Pelo direito de ser bem-resolvida mesmo sendo gorda, virgem e andando de fusquinha

Por Renata Poskus Vaz

Paula Bastos, uma das minhas blogueiras plus size brasileiras predileta, autora do Grandes Mulheres, encabeçou uma campanha no Twitter e Facebook, para que Walcyr Carrasco, autor da novela Amor à Vida, mude o destino da personagem Perséfone, vivida pela atriz Fabiana Karla. Na trama, Perséfone é enfermeira, dirige um fusquinha e é virgem.

Segundo Paula, com suas palavras transcritas na íntegra, Perséfone é a amiga gorda encalhada que dirige um fusquinha velho e sonha com o príncipe encantado. Ela ainda acrescenta “Em nome de toda uma parcela da população que tem lutado para conquistar mais respeito te peço: Walcyr, muda o destino da Pérsefone Fortino. Faça dela uma mulher forte, não forte de robusta, mas mostre ao Brasil a força que essa personagem pode ter dando a volta por cima e se tornando um exemplo. Não precisamos desse caricato de coitada sonhadora encalhada que já está mais do que disseminado: seja diferente dos outros autores, inove e retrate essa mudança.”

fabianakarla

Concordo com a Paula que seria maravilhoso ter uma mocinha na novela das 9 que fosse um exemplo de perfeição, mesmo pesando seus mais de 100 Kg. No entanto, discordo dessa campanha. Não vejo problemas em Perséfone. Ela é linda, usa looks que valorizam seu tipo físico. Nada de roupas largas, de malha… Outro detalhe que acho importante salientar é que Perséfone não é a gorda engraçadona. Ela é querida não por ser a piadista, mas por ser atenciosa, meiga, inteligente e confiável.

Perséfone é enfermeira de um Hospital particular de São Paulo. Isso mostra o quanto é bem-resolvida profissionalmente. Para ter uma noção de salários, veja o que extraí do site de um dos mais conhecidos hospitais de São Paulo, o Albert Eisntein, sobre o salário de seus enfermeiros:

salário einstein

Ou seja, na trama, Perséfone já trabalha no mesmo Hospital há mais de 10 anos. Ela ganha, no mínimo, R$5 mil. Se tratando de Brasil, esse não é um salário ruim, não acham? Quantas de nós ganham R$5 mil de salário por mês? O fato da personagem ter um fusquinha não significa insucesso profissional ou social. Há muito tempo que aqui na capital paulista que ter um fusca não é sinal de pobreza. Fusca ainda é um dos carros mais almejados por ladrões e virou artigo de colecionador.

Veja só, no Web Motors um fusca ano 68 ou 70, conservado, custa R$12 mil.

fusca

Com R$1,5 mil a menos, é possível comprar um  Fiat Palio ou um Renault Clio, 30 anos mais novos:

fusca 2

Outro detalhe importante de se ressaltar é que não há problema algum em ser gorda e virgem por opção. Eu mesma perdi minha virgindade com vinte e muitos anos e sempre fui descolada, linda, inteligente e independente. Tenho centenas de leitoras gordas, adultas, bem-resolvidas e virgens que esperam  pelo príncipe encantado por convicção religiosa ou porque não querem mesmo sair dando para qualquer um por aí. Antigamente nós julgávamos aquelas que perdiam a virgindade cedo, hoje estamos julgando quem não perde. Isso é uma questão muito individual e nem começou a se desenrolar na trama. Chato será Perséfone querer dar seu corpinho lindo pelo simples prazer sexual e nenhum homem querer possuí-lo. Isso sim me deixará decepcionada, ela querer dar e não ter pra quem. Mas se a intenção dela for encontrar um amor de verdade, para toda vida, qual o problema dela esperar? Qual o problema dela sonhar?

Se transar fosse sinal de realização pessoal, prostituta não tinha problema psicológico e sairia dando de graça (desculpe o linguajar, meu povo!).

Gente, imagine se todos os personagens tivessem que seguir a linha politicamente correta, para evitar estereótipos? Não teríamos aquele vilão maravilhoso da novela Amor à Vida, que é o personagem Félix. Ele é gay, a “bicha má”, como dizem pela internet. E um dos melhores vilões de todos os tempos.

Não quero para mim esse tipo de “café-com-leite”. Quero que o autor seja livre para escrever, que me faça sonhar ou até ter pesadelos, porque não?!. Tenho certeza que Perséfone terá um final maravilhoso, sem precisarmos obrigar o autor a isso. 😉

29 Comentários

Arquivado em TV

29 Respostas para “Pelo direito de ser bem-resolvida mesmo sendo gorda, virgem e andando de fusquinha

  1. Marlene

    Estou amando a personagem da Fabiana Karla,ela está tão linda!!
    Renata ”sempre fui descolada, linda, inteligente e independente”. GOSTOSA!!! ❤

  2. Alana

    Concordo 100% com você. A campanha que a Paula Bastos encabeçou é bastante compreensível e bonita, mas o Walcyr sempre imaginou a Perséfone como uma personagem forte e nada caricata. O que eu acho que aconteceu foi uma má interpretação por parte da blogueira. E além do mais, como você falou, “se todos os personagens tivessem que seguir a linha politicamente correta (…) Não teríamos aquele vilão maravilhoso”.

