Arquivo do mês: setembro 2012

Look do dia – Vestido amarelo em Pisa

por Litha Bacchi

Olá pessoal! Faz tempo que não posto, mas é por um bom motivo! Estou no exterior e meu computador resolveu que não irá se conectar a redes públicas abertas, super bacana (só que ao contrário).

O look de hoje não é do dia de hoje, é de duas semanas atrás. Infelizmente só pude postar agora! Já nem estou mais na Itália, agora me encontro em Londres. Mas o look ficou bacana e vou postar mesmo assim =)

Vestido: ModCloth
Chapéu: Camelô do lado da Piazza del Duomo
Óculos: Armani Exange
Bolsa: Lo-litha

9 Comentários

Arquivado em Look do Dia, Moda e estilo

O “conto do plus size” mencionado pela revista Vogue da Editora Globo

Por Renata Poskus Vaz

Hoje, nossa leitora Emma nos indicou uma matéria da revista Vogue brasileira, que é publicada pela Editora Globo. Nela, a redação sugere um video com depoimentos de fashionistas explicando como se mantém saudáveis, longe da anorexia e “do conto plus size”.

Que revolta! No dicionário, conto quer dizer mentira, falácia, algo que nunca existiu. E a realidade plus size em que vivo, hoje, não é de mentirinha, não é uma ilusão. Finalmente consegui ser uma mulher bem-resolvida e feliz, mesmo com minha forma gorda. E o que essa publicação sugere é que vocês não acreditem em mim ou qualquer profissional que tente dizer que ser saudável ou feliz acima do peso é possível.

O Brasil cresce a cada dia, mas a mentalidade de algumas pessoas continua sendo a de terceiro mundo. Enquanto as editoras de Vogue do restante do mundo colocam representantes plus size em suas capas e até fazem sites exclusivos para as gordinhas, no Brasil vivemos esse retrocesso.

Adele nas capas da Vogue Americana e Britânica

Vogue Curvy

Update: A nossa leitora Emmanuelle comentou e eu não quis acreditar! Mas fui dar uma googlada, claro e confirmei que a Editora Chefe da Vogue Brasil é gordinha. Veja só a silhueta fofinha de Daniela Falcão:

13 Comentários

Arquivado em O que rola por aí

Concurso elegeu a garota “Fique Linda Lingerie”

Por Renata Poskus Vaz

Ontem a conteceu o concurso garota “Fique Linda Lingerie” que elegeu a nova garota propaganda, que deve estrelar o próximo catálogo da marca. A vencedora foi Amanda Lemos, uma linda morena de São Luis e que atualmente mora em São Paulo.

8 Comentários

Arquivado em Uncategorized

O Blog Mulherão é uma agência de modelos?

Mônica Monteiro, participante do Dia de Modelo. Ela não quer ser modelo, apenas desejava um dia em prol da beleza e autoestima

Por Renata Poskus Vaz

Olá, mulherões!

Quando iniciei minhas atividades à frente do Blog Mulherão encabeçando eventos como o Fashion Weekend Plus Size e o Dia de Modelo Plus Size, fiz uma série de profissionais que ainda não atuavam na área abrirem seus olhos para o que consideraram um promissor e lucrativo mercado.

Porém, eu aprendi na prática que não existe sucesso sem trabalho. Muitos outros profissionais não aprenderam essa lição. Erroneamente, acharam que as coisas aconteceram facilmente para mim, que caíram no meu colo. Sentem-se injustiçados por seus negócios fracassarem etc. Sou uma espécie de inimiga número 1 de algumas agências que dizem trabalhar com modelos plus size. Elas alegam que em meus desfiles, aparições na TV e em consultorias para clientes meus (leia-se confecções e lojas plus size) eu deveria contratar  as modelos das agências deles. Acho uó do borogodó! Como alguém pode ficar com raiva de mim porque não quero contratá-lo para intermediar meus contratos com as modelos? Dureza, não é? Alegam para aspirantes, que só contrato as mesmas modelos sempre, o que não confere. Tenho um casting de modelos fixas, mas sempre privilegio novas modelos, muitas delas do Dia de Modelo, outras que conheço no casting do FWPS, mas nunca contrato por essas agências cujo método de trabalho considero duvidoso.

Não há nenhuma legislação que me obrigue a dar oportunidade para agências de modelos que vivem de cobrar composites, books, cursos e taxas de agenciamento. Se uma agência se predispôs a entrar nesse mercado GG, deveria, antes de ficar caçando gordinhas que desejam ser modelo para vender seus serviços, buscar clientes. Do que adianta um casting com mais de 100 modelos GG se essas agências não conseguem trabalho para nenhuma?

Uma boa agência de modelos não é aquela que tem uma lista imensa de modelos, mas a que tem uma lista imensa de grandes e bons clientes.

Se você tem uma agência e não tem bons clientes, você é apenas um vendedorzinho de books, como eu. Com a diferença que eu não minto para minhas clientes para vender esses books.

Indico diversas modelos plus size para trabalhos. Porém, vendo books fotográficos e não torno o fato de ser uma agenciadora de modelos público porque não quero que pensem que o fato de participarem do Dia de Modelo Plus Size implicará na obrigatoriedade de sua colocação no mercado de modelos GG. Isso se chama honestidade! Apenas 20% das participantes do Dia de Modelo são encaminhadas para trabalho e esse índice é alto se comparado com outras agências. Mesmo assim, se 100% das meninas fizessem o Dia de Modelo com a certeza de que lhes conseguiria um trabalho, estaria enganando os outros 80% que não tem perfil. Sei que não posso encaixar no mercado de trabalho todas as aspirantes a modelo que me procuram, não vou fazer falsas promessas como umas e outras fazem por aí.

