Arquivo do mês: abril 2012

Coquetel da MB Curvy

por Litha Bacchi

Quinta-feira, dia 26/04,  haverá um evento bem bacana em Porto Alegre/RS. A MB Curvy, segmento da loja Mulher Bonita, estará fazendo um coquetel de lançamento da sua revista de moda inverno/2012, com desfile,  drinks e muita gente bacana.

A MB Curvy vende as roupas da marca Chica Bolacha, pra qual fui modelo esse ano na linha especial I Love My T-Shirt:

A proposta da MB Curvy é muito legal: roupas jovens, modernas e divertidas para as GG novinhas, que antes se sentiam abandonadas pelo mercado. Essa seção foi inaugurada em 2010 e, pra sorte de todas nós, continua fazendo o maior sucesso. Tenho algumas roupas de lá que vocês verão em breve em looks do dia, além desse vestido de formiguinha que comprei no dia da inauguração e que está perfeito até hoje (e olha que eu uso ele pra caramba!):

Tem como não amar?

O evento é aberto para quem quiser chegar, na Mulher Bonita do Shopping Total. Eu recomendo a visita pois a loja é super bacana, e de repente já dá pra sair com umas comprinhas bem legais pra esse inverno!

6 Comentários

Arquivado em Mulherão Indica

Inauguração da Just Plus em Santana

Por Renata Poskus Vaz

No último sábado participei do coquetel de Inauguração da Just Plus, no bairro de Santana, em São Paulo. A loja fica na rua Alfredo Pujol, que reune outras lojas que atendem o público GG. As roupas são moderninhas e baratinhas, do jeito que a gente gosta!

Compareceram também as blogueiras Alinne Rosa, Vanessa Raya e as modelos Cléo Fernandes, Celina Lulai e Alessandra Linder.

Olha que mesa fofa e repleta de gostosuras que foi preparada pra gente!

Depois de fofocar horrores, decidi experimentar alguns looks e escolhi o meu predileto, que é uma maxi saia, linda, azul, em animal print. Primeiro, experiementei a sugestão da vendedora: blusa por fora da saia e cintinho.

Eu não me sinto bem com este visual. Sinto-me muito largada, hiponga… Definitivamente não faz meu estilo. Então, voltei e experimentei com a blusa por dentro da saia, com cintura bem alta. Veja só:

Já preferi esse look acima, que é mais meu estilo. Mas eu poderia ainda dar uma periguetada, ao melhor estilo Renata, e usei a saia como vestido. Coloquei um cintinho e olha só como ficou bacana:

Gostaram? Fiz este look inspirada no post da Litha, sobre Maxi Saias. Se não viu ainda, confira aqui.

5 Comentários

Arquivado em Look do Dia, Moda e estilo, Moda Inverno

Vestidos de festa para gordinhas que você viu no Hoje em Dia da Record

Por Renata Poskus Vaz

Olá, mulherões! Aqui a gente tarda, mas não falha. Tivemos um atrasinho para postar as fotos de nossa apresentação no Programa Hoje em Dia, mas agora vou contar em detalhes como foi nossa apresentação (com direito à fofocas).

Curiosidades

O Edu Guedes era meio um mito em minha vida. Achava que o apresentador era uma espécie de Clark Kent tupiniquim, gatérrimo. E, não me matem, sabem que ao vivo eu prefiro o Zucatelli? hahaha… O Edu tem aquela beleza perfeitinha demais, sabe? Zucatelli tem a beleza bruta. Já Cris Flores é uma graça, super querida. E os três, além da produção, se esforçam bastante para que a gente sempre se sinta muito a vontade. Não vejo a hora de voltar lá.

As pautas são sempre produzidas por mim em cima da hora, sabia? Eles me avisam em cima da hora, mas sempre dou um jeitinho de preparar algo bacana, com muito carinho.

