Preconceito contra quem gosta de namorar gordinhas

preconceito contra gordas

Por Renata Poskus Vaz

Ontem recebi e-mails de leitoras sobre uma postagem que consideraram ofensiva no Facebook. Fui verificar e notei mais do mesmo: um escancarado e comum preconceito contra mulheres gordas. Nela, o autor do post criticava o autor da novela das 9 por, entre muitas coisas, colocar situações socialmente irreais, como uma gorda “feia pra dedéu” sendo disputada por dois homens bonitos.

Vejam essa postagem clicando aqui. Depois de debatermos na página do rapaz e em nossa própria Fan Page, fiquei pensando nessa idiotice e no efeito que pode causar nas gordas e o pior, naqueles homens que são apaixonados por elas. Sim, embora existam por aí tantas gordas e tantos homens lindos dispostos a namorá-las, a sociedade ainda enxerga com maus olhos a silhueta e o amor alheio.

Fico pensando que nós, gordas, já convivemos todos os dias com pequenas doses de preconceito que nos tornam já calejadas a essas manifestações. Mas rapazes que sempre foram magros ou atléticos e, do nada, se veem diante dessa situação, devem sofrer muito.

Pedi para um amigo apaixonado por mulherões escrever um pouco sobre o que enfrenta por sentir atração por gordinhas:

“Meu nome é Antônio Donizeti, sou de Goiânia, tenho 23 anos, solteiro, estudante de Engenharia Civil na PUC Goiás. Sou moreno, tenho 1,88 de altura e estou meio gordinho (aproveitar a chance pra fazer minha propaganda também kkk).

Hoje comentei com a Renata sobre o preconceito que nós admiradores de gordinhas sofremos na sociedade, pois esta nos obriga a termos namoradas magras e/ou saradas.

Esse preconceito acontece na família quando você vai apresentar a namorada e seus pais e parentes falam “puxa, fulano, mas você é tão bonito e ela é gordinha”. A mãe mais ciumenta solta: “imagina quando ela engordar depois da gravidez”. Já o pai: “ela é gente boa pelo menos”. Entre seus amigos geralmente surge: “Fulano, você é otário demais, só pega gorda”. Quando não aparece aquele inconveniente que fala: “tá fazendo caridade com aquela baleia, cara”.

O preconceito sobre nós admiradores de gordinhas é terrível. Ontem mesmo eu vi em um site um link com o título “Casal Estranho”, em que tinha um homem bombado abraçado com sua companheira BBW, tratando como se fosse um absurdo alguém que pratica esportes ter uma companheira gordinha. Recentemente, um colega me disse sobre uma menina conhecida nossa em comum: “Ow a gente faz engenharia, temos que nos valorizar. Não dá para pegar aquela gordona não porque senão queima nosso filme”.

Infelizmente, embora me sinta atraído por elas, tenho tenho dificuldade em me aproximar das meninas gordinhas, pois elas mesmo duvidam de minhas intenções. Fico imaginando se por ventura pensam se sou uma espécie de psicopata que quer sequestrá-las, ou então que sou um mero aproveitador que quer apenas dar uns “pegas” na gordinha pra não ficar sozinho.

Digo com propriedade que a maioria dos homens são admiradores de gordinhas, mas infelizmente por causa desse preconceito os homens tem vergonha de assumir. Mesmo com todas essas dificuldades e preconceito eu ainda sou um grande admirador da beleza das gordinhas, pois além de bonitas, são simpáticas, inteligentes e são motivos para que eu lute para conseguir o coração de uma menina gordinha para o resto da minha vida. Quem me conhece a muito tempo sabe que eu apoio sim essa luta para o respeito igualitário pois todas as pessoas são diferentes e cada uma tem a sua beleza de acordo com os olhos de sua alma gêmea.”

E desta vez minha pergunta vai também para os rapazes, vocês já passaram por isso?