  3. ai ela é tão linda, parece comigo (ai que convencidaaaa) e eu queria estar bem profissionalmente como ela rs.
    Não acho que a gordinha deva obrigatoriamente ser a mulher fatal aquela que tem à flor da pele a sensualidade e mostra o quanto é bem resolvida, assim como as magrinhas tem aquelas mais meigas, as mais tímidas, as sonhadoras, tem de todo tipo.
    Confesso que estou gostando de ver uma gordinha normal, quem sabe daqui até o final da novela ela não encontre um amor ou se realize de alguma outra forma.
    Na minha opinião já é clichê a gordinha SEXY sensual, acredito que precisamo mesmo é de uma gordinha assim, que é só gente como a gente ponto.

    • Concordo com você, menina! A gordinha sexy também virou estereótipo, como a gordinha engraçada, a gordinha fofa (ODEEEEIO!), a gordinha nerd e a gordinha gente-boa, a amigona de todo mundo. Eu espero ver na TV uma gordinha que seja uma mulher com convicções, que tem o carro que quer dentro de suas possibilidades financeiras e que está mais preocupada em exercer seu trabalho com excelência do que em viver em função da expectativa dos outros! Ou seja, uma mulher normal… tipo…A GENTE!

  4. Mariana Rizk

    Renata,
    Vc é foda!!!
    Sem mais,
    Mariana

  5. Cláudia Ferreira

    Um pedido não faz mal a ninguém… pode sim haver uma mudança já que tantos a quer talvez, mas se tratando de novelas, não me oponho a tal ponto de ir em busca de uma provável mudança no destino da personagem… o que faz sucesso é a crítica, o preconceito e sempre será… a TV brasileira mostra o quer e bem entende….pode mentir ou não, mas sempre tem um fundo do lado fantasioso do povo… encantos, a qual não tem apreço algum para os cidadãos.. eu mesma não sou fã de novela, mas acho que as pessoas sonham junto com as novelas ou até obtém experiencias. Contudo isso, fico imparcial neste destino, q pra mim não passa de coisas banais ou então pra levantar o IBOPE da televisão…rs, ou seja, não contribuo muito pra isso, então pra mim tanto fará o fim…rs

  6. hannah

    Seria lindo se mudasse, ao passo que, a Fabiana Karla é uma mulher bem resolvida e como atriz interpretar essa personagem deve estar sendo desafiador pra ela. Não assisto essa novela, então pra mim também tanto faz o final que ela tomará.

    Mas seria legal ver uma volta por cima.

  7. Eu não consegui acompanhar a novela ainda, então não sei como a personagem está se desenvolvendo, mas acho que seria sim muito legal termos uma personagem fora dos padrões, que fosse bem resolvida, dirigisse um carrão do ano e ainda por cima estivesse representando e dando orgulho a toda uma “classe”… Contudo, outro assunto no qual ela toca e que acho que ultimamente as novelas e seriados tem mudado – ainda que um pouquinho – é essa visão das gordinhas… No Vale a Pena Ver de Novo está reprisando a novela “O Profeta”, que tinha a Carlota – personagem da Fernanda Souza – que era gordinha, amiga, determinada, enfrentava quem viesse, apaixonada pela vida, levemente infantilizada, mas que eu adorava como personagem e que me orgulharia sendo como ela… Na novela das 18:00 (Flor do Caribe) também tem uma gordinha que é apaixonante… Tivemos em uma época da Malhação a Domingas, que era uma gordinha super pra frente e bem resolvida (mesmo tendo as neuras de ser gordinha)… Acho bobeira não estereotipar em novela, pq novelas SÃO COMPLETOS estereótipos… Senão as mocinhas seriam mais legais, os vilões menos previsíveis e a Vera Fischer já teria parado de fazer novela né gente (sei que não tem a ver com o assunto, mas gente VAMO APOSENTA, VERA!)
    Acho interessante a proposta de que a personagem tenha um destino diferente, mas não sabemos o destino dela, sabemos?? Pelo menos eu – desinformada – não sei ainda hahahhaha… Mas não sei qual o motivo da personagem ser uma má representação… – mais uma vez, ainda não vi a novela, então não sei até que ponto ela é de um jeito ou de outro -, mas pelo que vejo, ela é uma querida… É isso?
    Acho que os estereótipos existem porque realmente existem pessoas daquele jeito que também estão sendo representadas ali… Acho que é legal que nos representem – se formos gordinhas antenadas, modernas, sem crises, etc – , mas também acho legal que representem todas as que existem… A nerd, a fofa, a sexy, a esquisita… Afinal, não somos um só, somos um leque de opções, não somos????
    Falei muito! hhahahahaha
    Beijos!!!