Vestidos de Festa

A última pauta foi sobre vestidos de festa. Os modelos que levei foram da Allure Moda Festa. As modelos escolhidas por mim fizeram todas o Dia de Modelo. Vejam só:

Barbra Ferrari e o vestidinho em animal print que causou o maior alvoroço na ala masculina que assiste o programa

Thais Nogueira arrasou com esse modelo estampado, que pode ser usado também em casamentos a noite

Anna Carolina Mendonça usou um vestido em camadas que não engorda. Ficou linda!

Denise Vasconcelos com seu vestidinho curto vinho, muito elegante.

Tomara que caia para gordinhas está permitido. Na foto, Alyne Zacanini

Acessórios

Hera Acessórios é a marca dos braceletes, pulseiras, anéis e brincos usados por nossas modelos.

E ai, vocês gostaram? Alguma sugestão para minha próxima pauta no Hoje em Dia?

22 Comentários

Arquivado em TV, Vestido de festa, Vestido de festa para gordinhas, Vestidos

A culpa não é sua, ele que complica

Por Keka Demétrio

Sempre adorei analisar as pessoas, suas emoções e reações diante dos acontecimentos, e muito do que tenho aprendido vem destas observações, inclusive observando o meu próprio comportamento nos últimos anos e diante de situações bem diversas. Toda este amontoado de informações, me levaram a concluir, ao menos por enquanto, que por mais que tenhamos vidas diferentes, sentimentos são sentimentos e o que nos diferencia é a intensidade com que cada um de nós sente as alegrias e os temores que todos, absolutamente todos os tipos de sentimentos nos proporcionam.

Não sei porque desde sempre o mundo diz que as mulheres são complicadas, que é impossível entender o que nós desejamos, mas ando chegando a conclusão é que complicado mesmo é o tal sexo masculino. Saber o que nós mulheres queremos não é assim tão difícil, é só analisar como reagimos diante das ações dos homens.

Não é preciso ser uma mulher que possui autoestima baixa porque sofre com uma sociedade hipócrita que mensura o caráter das pessoas através do ponteiro de uma balança, enquanto valores morais e éticos estão ficando fora de moda, ou porque cresceu ouvindo que temo rosto lindo como se todo o resto não servisse para nada, fazendo com que enterrasse em um buraco muito fundo todas as outras coisas boas que poderia oferecer, mas que passou a esconder por vergonha de criticas, para embarcar em relacionamentos confusos, onde costumeiramente confundem ‘as coisas’.

Depois de alguns relacionamentos que nos ensinam algumas coisas importantes, e outras desnecessárias, pode acontecer de conhecermos um homem inteligente, culto, bonito, descompromissado, bem resolvido profissionalmente e temente a Deus (algumas vão discordar neste quesito, mas para mim é fundamental). Um homem que qualquer mulher se apaixonaria por ele facilmente, e com você não seria diferente. Isso pode acontecer comigo, com você, com quem tá solteira ou não, com quem está procurando relacionamento, ou não.

São homens que nos envolvem e quando percebemos estamos apaixonadas. Homens que entram em nossas vidas em momentos de transformações profundas, e mesmo quando vão embora, continuam nos ensinando, mesmo que através da dor da ausência das palavras bem arrumadinhas que ele nos enviava, dos links de músicas com letras que falam de histórias de amor que todos queremos viver, dos e-mails cheios de carinho, dedicação e entusiasmo, nas mensagens, telefonemas e na atenção que nos dispensava. Era maravilhoso crer que existia alguém que nos compreendia e que ao mesmo tempo nos ensinava.  Então acreditávamos que era benção, só que a realidade era bem outra.

Era outra porque um belo dia descobre-se que tudo o que ele fazia para e por você não tinha a carga de sentimentos iguais a que você acreditava ter, e quando descobrimos isso já estamos envolvidas de tal maneira que voltar a realidade dói, mas dói e não é pouco não. Vem a sensação de ter se passado por boba novamente, a sensação de que mais uma vez fracassou. E nestas horas, nos culpamos tanto, nos sentimos tão pequenas, que nem nos lembramos que não criamos este sentimento sozinhas, que o outro contribuiu efetivamente com suas ações e atenção despretensiosa para que nos entregássemos a esta história.