56 Comentários

Arquivado em O que rola por aí, Preconceito, Relacionamento

56 Respostas para “Preconceito contra quem gosta de namorar gordinhas

  1. tlopescavalcante

    Lindo e triste relato. Infelizmente os admiradores sofrem mesmo com o preconceito da sociedade. Eu posso imaginar as besteiras que devem falar para esses homens naquelas famosas rodas de bar que muitas vezes servem para falar de futebol e mulheres. Imagina? O admirador deve, infelizmente, ser a piada da roda que acha só aceitável namorar com mulheres magras.
    Tenho a agradecer o fato de eu nunca ter visto meu marido sofrer esse tipo de preconceito. Bom, ele mesmo não se deixa sofrer. Quando perguntavam a ele que tipo de mulher ele gostava, respondia com força, sério e com a boca cheia: gosto de mulher gorda! A confiança nele em dizer, sem medo do que os demais pensariam, afastava qualquer possibilidade dele ser alvo de piadas ou preconceito. Por verem essa confiança nele, as pessoas não falavam nada.
    Nesse sentido, por mais que seja difícil passar por esse preconceito, espero que os homens que admiram gordinhas não tenham vergonha, medo. Assumam! Assumam com força e confiança que as pessoas saberão que vocês são bem resolvidos consigo mesmos e com suas próprias escolhas. O mesmo acontece conosco, mulheres gordinhas. Enquanto não assumirmos nossa beleza e ficarmos nos escravizando pelo padrão imposto, ninguém vai nos respeitar e nos levar a sério. Quebremos esse ciclo, nos assumindo sem medo, seja admirador ou a própria gordinha.

    • tlopescavalcante

      E acrescento… Meu marido tinha tudo para ser escravo desse padrão de beleza da mulher magra, pois a família dele, além de ter o biotipo magro, tem bastante modelo fotográfica. A irmã dele mesmo é modelo fotográfica; as primas também. Ou seja, ele nasceu e cresceu imerso nisso, porém, mesmo assim, nunca teve medo de assumir que gostava mesmo é de uma gordinha. Eu sou gordinha (uso 48) e a ex dele era (usava manequim 54) e a ex ex também era gordinha. Logo, percebe-se que desde a adolescência era esse o gosto dele e não tinha problemas em assumir.

  2. Meu nome é Adriano, tenho 37 anos, formado em Logística com especialização em Gestão de Negócios. Sou noivo, moro em BH. Sempre fui magro, meu peso atual é 68 quilos distribuídos em 1,76 metros.
    Sempre namorei gordinhas. Sempre visualizei claramente esse preconceito, velado ou mesmo revelado claramente.
    Quando terminei um namoro longo e iniciei outro relacionamento, ouvia comentários do tipo: “ah… ela também é gordinha né?”. Não sei, mas me ficava a impressão de que esperavam que após ter namorado uma gordinha, eu fosse “acertar” na próxima né?
    Ou até mesmo, já recebi cantadas de mulheres magras, que ao me verem acompanhado de uma gordinha, já tiveram a audácia de me dizerem que eu seria um idiota se recusasse ter algo melhor, como se para elas, concorrer com uma gordinha era páreo fácil. Pois idiota eu me sentiria se aceitasse a troca recebendo como pagamento alguém tão vazio e tão carregado de conceitos pré concebidos.
    Os homens são mais diretos uns com os outros, gostam de pegar no pé, fazer piadinhas. E sempre fui vítima delas, desde comentários sobre como era sobreviver ao sexo quando uma gordinha cisma de ficar por cima, até mesmo comentários sobre se no dia do casamento, seria ela ao me carregar já que eu não seria capaz de carregar ela. Entre tantas coisas que canso de ouvir, e que sinto mais pena de quem profere estas bobagens do que de fato me sinto ofendido.
    Nunca fiquei com gordinhas unicamente porque após uma conversa desinteressada acabei me envolvendo e sentindo a sintonia. Sempre as busquei por me agradar uma mulher mais gordinha, por me atrair pelo físico, por gostar dos seios avantajados, das pernas grossas, da barriga, entre tantas coisas. Da mesma forma que tantas vezes um homem se sente atraído por uma magrinha antes mesmo de a conhecer, eu me sinto atraído por uma gordinha.
    Nossa essência é a mesma, revestida por uma capa que nos diferencia fisicamente. Pessoas ruins ou boas, honestas ou corruptas, falsas ou verdadeiras, não possuem um padrão físico. No fim, todos envelheceremos, nos tornaremos pó, (e alguns engraçadinhos dirão que mesmo no pó dá para saber quem era gordinho ou não, bastando olhar para o monte maior de pó) e o que importa se éramos magros ou gordinhos? O que ficará será aquilo que fomos em vida, a forma de lidar com a vida e com as pessoas.
    Sinceramente, quando vejo pessoas tão preocupadas em difundir preconceitos, eu fico triste por elas, por perceber claramente que não são felizes, e por isso, perdem seu tempo se preocupando em agredir o diferente. As diferenças são a beleza da vida.
    Sou noivo a 4 anos e sou muito feliz. Muitas vezes as piadinhas, os comentários maldosos fantasiados de boas intenções, me deixam triste mais pela pessoa que está comigo, do que por mim mesmo.
    Mas não sou omisso e não permito que denigram as gordinhas, como não concordo com nenhum tipo de preconceito. Primeira coisa que sempre digo? Vá conhecer primeiro a pessoa, saber quem ela é. Depois vc vem me dizer sua opinião. E mesmo após conhecer, vc pode até dizer que não gostou dela, que não simpatizou, mas apenas pelo que ela é como ser humano, e nunca pelo fato de ela ser gordinha ou não.
    E sempre digo: Você não tem que concordar comigo, mas tem que respeitar o meu direito de pensar, de acreditar naquilo que acredito.
    E para mim, as gordinhas são as mais lindas, possuem os sorrisos mais lindos, o encanto natural que coloca brilho em meus olhos.