Por conta disso, para provar que não tenho nada contra agência honestas, publicarei algumas indicações aqui no Blog Mulherão. E vocês podem sugerir também agências de confiança. Porém, quero comprovações de que elas realmente indiquem plus size para trabalhos. É a hora da verdade! 😉

64 Comentários

Arquivado em Modelo GG

É proibido beber muito refrigerante em Nova Iorque

Por Renata Poskus Vaz

Olha só que gracinha! Para controlar a epidemia de obesidade em Nova York, autoridades locais proibiram a venda de refrigerantes em copos gigantes nos cinemas, teatros, lanchonetes, restaurantes e redes de fast food. A nova norma limita a 453 gramas o limite de conteúdo de copos e garrafas de refrigerantes que não sejam dietéticos. A regulamentação também abrange chás e outras bebidas artificialmente adoçadas. Supermercados e a maior parte das lojas de conveniência estão isentas do cumprimento da norma.

Fico imaginando se esse tipo de imposição funciona de verdade ou se apenas levará os habituais consumidores a comprar dois copos de 400 ml, ao invés de 1 copo gigante. Se ninguém reclamar da imposição, já já vão controlar o número de lanches que cada pessoa poderá comer etc  e se terão ou não direito à sobremesa. Isso não é reeducação alimentar nem aqui, nem em Nova Iorque e nem na China.

É muito raro ver aqui em São paulo pessoas comprando bebidas nesses copos gigantes. Vejo, muito raramente, no cinema. E quase sempre duas ou mais pessoas tomam a bebida juntos. Mas seria sofrível que nos impusessem o que podemos ou não consumir aqui em nosso País.

Ah, aproveitem e deem uma lidinha em um texto de 2010 sobre meu vício em Coca-cola (LEIA AQUI). Notícia boa: Há mais de um ano e 2 meses não bebo coca-cola e me sinto muito melhor. Tudo começou com uma promessa com duração de 1 ano. Ao final dela, vi que não precisava mais do meu “calmante” à base de cafeína gasosa. Agora vou me preparar para deixar de tomar outros refrigerantes. 🙂

 

3 Comentários

Arquivado em O que rola por aí

Etiketa Plus Size vai escolher garota propaganda no Dia de Modelo do Blog Mulherão

Por Renata Poskus Vaz

Olha que notícia boa! As participantes do próximo Dia de Modelo Plus Size, que acontecerá na loja Etiketa Plus Size, além de ganharem um super brinde da Lunender, também serão analisadas e 1 será escolhida como modelo da Etiketa Plus Size.

A participantes mais fotogênica, à escolha da marca e de nossa fotógrafa, vai estrelar uma campanha de divulgação da Etiketa Plus Size. Participe! blogmulheraosp@hotmail.com e (11) 96459-9514
UPDATE: Dia de Modelo é uma sessão fotográfica em que cada participante fará um cd-book com custo de R$400 por participante. Não se trata de agência. 

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Testei e aprovei: TRESemmé Color Revitalize

Por Renata Poskus Vaz

Quando tingi meu cabelo de castanho, há quase um mês atrás, precisei susbtituir o xampu roxo para desamarelar fios loiros, por um que protegesse a nova cor castanha. Na farmácia, vi uma “promoção” de TRESemmé e decidi testá-lo. Nunca tinha ouvido falar do sucesso dessa linha em terras estrangeiras, tampouco que a proposta da marca é levar a performance do salão de beleza para a casa das mulheres (até porque todas as marcas dizem isso em suas propagandas).

Exagerada, comprei um xampu Color Revitalize de 750 ml e um condicionador do mesmo tamanho. Ambos custaram mais ou menos R$17 cada. Na embalagem diz que o xampú é especial para cabelos tingidos, confere uma cor radiante, protegendo a cor por mais de 40 lavagens e tem vitamina E e chá verde.

Achei que não protegeu a cor por muito tempo. Meu cabelo já está quase loiro novamente. Porém, como nunca tive essa experiência positiva com nenhuma outra marca, não me rebelei. Achei positiva a sedosidade que ele confere ao cabelo. Eu vivia com os fios arrepiados e com cara de “por favor me hidrate”, mas agora eles brilham mais e também se mantém mais comportados. Como meu cabelo é ralinho, fica oleoso no fim do dia. Percebi que preciso uma vez por mês lavá-los com xampu anti-resíduos para contrabalancear. Por este mesmo motivo é que não usei os outros produtos da linha, máscara hidratante e creme para pentear. Achei que ia ficar muito pesado e ralinho.

Gostei muito da fragrância do Xampu, mas o condicionador tem cheirinho de ausência. rsrsrs

O tamanho exagerado das embalagens só compensa para quem tem cabelos muito volumosos. O xampu faz muita espuma e rende pacas, portanto acho que levarei mais uns 3 meses para acabar com ele. Muito tempo para quem enjoa fácil dos produtos de beleza.

Você já usou THRESemmé? Comente sua experiência!

13 Comentários

Arquivado em Beleza, Cabelo, Testei e aprovei