Somos e estamos todos muito carentes. De que? Não sei. Cada qual com seus temores internos, suas duvidas e angustias. Porém, quando encontramos no ‘outro’ um ‘alivio’ para esses males, a vida passa a ficar mais leve. Nos apegamos a esta pessoa, e quanto mais carentes, mais nos esquecemos de tudo o que acreditamos ter aprendido com dores de amores passados, cometemos exatamente os mesmos erros e tornamos a chorar. Ora, não sofra tanto, não coloque em seus ombros um peso que não é só seu, cada um com sua cota de responsabilidade. Acredite, tudo passa, e a gente sai mais forte, mais viva, mais abençoada, mais poderosa diante de tudo.

Inclusive nem acho que existam culpados. O que de verdade existe é carência de um lado e do outro um amor que é dado de forma descompromissada, chegando a ser até meio irresponsável, não porque ele assim deseja, mas porque não sabe amar de outra maneira. Nesse bolo todo, o grande problema é que carências devem ser supridas de dentro para fora, através do autoconhecimento, do engrandecimento do amor próprio que é o que nos possibilitará exercer de verdade o amor pelo outro. O amor de outra pessoa para conosco nos auxilia, nos fortalece, é bom demais, mas apenas o amor que sentimos por nós mesmos é que realmente pode suprir todas as nossas carências.

16 Comentários

Arquivado em comportamento, Para Refletir, Preconceito, Relacionamento

Nova coleção de inverno da Milanina

Por Renata Poskus Vaz

Mulherões, a Milanina já lançou a sua coleção de inverno! E o melhor de tudo, com preços super convidativos!

A loja de varejo da Milanina fica no Shopping D, em São Paulo. Mas quem é de fora pode comprar em revendas autorizadas ou por meio da Loja Mulherão, na internet. O mais bacana é que, para este inverno, a Milanina vai trazer quase toda semana novidades. A coleção está grande e seguindo as tendências desta estação. Dei uma passadinha lá na fábrica e vi que ainda há muita coisa para ir para as lojas. Aguardem!

Para ver a coleção de inverno da Milanina, clique aqui.

5 Comentários

Arquivado em Loja Mulherão, Moda e estilo

Cuidado: Área restrita

Por Eduardo Soares

“Veja bem, amor/ Onde está você?/ Somos no papel, mas não no viver/ Viajar sem mim, me deixar assim/ Tive que arranjar alguém pra passar os dias ruins. (Veja Bem, Meu Bem – Maria Rita)
“Você não tem culpa se eu estou sofrendo/Se fantasiei de verde esta história/Você tem namorado posso até estar errado/Mas tenho que ganhar você”. (Me Apaixonei Pela Pessoa Errada – ExaltaSamba)

 “Eu hoje tô tão dividido/ Sem saber o que fazer/ Uma tá sempre comigo/ E a outra eu sempre quis ter/ Será que isso é meu castigo/ Não sei se ligo ou não ligo/ Namorar com duas é um perigo/ Tem que tomar cuidado com o que vai dizer”. (Duas Paixões Netinho de Paula)

““Te perdôo/ Por contares minhas horas/ Nas minhas demoras por aí/ Te perdôo/ Te perdôo porque choras/ Quando eu choro de rir/ Te perdôo/ Por te trair”. (Mil Perdões – Chico Buarque)

 Se existe um tema polêmico, tenso, denso, evitável para alguns e relativamente natural para outros, é a traição. Bater no peito para berrar “eu nunca trai na vida” faz do orador um sujeito digno de inúmeras condecorações verbais. Mas quando a proclamação é dita da boca pra fora (geralmente no ato de conquistar alguém), ocorre então uma tentativa de amenizar/ocultar as manchas de um passado que nem sempre é tão passado assim. Assim como você, conheço várias pessoas partidárias da “pulada de cerca na surdina”. Para essa galera, a traição tem como objetivo a preservação do relacionamento frio. Bom, nesse caso acredito que pessoa erra a mão duplamente: 1-por não ter coragem de pular do Titanic (relacionamento afundando) no momento do choque com o iceberg; 2-por não respeitar o(a) companheiro(a) ao permitir a entrada de uma terceira pessoa numa vida que seria em tese (sentimental e moralmente falando) a dois.