    • Muito obrigada por seu depoimento, Adriano. 🙂

    • Liane Rosa Martins

      Nossa, sei bem como é ver uma menina magrinha assediar seu namorado na sua cara porque acha que vai ganhar fácil. É preciso muita postura e confiança pra não dar espaço e não se deixar abater. Bom saber que existem homens que gostam de nós assim pelo que somos. Muito obrigada mesmo pelo depoimento, felicidades pra você e a sua escolhida. 😀

      • Que legal!!! Por isso que falo,homem de verdade tem um olhar lindo,as vezes percebo que certas mulheres não acreditam e não se valorizam e ficam mendigando amor, já fui assim, sou sincera em assumir e tranquila tbem, hoje Graças a Deus, conheci o meu valor Deus nos ama,não deixo nenhum homem brincar comigo,fiquei ate firme demais rsrsrrss!!!
        Parabens viu!!! 🙂

    • Yara Cabral

      Pessoa como você me fazem ter esperança na humanidade, obrigado por esse depoimento.

  3. Meu namorado é bem magrinho e eu sou gorda, é notável os olhares de reprovação dos amigos dele, das pessoas nas ruas, mas principalmente da família dele, o pai e a mãe com certeza devem falar sobre o meu corpo, ”que ele merece coisa melhor” ou algo do tipo porque quando é com a gente, sentimos sem precisar ouvir, a avó dele me perguntava porque eu não queria emagrecer (quem não quer? O problema é que as pessoas acham que é super fácil, quando na verdade não é), o pai sempre me olhou de cara feia, de canto de olho e nunca foi amigável, porém estou com ele a 2 anos e 3 meses, não vou mentir que não machuca, me faz ficar mal, mas ultimamente eu penso dessa maneira: Se eu for emagrecer é para o meu bem, para a minha saúde, não para a família do meu namorado ou as pessoas no meio da rua! Quem me beija é ele, quem gosta de mim é ele e quem vai pra cama comigo é ele, e ninguém tem nada a ver com isso, o mais importante nos temos, que é o amor o resto vem com o tempo, se ele não reclama (e se eu abrir a boca pra falar que sou feia ou algo do tipo, é motivo de briga) as pessoas não podem interferir no nosso relacionamento, depois dele passei a me aceitar, minha auto-estima melhorou 100% e isso me faz feliz demais!

  4. Acho criancice vc ter q dar este tipo de satisfação aos outros. Gente madura namora quem quer e fim

    • Cristiane, infelizmente não é assim que funciona. Embora não tenhamos que dar satisfações para ninguém, quando se tem uma família e se importa com ela, esse tipo de colocação machuca muito. É muito difícil para um homem ligar o foda-se para a mãe ou o pai. Mesmo que ele finja que não escutou, que vire as costas, isso dói. Não é falta de maturidade, mas sensibilidade.

      • É exatamente isso Renata, ele não me fala se os pais dele falam algo, porque sabe que me magoaria e que é desnecessário, porém a mãe pelo menos chega com a falsidade e alfineta, tipo: ”você não pensa em entrar na academia?” ”Emagrecer é bom”, e ele estava junto e ficou super mal porque eu sei que ele realmente gosta de mim do jeito que eu sou, e os comentários que partem da família dele se duvidar machuca mais ele do que eu … É muito complicado ignorar, eu consigo, mas ele… ele tem o sangue daqueles que falam mal da namorada dele, e uma mãe sempre é uma mãe, e é única, o sentimento é inexplicável e ele jamais vai ligar o foda-se pra ela ou pra família dele … A situação é complicada! E como você falou que é questão de sensibilidade é pura verdade porque eu sou super sensível, então…

    • Cristiane não é questão de ser infantil, como eu falei eu passei depois de algum tempo a não me importar e pronto, assim como é você sugeriu, pois concordo que quando a gente tem maturidade namora com quem quer e pronto…só que é muito ruim você saber que reprovam seu namoro porque você está acima do peso, e dizer que não me deixa mal seria estar mentindo para mim mesma…

  5. angela

    complicação maior ser negra e gorda!

