-la, troque de coração. Melhor, troque de hóspede. Ninguém que mora no aconchego do seu peito tem o direito de arruinar o maior/melhor dos sentimentos. Se a pessoa quiser vandalizar o carinho, que seja em outro lugar, de preferência com alguém que ele(a) mereça para fazer valer o velho clichê do “aqui se faz, aqui se paga”.  Nesse caso, o correto seria “aquele(a) que com um(a) fez, com dez pagará”.

Não se trata de vingança. É aprendizado, crescimento. Amadurecimento tardio ou imaturidade eterna. Ação e reação. Atos e consequências. Quem aprende, ganha. Que erra, paga.

É a lei da vida.

9 Comentários

Arquivado em comportamento, Edu Soares, Para Refletir

Dicas de moda para casais no programa Hoje em Dia da Record. Amanhã, quinta-feira. Com roupas da Kauê

Por Renata Poskus Vaz

Você já brigou com o seu marido para que ele parasse de usar aquela camiseta velha ou já teve que driblar o ciuminho dele por causa do seu vestido curto? Se essas briguinhas por causa de roupas rolam, vez ou outra, na sua casa, não perca uma pauta especial no Hoje em Dia, da Record, amanhã. Vou dar dicas bem bacanas sobre moda para casais gordinhos. Não percam!

Todas as roupas corretas dos casais são da Kauê Moda Plus Size.

Ah, para interagir ao vivo com os apresentadores e me fazer perguntas, envie suas duvidas pelo twitter para os apresentadores Zucatelli e Chris Flores: @zucatelli e @Chrisflores1.

Após o pograma, também ou esclarecer dúvidas no R7. Conto com a audiência de vocês!

Veja os casais que vão quebrar o pau interagir no palco:

Leandro e Camila

Michel e Simone

Bruno e Alessandra

11 Comentários

Arquivado em TV

Look do Dia – Camiseta divertida

por Litha Bacchi

Hoje o look do dia é mais informal, com referências geek trazidas pela camiseta da Mulher Maravilha! Esse é um bom exemplo de como usar uma camiseta sem cair no tédio (e aproveitando o post da Keka sobre cintas e dobrinhas, porque aqui estou compartilhando as minhas!).

Camiseta: Back in Black
Cardigã: Asos
Bermuda: MB Curvy
Coturno: Extremo Sul (loja de artigos para militares e esportes radicais)
Clutch: Ebay
Anéis: Lo-litha (minha loja virtual)

21 Comentários

Arquivado em Look do Dia, Moda e estilo

Cinta, para que te quero?

Por Keka Demétrio

Você está usando uma revolucionária cinta modeladora e aparenta vestir dois números a menos, talvez até três. Sai de casa se achando a mais poderosa das mulheres, dona de curvas que desperta olhares de cobiça.  Até aí, ótimo, fico feliz por você estar se sentindo ‘ a delicia’.

Nessa de sair linda e se sentir como tal, seu poder de atração muda e não demora para que um homem interessante chegue mais perto e embale uma boa conversa. Confiante como você se sente, será natural que surja convite para um próximo encontro. E é claro, você aceita.

Dia e hora marcados, lá está você toda linda, exprimida em uma cinta que de tão justa parece que vai acontecer igual aos desenhos animados e a alma vai sair do corpo. No entanto, ela também faz com que seus medos e temores fiquem tão, ou mais, escondidos que suas gordurinhas.

Encontro vai, encontro vem, não necessariamente precisa ser depois de vários, isso só vocês decidirão, resolvem terminar o tal jantar na cama. Você não cabe em si de tanta euforia, também não é para menos, sua cinta modeladora, aquela que te deixa dois manequins e meio a menos não deixa caber mais anda mesmo, nem mesmo um grama a mais de sensações, e é nesta hora que a ficha cai e se lembra dela, a milagrosa que te molda o corpo. E agora?

Você não tem saída, tem que tirar a cinta, inclusive sem ele nem perceber, porque, convenhamos, estas cintas são sempre muito feias e broxantes (que dia vão inventar uma cinta sexy, hein mercado???), e dependendo do modelo demanda um malabarismo digno do Cirque du Soleil para ficarmos livres delas.

Mas este não é o principal problema, aliás, este é pequeno se aquela cinta foi o único motivo para que você se sentisse uma mulher digna de ser amada e desejada. Se a resposta for sim, sinto te informar que estará literalmente perdida assim que a tirar e suas dobrinhas virarem dobras de verdade. Vai puxar o lençol, apagar as luzes, recusar certas posições, vai engolir seco e ficar louca pra que as mãos atrevidas dele passem bem longe da sua barriga, por exemplo. Não vai ser capaz de dar e nem sentir prazer, porque estará tão ligada em estar nua e dois manequins e meio a mais, que o que mais deseja é que tudo acabe o mais rápido possível. O que era pra ser uma noite de amor deliciosa e digna de um homem e uma mulher que souberam despertar seus sentidos e seus instintos, transforma-se em ingrediente para afastar o moço e afundar mais ainda sua autoestima. Não lembramos que ele só está naquela cama porque soubemos despertar nele desejos, independente da famigerada cinta.

A verdade é que aprendi, e isso tem ajudado a modificar muitas coisas em minha vida, que quando damos muita atenção aos nossos defeitos, eles começam a se tornar mais evidentes do que realmente são, e isto não é só esteticamente falando. E se aquela cinta era apenas um apetrecho que você utilizava para complementar o sorriso que carrega nos lábios e o brilho de amor próprio que tem nos olhos, ele simplesmente não vai se importar, porque ele já sabe que você é especial independente de usar dois manequins e meio a mais ou a menos.

 

38 Comentários

Arquivado em Beleza, comportamento, Para Refletir, Relacionamento

Amanhã, dicas de moda para gordinhas com Renata Poskus no programa Mulheres da TV Gazeta

Por Renata Poskus Vaz

Olá, pessoal! Infelizmente a TV Gazeta não pega em todo Brasil. Mas quem puder assistir, amanhã estarei no Programa Mulheres (que começa às 14h) dando dicas de moda para gordinhas. Vou levar 5 mulheres com corpos bem diferentes: alta com barriguinha, baixinha, com seios fartos, com corpo pêra e com corpo triângulo invertido. Todo mundo vai se identificar e poder pegar umas diquinhas. Conto com a audiência de vocês.

As roupas corretas usadas pelas modelos e por mim serão da Noemia Modas, lá de Itanhaém. Mas eu volto aqui amanhã para mostrar as fotos, ok? Um beijo e espero que curtam!

19 Comentários

Arquivado em TV