Tem gente que trai como quem troca de roupa e vive bem, sem nenhum dilema moral ou dor na consciência. Pesquisas recentes mostram o crescimento da infidelidade feminina e por consequência nivelamento com a masculina. Partindo do principio dos diferentes focos que fazem homens e mulheres traírem por razões distintas, quais são os nossos (rapaziada) focos? Veja, homem trai devido ao instinto, pele, cheiro, contato/atração visual, incessante busca pela conquista e principalmente pela questionável autoafirmação de poder. Nossos argumentos chegam a ser imbecis: a bunda da secretária é gostosa, os peitos da estagiária são deliciosos, as coxas da faxineira são espetaculares, o rebolado da chefe acaba comigo, a vizinha (casada, safada, tarada) está me dando mole e se eu não pegá-la vou ficar sem moral na rua…

O tal “ficar sem moral na rua” dói. Afinal, homem faz questão de contar que está “pegando” a boazuda do bairro. No fundo, até se ela for tão atraente quanto uma sardinha-empanada-a-uma-semana-na-estufa-da-rodoviária serve. Traçou a mulher? Beleza, isso faz com que ele ganhe 10 pontos perante a galera. E se a moçoila for casada, a pontuação triplica, como se a conquista fosse um atestado de virilidade perante os amigos. Geralmente a mulher trai em silêncio, até porque em boa parte dos casos, surge um incessante dilema moral em sua cabeça recheada de questionamentos como “a culpa é minha?”, “porque ele não me procura mais?”, “onde foi que errei?”. Claro, nesse exemplo desconsideramos as mulheres de caráter duvidoso. Essas sim, não têm nada a perder e saem por aí, visando a mesma autoafirmação questionável de poder dos homens. Com o perdão da sinceridade, assim como tem homem galinha, o que não falta são mulheres (na falta de palavra mais amena e no pior sentido do termo) safadas.

Como disse acima, a mulherada pula a cerca em boa parte dos casos devido as crescentes fissuras sentimentais que não têm previsão de fechamento. Isso gera carência, tristeza sem fim, questionamentos culposos e fragilidade emocional. A mesma fissura dolorida daquele coração desprotegido cede espaço para que um sujeito aproveite a brecha para entrar (às vezes até) despretensiosamente naquela vida fadada ao fracasso. Com o tempo a mulher ganha vigor quase adolescente e assim o visitante torna-se presença cada vez mais agradável e necessária. Trocam sorrisos, confidências, declarações, ideias, pensamentos, intimidades. Trocam até os sentimentos: sai o medo explicito, entra o desejo guardado (e acumulado). Transformam-se em amantes. Transam. Entre beijos, mordidas, arranhões, (re)descobertas, suspiros, gemidos e um prazer relativamente incômodo, o liquidificador moral está ligado em rotação máxima na cabeça dela. “E quando eu chegar em casa, como vou ter coragem de olhar pra ele?”, pensa a mulher, conciliando o pensamento entre aquele momento delicioso com a pasmaceira instalada no relacionamento “oficial”. De um lado, ardência gostosa, calor proibido. De outro, clima glacial registrado em cartório. E um coração duplamente climatizado.

Alguns preferem o comodismo e fazem os amantes ganharem status de estoque reserva, conciliando assim o relacionamento “oficial” com a “sobremesa” aparentemente saborosa (que cedo ou tarde acaba como alimento indigesto, até porque nunca vi amante celebrar aniversário de romance, ou como costumo dizer, bodas de espelho no teto). Outros fazem da traição um subterfúgio para encarar um recomeço. “Melhor assim, dispensei o antigo, fiz a escolha certa”, pensam. Assim, o coração ganha uma nova redoma: sai o vidro arranhado, entra o cristal intacto. Até aí tudo bem mas numa eventual briga, adivinhe qual pensamento pulsará latejante na mente dela: ele tinha uma esposa e mesmo assim ficamos juntos. Se ele fez isso com a mulher dele, pode fazer o mesmo comigo.