  6. Dayane

    Boa noite,

    Lindo relato, acho que é isso ai se as pessoas gostam das magrinhas ou gordinhas, isso não importa, o importante é amar e viver intensamente todos os relacionamentos.
    Sei bem o que é esse tipo de preconceito, sim sou gostosa e meu amor é um palitinho kkk, as vezes a gente percebe uns olhares de desaprovação, no início os amigos dele não me aceitavam e sabe o que aconteceu eles foram dispensados, pois não eram de verdade.
    Acho que a gente vence tudo com o nosso amor e muita cumplicidade, quatro anos juntos e a cada dia cresce o nosso amor.
    E não importa os quilos a mais ou a menos, o importante é ser feliz !

  7. Annete

    Alguém consegue atravessar todo esse discurso sobre beleza e preconceito e atentar-se a saúde???? O excesso de gordura é prejudicial a saúde, assim como seu oposto. Não consigo ver alguém em ambas situações sem lamentar-me sobre sua realidade, anoréxicas e plus size , procurem um especialista.

    • Fernanda M.

      Vejo diariamente pessoas “normais” morrendo por alguma doença, assim como vejo magros e gordos! Sim, gordura é prejudicial mas existem pessoas que assim como eu estão com os exames OK, em TUDO! Engravidei gorda, engordei somente 7kg em toda gestação, não tive pressão alta, e meu bebê nasceu no tempo certo, no entanto minha amiga “normal”, teve pressão alta e o bebê dela nasceu com 6 meses de gestação e foi direto para incubadora!! Existem gordos que cuidam da saúde, existem magros que cuidam da saúde, existem “normais” que tb cuidam, aliás gordura não é sinônimo de ser saudáve ou nãol! Existem pessoas felizes com o corpo que estão, independente de vc aceitar isso ou não, é a realidade!! Eu sou casada, feliz, meu marido me ama como sou e tenho um filho lindo! Sim sou gorda, feliz e saudável!! Lamente-se não pela saúde alheia mas sim pela sua mentalidade limitada! Sorry! Seja feliz!

      • Abu

        Gostei muito do seu depoimento…menos da parte das ” pessoas normais???”…TODOS nos somos normais do nosso jeito,eu não estou no grupo de sobre-peso mas já fui criticado (pelos meus chamados amigos) por deixar de namorar uma mulher de proporções de mercado e ditadura das FORMAS ,por uma linda ,cheirosa,educada e bem HUMORADA gordinha ,tudo bem que ela me chutou por eu ganhar menos que ela mas isso não vem ao caso pra mim foi maravilhoso enquanto durou…

      • Fernanda M.

        O “normal” que me referi foi ao grupo que está com o peso em dia, na média, nem gordo, nem magro, “normal”! Rsrs….acho que me expressei mal! Bjs

    • Annete,
      respeito sua opinião,mas tenho direito de deixar a minha também, já que estou aqui,não é porque somos gorda que não temos saúde(ledo engano) o preconceito e bem pior, lutamos por um mundo de igualdade,Beijos gata 🙂

  8. Fiquei muito braba com o texto preconceituoso, estragou o meu dia! Pois ainda tem vários seguidores. Este tipo de atitude e cometários tem que acabar, nem que seja pela força da lei!

    • Acredito que as páginas do Facebook devam sim ser banidas por este tipo de declaração. Às vezes um comentário parece bobo, mas é lido por mais de 50 mil pessoas, dessas muitas com má fé, ignorância etc. Administradores tem que ter sempre isso em mente, que somos exemplos. E devemos, não somente moralmente como legalmente, sermos bons exemplos.

  9. Isadora

    Infelizmente existe esse preconceito idiota no mundo sei que meu namorado passa por isso com os amigos, com a família, enfim com todos. E o pior é que eu sei que ele também é preconceituoso, não pode ver uma gordinha que solta uma piada sem graça, esculacha mesmo mas comigo nunca ouve sequer uma palavra de preconceito, ele sempre ne elogia o que me deixa um tanto confusa já que ele parece detestar o biotipo “gordinha” pra que ele conseguisse ficar comigo foram 3 anos no meu pé e eu não queria ter nada com ele porque ele não parecia ter nada a ver comigo e sempre fui meia recatada rs” o que me deixa confusa é pensar do que ele gosta ? É de gordinhas e mantém esse
    velado ou as gordinhas não o atraem? Eu simplesmente não entendo eu sei o preconceito que ele sofre pois sempre dizem o quanto sou linda de rosto 😦 não aguento mais as pessoas frizando o fato de ser apenas o “rosto” mas ele nunca se manifestou. O que acham mulherões? Do que meu namorado