  8. Eu também ainda não consegui assistir essa novela, vi por alto algumas cenas, mas acredito que o personagem da Fabiana Karla, seja um personagem comum, independente de gorda ou magra, cada pessoa tem sua história, gordas sempre têm papéis engraçados nas novelas, essa não, é romântica, sonhadora e também não vejo problema nisso, me parece ser uma personagem bacana, acredito que o autor da novela irá fazer com que ela encontre seu grande amor, justamente pelo fato de ressaltar a virgindade dela e pela personagem nunca ter vivido uma história de amor, acho que ainda é muito cedo para criticar, ainda nem sabemos qual será o futuro da personagem, vai que ela vira uma vilã, rs!
    Vamos torcer para que ela encontre um bonitão na trama e viva um romance desses de novela….rs

  9. Paula Regina

    Renata, concordo em gênero, número e grau contigo. Adorei a crônica, ainda mais porque nos traz à reflexão sob nova ótica de assistirmos essa personagem; lembrando sempre que, apesar de ser um folhetim, o autor pode “brincar” com a Perséfone sem deixá-la caricaturada ou boba.

  10. Vanessa

    Renata, quanto mais a leio, mais gosto de você! A forma como se expressa é absolutamente franca e objetiva. Parabéns!

  11. Vc conseguiu expressar nessa postagem tudo que penso, tanto sobre a personagem, quanto sobre a campanha da Paula!
    A personagem não teria graçpa se começasse na novela com toda vida ‘ganha’, senão que graça teria?
    Porra, a mulher é Enfermeira (já começou escolhendo bem, afinal eu tbm sou, rsrs), tem um trabalho bacana, é competente naquilo que faz, é independente financeiramente, se veste super bem, tem carro (ser um fusca é apenas detalhe, afinal de contas não deixa de ser um meio de transporte, é melhor do que andar de ônibus ou metrô, e com certeza deve estar quitado, e ela não tem um em casa um carnê de 72 parcelas…), poxa vida…se ela já tivesse um homem gostoso do lado, qual seria a graça da história dela?
    Creio que isso vai se desenrolar no decorer da trama, e logo ela encontra um bonitão pra casar e só depois perder a virgindade, porque né, sair distribuindo por aí só pra não ser mais virgem não dá né meninas?

  12. Concordo plenamente com você Renata. A equipe de figurinistas da Globo entrou em contato comigo para saber se a Dorcas tinha interesse em vestir essa personagem. Analisei e sugerimos vários figurinos, porém não aceitamos a parceria porque já tínhamos decidido parar com a loja. A ideia para a personagem é sensacional. Estou adorando e creio que ele vai trazer várias mudanças para a personagem.

  13. Natalie Candido

    Eu penso que a Paula Bastos teve essa reação por causa dos internautas que estavam avacalhando a personagem no twitter.

    • Renata Poskus

      Ah, eu imagino, embora não tenha visto. Eu não perco tempo no Twitter (só peco no Facebook…kkkk) Enfim, é um porre. Mas há pesquisas que apontam que a maioria dos usuários do Twitter são adolescentes e jovens adultos. Diga-se de passagem, mal educados e preconceituosos, né? E não falam mal só da gordinha da novela não. Falam dela, do gay, da periguete, da enfermeira pobretonna, do pai solteiro… Falam mal de todo mundo. Se queremos ser iguais a todo mundo temos que aceitar uma personagem normal, como é Pérséfone. Não estou dizendo que nos acostumemos com ofensas, mas não vamos mudar o que somos para não sermos vítimas de piadas, né? Quem tem que mudar são eles e não nós.

      Beijos

  14. Nadia

    Oi Renata! Eu acho que fazer aproximações de quanto custa um fusca ou de quanto é o salário de uma enfermeira se torna apenas uma maneira de aumentar o ibope para as organizações globo que na realidade não faz merece isto. Acompanho o teu blog e o Grandes Mulheres também, achei bonitinha a carta da Paula, eu li mesmo antes de ver a sua posição aqui, acho válida a luta dela e muito importante. Infelizmente a globo dissemina uma visão machista e preconceituosa há anos, mesmo quando querem abordar um tema eles são preconceituosos, a melhor campanha na realidade é escancarar e denunciar a forma preconceituosa que a globo expressa na seleção de seus elencos e nos seus roteiros. O esteriótipo de alguns segmentos sociais está manifesto na maioria das produções da emissora, é o que ela é e representa!