Se determinados atos fossem calculados, evitaríamos vários tipos de dilemas. Fosse o coração uma terra desconhecida, a placa pregada na entrada dele seria assim: Cuidado. Área restrita. Melhor bater antes de entrar. Melhor conhecer antes de se perder. Melhor (in)validar antes de invadir. Melhor trocar o impulso pela pausa. Melhor deixar a casa antes de ser expulso.

8 Comentários

Arquivado em comportamento, Edu Soares, Para Refletir, Preconceito, Relacionamento

Dia de Modelo de São Paulo terá apoio da Noêmia Modas, lá de Itanhaém

Por Renata Poskus Vaz

Olha só que riqueza! A Noemia Modas, uma boutique de Itanhaém, na baixada santista, vai apoiar o próximo Dia de Modelo Plus Size daqui da capital paulistana, que acontecerá no próximo domingo, 22 de abril. Noemia vende marcas que a gente aqui do Blog Mulherão adora, como Elegance e Eveiza, por exemplo.

A Noemia Modas fica na  Av. Rui Barbosa, 72 – lj 15 – Centro – Itanhaém – SP – Tel. (13) 3427-5153.

Se você quiser participar do Dia de Modelo ainda há vagas! Inscreva-se: blogmulherao@hotmail.com ou ligue para (11) 6459-9514 para obter mais informações.

12 Comentários

Arquivado em Dia de Modelo, Moda e estilo

Dica da Loja Mulherão: vestidos manequim 50 com renda nas costas

Por Renata Poskus Vaz

Olá, mulherões! Abaixo, uma novidade na Loja Mulherão para quem usa manequim 50. Dois vestidos longos de elastano com renda nas costas. Os dois são peças únicas, 1 exemplar de cada cor. Gostou? Então corra! Clique na foto do produto com sua cor preferida para comprar.

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Vai casar? Participe do concurso “As escolhidas” do Arthur Caliman

Por Renata Poskus Vaz

Fui convidada para um evento muito bacana promovido pelo estilista Arthur Caliman. Detalhe: serei a única blogueira plus size a cobrir o evento. Chique, né?

“As Escolhidas” é um evento produzido especialmente para as madrinhas de casamento, incluindo as plus size, que acontecerá no dia 6 de maio. A grande atração da noite será um sorteio em que a noiva contemplada irá ganhar o prêmio máximo: todos os vestidos das suas madrinhas!

Se você irá casar até dezembro de 2012, inscreva-se agora para participar do primeiro evento.

Assim que sua inscrição for realizada, a Arthur Caliman mandará um e-mail com instruções para os próximos passos: você deverá criar uma frase de até 140 caractéres explicando a importância de suas madrinhas no dia mais especial da sua vida. As autoras das melhores frases e suas lindas madrinhas escolhidas serão todas convidadas para o evento em São Paulo.

Para se cadastrar, clique aqui.

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Simone Gutierrez emagrece 18 quilos e está escalada para nova novela da Globo

Por Renata Poskus Vaz

Saiu no site do Jornal Extra que a atriz Simone Gutierrez emagreceu 18 quilos e que também em breve ela estreiará a nova silhueta na novela “Cheias de Charme” da Rede Globo de televisão. Na mesma matéria diz que Simone, ao contrário do que pensávamos, era magra antes de viver a personagem Tracy Turnblad, do musical Hairspray, e fez uma dieta de engorda para manter 80 Kg e viver outras personagens gordinhas.

Vocês gostaram da silhueta esbelta da Simone? Comente.

7 Comentários

Arquivado em Artistas, TV