  10. Acredito que o mundo é muito preconceituoso, não só com as gordinhas mas também com os gordinhos, Sou gordinha casada com um gordinho. Me considero Bonita e sei que meu marido é bonito, mas não é o homem mais lindo do mundo, já ouvi varios questionamentos como por exemplo…” Porque vc casou com ele? vc é bonita podia ter arrumado algo melhor” esse tipo de coisa me incomoda, pois meu marido é maravilhoso, otima pessoa, carinhoso, companheiro, dedicado, inteligente, ele é especial…
    Há algum tempo atras nos separamos, nesse meio tempo arrumei um namorado magro e fortinho, e meu Marido uma garota mais bonita que eu e magrinha… No meu caso eu ouvia ” viu eu tinha te dito que vc conseguiria” ” que lindo casal” mesmo esse carinha sendo mais feio que o meu gordinho… E do namoro dele eu ouvia “Ele só pode ter dinheiro, ou o que essa garota estaria fazendo com ele” “so pode ser louca”… Eu sei o que ela estava fazendo Aproveitando a companhia de uma pessoa maravilhosa, louca não esperta … Tanto que me arrependi de ter ficado com esse outro carinha bombadinho e voltei para os braços do meu gordinho lindo e maravilhoso, pois amo ele…

    Esse carinha bombadinho mesmo namorando com uma outra garota (tbm magrinha, bonita e mais nova que eu), ainda diz para os amigos que gosta de mim, que sente saudades… que se pudesse voltaria a namorar comigo…

    Mas o preconceito não vem apenas de pessoas magras… vem tbm de gordinhas que procuram caras magros e bombados e acham feio um cara gordinho…

    A beleza é algo muito relativo, pois acho feio algumas pessoas gordinhas, magras , altas, baixas… mas tbm acho algumas outras pessoas com essas mesma descrição lindas… o que muda é apenas os traços, o olhar, o sorriso, a simpatia… Para achar alguém bonito ou feio é necessário sim um conjunto de coisas….

    • tlopescavalcante

      Concordo com você. Inclusive eu acho que os homens gordinhos sofrem até mais preconceito do que uma mulher gordinha? Preconceito que eu digo na hora de conseguir um relacionamento. Bem ou mal, eu sempre vejo as gordinhas acompanhadas. É difícil uma gordinha não ter ninguém pelo menos uma vez na vida… Além disso, parece que os admiradores de gordinha ainda são mais visíveis do que as admiradoras de gordinho. Assim, acho que na hora de um relacionamento, o gordinho sofre mais preconceito.
      Já vi muito disso, sabe? Menina olhando torto e dizendo que nunca ficaria com determinado sujeito porque ele é gordo. Complicado isso.

  11. Uma coisa que eu ODEEEEEEEIO é esse tal de vc poderia arrumar algo melhor. Parece que as pessoas estão falando de emprego, carro, e não de gente. Amei seu relato, pois vc e seu marido se completam pelo todo que são, ao meu ver ele é o melhor p vc e vc p ele, mas as pessoas tem que se meter em tudo né?! Quando eu vejo as pessoas se relacionando eu fico pensando em 1000 coisas menos na aparência, tipo espero que seja carinhoso, companheiro que seja algo duradouro, mas quando a maioria das pessoas fala, vc poderia “conseguir” algo melhor estão sempre focadas na aparência. Aff que ÓDIOOOOOO

  12. Preconceito é algo sem conserto! Cresci ouvindo meu pai me ensinar que o preconceito é um sentimento. Não dá pra dizer pras pessoas “nao sejam preconceituosas”. Ou vc sente ou não. É intrínseco. Sou gorda, negra e pobre. Imaginem quantas situações de preconceito já passei. O segredo foi aprender com eles. Doi é difícil mas a gente cresce e aprende a lidar. Nao consigo fazer ningem deixar de rir ou fazer graça de gordas, as eu apredi a convivercom quem não me aceita assim. Mas eu aprendi a me aceitar assim.

  13. Bom, eu posso fazer o seguinte testemunho: Eu já estive do lado de lá!!! Também fiz zoações quando meus amigos e colegas de escola ficavam com gordinhas ou ao menos quando faziam amizades com elas. O engraçado é que as crianças podem ser bastante cruéis devido a sua sinceridade irresponsável, mas esta postura acaba sendo herdada na adolescência e na fase adulta. Ainda na adolescência eu mantive esta postura até que um dia, um amigo meu me falou a seguinte frase:” Eu sou fascinado por uma gordinha”!!! Achei aquilo estranho, engraçado dei risadas mas não falei nada… Naquele dia eu comecei a reparar o quanto que ele tinha razão, pois as meninas gordinhas eram mais companheiras, esforçadas, sorridentes e tinham uma sensualidade natural que só de olhar já me sentia fisgado. Não demorou nem uma semana e eu já era admirador convicto, irrestrito e aberto delas. Naquela época eu já contava com meus 18 anos, mas era tímido e minha vida era casa, escola e igreja!!! E somente aos 20 anos é que eu pude realizar o meu sonho e de lá pra cá foram muitas aventuras, muitas lágrimas, mas minha vida mudou para a melhor. Inclusive, hoje dia 02/12 essa minha primeira namorada gordinha faz aniversário, coincidência? Rs, mas foi com ela que eu pude realmente descobrir o quanto de tempo que eu perdi em não ter dado atenção para as mulheres gordinhas e hoje em vias de me casar, posso dizer que sou um homem feliz e realizado!!! Passei por muitos preconceitos, má interpretações e exclusões; sou chamado de louco por muitas mulheres que com seus corpos esculturais e suas mentes vazias acham que só elas podem reinar e por homens que não tem a mesma coragem que eu tive!!! Mas não estou nem aí, o importante é que mais do que admirar me tornei um paladino da causa… Enfim, tudo isto faz parte de mim e é uma parte que já me identifica enquanto pessoa em muitos meios e isso pra mim é um orgulho!!!! Abraços a Todos!!!!!!