  15. Raquel

    Só não gostei de uma coisa no seu texto…Enfermeira ganha mal pra caramba!!!! Sabe quanto é o salário base de um enfermeiro pelo piso federal? R$2.100,00 por aí… A grande realidade da Enfermagem não é o Hospital Albert Einstein… Pode ter certeza que as Enfermeiras que tem no mínimo um fusquinha, trabalha em 2 e até 3 empregos… Sou Enfermeira e sei muito bem oq falo…Beijos

    • Renata Poskus

      Eu usei uma tabela de salários de um hospital particular famoso, como o que é retratado na novela. Não faz sentido eu citar o salário de uma enfermeira chefe de um hospital público, se a personagem trabalha em um caríssimo hospital particular.

  16. Só acho estranho usar justamente a GORDA para representar alguém REJEITADA ! Já não bastam as rejeições diárias? Se existem gordas bem resolvidas, é porque elas driblam, diariamente, os preconceitos do mundo, dentro de casa, dentro de si. Na minha visão, a novela só reforça a #gordofobia. A gorda é a encalhada. Reforça uma realidade criada. Se ela fosse muito cortejada e tivesse optado por ser virgem, tudo bem. Mas não, a personagem se sente rejeitada e aceitou a ajuda da amiga para encontrar um homem (tanto faz quem seja) para desvirginá-la. Isso é ser bem resolvida?! Não acho. Não acredito que as coisas tenham que ser politicamente corretas, até sou contra isso. Mas, sou mais contra o machismo, a imposição do preconceito, o fato de pessoas gordas serem sempre rejeitadas e representadas como tal e mais ainda, o fato de outras gordas concordarem com isso e acharem lindo uma garota gorda ser virgem e as amigas desesperadas para que ela deixe de ser. Enfim, lamentável !!!

    • Victoria

      Excelente ponto de vista

    • Peço desculpas as outras comentaristas, mas até o presente momento foi o comentário mais sensato na minha opinião, concordo plenamente com o seu posicionamento Jessica a respeito do papel da atriz Fabiana Carla, a forma como o autor posiciona a personagem é muito preconceituosa e reforça uma ideologia que certas pessoas tem a respeito das pessoas gordas para o lado negativo.Penso que poderia haver uma mudança de papéis a tal da Perséfone poderia muito bem fazer o papel da melhor amiga dela que fica com o bonitão do Caio Castro e é almejada por outros homens e não obstante a isso também tem uma vida independente e êxito em outros campos da vida, mas claro opinião é opinião e cada um tem o livre arbítrio para interpretar o que é exposto da forma que desejar.

  17. Renata

    Nossa Renata, a personagem de Perséfone é motivo de chacota da novela, para de fantasiar pesquisando preço de fusquinha, vc não é burra, aposto que entendeu muito bem o recado do autor.

    • Renata Poskus

      Querida amiga mineira, de juiz de fora, governador valadares e adjacências…

      Não, eu não sou burra não. E nem você, né? Então, sabe bem que conheço Fabiana Karla. Já sei deste personagem há tempos, por ela e pela figurinista da novela, que me passou todo o descritivo da personagem para que pudéssemos indicar fornecedores de roupas plus para ela. Desta forma, te aviso, que se sua ideia é ver uma gorda café com leite no mundo da dramaturgia, é bom desligar a tv. Finais felizes existem, mas antes o povo sofre. E ô se sofre.

  18. Victoria

    Entendo e apoio as manifestações de revolta contra mais um personagem que banaliza a discriminação contra as pessoas gordinhas.Triste ver o talento da Fabiana sendo desperdiçado num papel tão ridículo,vazio.Estereótipo de discriminação,de deboche.Figurino não tem a menor importância quando o que se discute é a forma como a personagem é tratada,uma gordinha que é constantemente ridicularizada por ser virgem,que resolve se livrar do hímem,como se ele fosse um fardo,se oferecendo pra qualquer homem do hospital,na esperança de encontrar algum que faça “a caridade” de livrá-la da vergonha e do deboche.Isso é muita falta de amor próprio.Perséfone não vai sofrer,vai ser motivo de piada pro telespectador,e quando sua história perder a graça,aí sim ela ganha seu final feliz.

  19. Eu acho que a Perséfone é sim um personagem caricato e diminuído. Não por ser gorda, não por ser enfermeira ou andar dirigindo um fusca. Ela é uma personagem humilhante, pela forma que a colocam feito louca correndo atrás dos homens pra perder a virgindade. É tratada todo o tempo como se os caras tivessem “nojinho” dela pelo fato dela ser gorda. Eu acho isso um real absurdo, acho feio e degradante a posição que a colocam na novela e a forma que vem retratando a vida sexual dela. É vergonhoso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s