  14. Elisia Paes

    É muito triste ver que pessoas pensem tão pequeno a ponto de ridicularizar toda pessoa que está fora dos padrões. Quem não gosta de gordinhas e gordinhos, simplesmente não optam pelo respeito e sim pela desmoralização do próximo. Quer dizer que todo magro é saudável e toda pessoa acima do peso só come porcaria? E tudo que está fora dos padrões é inaceitável? Por que um pessoa não pode ser linda gordinha? Quer dizer que todo magro é bonito e saudável? Gordos só podem namorar gordos? A sociedade anda muito crítica e intolerante ao ser que é diferente. Me pergunto o que leva uma pessoa generalizar tudo e todos e ainda achar que é a dona da verdade. Fico muito feliz ao ler esses depoimentos de homens que gostam de mulherões, mas sei o quanto é difícil enfrentar o preconceito. Sou gorda e sempre fui, já passei por muito preconceito e ainda passo, mas continuo de cabeça erguida.

  15. Peter

    Eu já passei por essa situação. Também tenho dificuldade de me aproximar de gordinhas. Tenho vergonha de assumir. Infelizmente. Já deixei de ficar com gordinhas lindas por medo da reação dos meus pais, família e amigos. Todos eles abominam mulheres fofinhas. Me sinto um covarde por causa disso. Não consigo me interessar por mulheres magras. Não tenho atração nenhuma. Todos dizem que mulher magra é apresentável e a gordinha não. Descordo desse comentário. Queria ter a coragem de assumir o meu amor pelas gordinhas para todo mundo. Porém se eu assumir a minha preferência sei que vou sofrer com a rejeição dos meus pais, principalmente da minha mãe e dos meus amigos também. Não desejo que a pessoa que esteja ao meu lado seja maltratada também, receba ofensas. Não quero brigar com os meus pais, nem deixá-los nervosos. Ás vezes tenho vontade de fugir para bem longe deles. Só não saio de casa porque infelizmente ainda dependo deles financeiramente e no momento estou desempregado procurando emprego. Além disso, eu os amo muito. Atualmente gosto de uma gordinha e ela de mim também. Fez 1 ano recentemente que começamos a conversar. Nos afastamos algumas vezes, mas o carinho e amor que sentimos um pelo o outro falou mais alto. Ainda não nos conhecemos pessoalmente. Ela sabe do preconceito da minha família e do meu receio em assumir o meu gosto por mulheres gordinhas. Contei para ela. Mesmo assim ela está do meu lado, fala comigo, acredita em mim, me dá apoio para enfrentar o problema. Porém acho que ela pode duvidar do meu amor talvez. No lugar dela acho que pensaria da mesma forma. Sempre falo que vou contar para os meus pais, mas nunca tenho coragem. Me sinto mal por isso. Às vezes tenho nojo de mim por isso. Talvez esteja sendo preconceituoso também. Mas não quero ser esse tipo de pessoa. Odeio pessoas assim. Confesso que fico sem saber o que fazer. Ela também não acredita que eu possa fazer isso. Fico muito triste com essa situação. Na minha opinião as gordinhas são as melhores. Tem tudo no lugar proporcionalmente. Amo fartura, gordurinhas, pneuzinhos, adoro tocar, fazer carinho, abraçar uma gordinha. Atualmente me contento somente com as minhas gordurinhas, pois sou um magro barrigudo, o famoso falso magro. O melhor abraço que existe é de uma gordinha. Prometi a mim mesmo que vou tentar enfrentá-los. Tomara que eu consiga mesmo. Hoje fiz uma declaração de amor para ela. Não sei o que ela vai dizer, responder. Para ajudar moramos longe também, 2 horas e pouco. Penso nela toda hora, a todo momento. Eu adoro esse site, as modelos, tudo. Ficaria mais feliz se tivesse a minha gordinha linda ao meu lado. Ela não imagina o quanto eu amo ela. Não vou citar o meu nome e nem o dela para não sermos expostos. Mas sei que ela é o amor da minha vida e se precisar, o que tenho certeza vou ter que lutar por ela. Preciso deixar o amor falar mais alto. Desabafei tudo que estava na cabeça, dentro de mim. Quando li esta postagem, não pensei 2 vezes. Estou mais aliviado. Porém continuo triste.

    • Ana

      Vc só reforça um preconceito existente. Se vc tem nojo de vc, acho que não preciso dizer mais nada…

    • Peter,
      Não te julgo, gato!!!
      Menino,primeiro arrume um emprego,e aos poucos vai falando com sua mãe do seu gosto, mostra para ela o site de gordinhas,vai mostrando para ela,não seja grosso,exponha sua opinião,fico feliz que esteja se sentindo melhor menino,pois julgar nessa hora não ajuda em nada e sim te dou apoio para enfrentar as circunstancias,você será mais feliz, pode ter certeza disso…Te desejo sucesso ta,que DEUS TE ABENÇOE,você será feliz e já vejo você casado viuh … 🙂
      Um Abraço Dri

  16. Ana

    Opa.. Cadê o Antônio que não mora em BH!
    Infelizmente é assim mesmo. Moro em Belo Horizonte e aqui as mulheres têm fama de serem bonitas. O problema não é só esse, visto que aqui ainda tem o dobro de mulheres que homens… A gente brinca que é difícil ser mulher hetero e solteira em BH, mas eu acrescento: Ser mulher, hetero, solteira e gordinha… Acho que vou morrer sozinha…

  17. Priscilla

    Afora o preconceito que eu conheço e sinto na pele eu queria chamar atenção pra uma coisa que o rapaz falou. Das demagogias. Toda vez que um gorda arruma um namorado magro vejo todas comentando isso como a última maravilha do mundo, e outras vezes vejo a necessidade de ressaltar a magreza do namorado, como se os caras gordos fossem ruins. O que ele falou é realidade! Poucas poderão falar aqui que tem facilidade na vida amorosa e que dois caras bonitões estão atrás delas, por que essa necessidade de consolo e demagogias? Não seria muito melhor se assumir da maneira que realmente somos? “Oi, eu sou GORDA (não gordinha), não sou fofinha – tenho uma barriga enorme, flacidez, estrias e celulite- o que me exclui das modelos de tamanho “especial”, não sou bonita para o padrão estético atual, tenho dificuldades em relacionamentos porque os rapazes em geral não se interessam por mim, e não preciso de negar isso porque negar não vai mudar a cabeça das pessoas”
    Sou a favor de lutar por não ser xingada, por cadeiras maiores, e principalmente por ter apenas minha numeração em qualquer loja sem precisar me fazer de “diva” e falar plus size.Ser gorda não torna nenhuma de nós pior, nem EXCEPCIONAL.
    Cansei dessa vitimização, também sofro, mas escolhi priorizar outros aspectos da minha vida!

  18. Leandro

    Eu adoro “gordinhas”, mas Infelizmente nunca namorei uma, eu não tenho vergonha nenhuma de falar isso para o mundo, uma vez uma garota ficou sabendo que eu gostava de “gordinha” e veio perguntar por que eu gostava, que tipo de “gordinha”, ai passou uma e falei que era daquele tipo, ela fez uma cara de “desdenho” e falou assim: “dela?” eu disse que sim e que ela perto daquela “gordinha” para mim ela é uma baranga, o que mais fiquei chateado e fez eu responder deste modo é a cara e como ela falou, não é porque ela era toda bonitona e gostosona que deveria falar assim. Uma vez eu tive um relacionamento com uma “gordinha” e tinha o maior prazer e orgulho em sair com ela, estava nítido no meu rosto o quanto eu era feliz. No começo meus amigos não acreditavam que eu gostava de “gordinha”, mas com o passar do tempo eles entenderam e hoje eles acham muito legal isso. Acho que as pessoas que realmente gostam de você nunca irá se preocupar com a aparência da pessoa que você está e sim a felicidade que você está sentindo com aquela pessoa.

  19. Belo texto,gostei muito do que o Antonio falou,pois percebo ao meu redor,que os homens gostam de gordinhas sim,os que não assumem e falta de maturidade e personalidade(escutei isso de um homem),pois quando percebem estão sozinhos, porque se preocupou tanto com o preconceito alheio,enfim uma hora outra as águas se encontram e vai ter que acabar assumindo o que gosta ou vai viver frustrado!!

    Parabéns para os que assumem, e para os que não assumem,desejo que se encontre…Fica com Deus Beijos

  20. Concordo, mas faço uma ressalvas. Amigas feministas me ensinaram que utilizar o termo “gordinha” como quem tem medo de ofender, como se a palavra “gorda” fosse um problema, não é muito bacana. Estando atendo para o contexto, eu utilizo o diminutivo do termo sim, mas não tenho mais receio de dizer que gosto de mulheres gordas, sim. Também acho problemático dizer que um homem cis sofra algum tipo de preconceito. Na verdade, o que acontece, é que nós homens cis sofremos impactos da postura machista da sociedade, mas que em nós atinge somente em segundo momento, uma vez que as verdadeiras vítimas são as mulheres. Por isso digo que o feminismo liberta o homem também. Não fosse a luta das mulheres por sua própria causa, eu não teria, enquanto homem, iniciado o processo de desconstrução da masculinidade e que culminou em uma forma de pensar menos preconceituosa e mais coerente.

  21. GG

    uma vez estava no ponto de onibus e uma senhora ao meu lado, quando de repente passou uma jovem gorda, bem gorda com um namorado magro, de mãos dadas, como já diria a minha avó “no maior love”, pra mim normal, até que a senhora do meu lado, encarou copiosamente o casal com uma escara de desaprovação na face até que eles atravessassem todo o ponto de onibus e chegassem á esquina, sem nem mesmo ter notado o olhar venenoso da senhora, que depois do ocorrido teve a cara de pau absoluta de olhar pra mim (tbm sou gordinha) e balançar a cabeça negativamente como que buscando apoio para o seu pensamento preconceituoso, lancei o meu olhar “de azedar leite fresco” e sustentei o da senhora até ela desviar o rosto constrangida. É um absurdo uma pessoa pensar que a outra não tem o direito de ser feliz por ser gorda.

  22. melissa

    isso é muito ruim as pessoas não respeitam a preferência das pessoas.

  23. Sibelli

    Esse sentimento é terrível.
    Qual a diferença de namorar uma magra ou uma gorda?
    Ja passei por muito preconceito por ser gorda.
    Não pude fazer datilografia na escola pois o professor disse que gordo era muito lento.
    Ja foi enxotada com empurrões e gritos de uma festa pelo simples fato de ser gorda.
    Quando andava pela rua para ir para escola eu sempre era apedrejada por rapazes e me xingavam de popotão, baleia…
    Ja apanhei na rua por ser gorda.
    E agora…. eu me pergunto….
    No que eles eram melhores que eu?
    Hoje, tenho 32 anos, 1,55 de altura e 88 Kg.
    Não me acho feia.
    Canto nos bares da cidade onde vivo e na região e sou muito elogiada pela minha voz e beleza.
    Precisava tanto odio?
    Esses idiotas que não veem com bons olhos um relacionamento com uma gorda não sabe o que estão perdendo.
    Somos muito inteligentes, temos atitude, somos belas e temos uma ótima pegada.
    Obrigada pelas palavras do Antônio.

    Abraço a todas nós, Mulherões e poderosas.

    Sibelli Felix

  24. Luís

    Eu sei como é… quando vc é magro e está ficando com uma gordinha, sempre tem uns papos de que vc “arruma coisa melhor”, de que “tá fazendo caridade”, ou qualquer outra besteira. Mas eu ligo o foda-se mesmo. Eu acho as gordinhas super lindas, de verdade, sem hipocrisia e sem puxação de saco. Elas me atraem, já aconteceu em vezes que eu mesmo tentei não me deixar ser atraído (talvez pela repressão da sociedade, tentei reprimir esse meu gosto), e acho que esse chamado “padrão de beleza” imposto pela sociedade é completamente idiota. Todo mundo tem seu “gosto”. Uma pessoa pode sentir atração FÍSICA por uma garota gordinha SIM, sem essa de que “ah, ela é gente boa”, ou “prefiro garotas legais do que as aficionadas pela beleza”. Eu pelo menos, sinto muita (:

    • Abu

      Eis aqui luís mais um solidário a sua causa….quando eu deixei de namorar uma magra e me apaixonei por uma BBW ate meus amigos (da onça) me criticaram riram de mim pelas costas eu nem sei por que! não me arrependi nem um único milésimo,pelo contrario adoro cada veis mais abraçar,beijar,cheira e morder de levinho minha branquinha fofinha amos da minha vida e minha loucura que não curte as fofinha é porque não sabe o que esta perdendo mesmoooooooooooo!!!

  25. Silvio

    Sou suspeito para falar deste assunto, pois sou magro mas para mim, mulheres lindas são mesmo as gordinhas e digo de passagem’ que eu sou casado com a gordinha mais linda deste mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s