Porque nos escondemos dentro de uma roupa?

Por Cíntia Rojo

No mês passado a revista Elle americana promoveu uma edição especial com seis capas diferentes em que estrelaram as toda-poderosas de Hollywood. Penelope Cruz, Reese Whiterspoon, Marion Cotillard, Naomi Harris, Shailene Woodley e Melissa McCarthy foram as escolhidas para essa edição estelar. Fiquei muito feliz em ver Melissa, premiada por seu trabalho na deliciosa sitcom Mike & Molly, na capa de uma publicação tão importante no mundo da moda. Contudo… vocês já devem ter lido meus comentários sobre as escolhas da atriz, que sempre aparece com muito tecido mole e recortes que criam volumes desnecessários. Eu não entendo muito de celebridades mas acredito que por trás de cada look de tapete vermelho exista um batalhão composto por estilista, costureiro, personal stylist, maquiador, cabeleireiro, esteticista… enfim, vocês entenderam! E com esse pensamento, acreditava que por trás dos desastres fashion da Melissa, existia um responsável que não a própria atriz.

Revista Elle Novembro 2013

m_mccarthy_10102013_1

Quando as capas da Elle foram previamente divulgadas, as especialistas em moda plus size – ou seja, nós, mulheres gordas! – ficaram revoltadas: porque as outras mostram tanta pele e Melissa está toda coberta com um casaco que é o dobro do tamanho dela? Só porque Melissa é gorda resolveram cobri-la desse jeito? Acusaram a Elle de preconceito e houve até quem boicotou a revista alegando que o tratamento dado à Melissa tinha sido menor que o dispensado às outras atrizes. Alguns dias depois do bá-fá-fá, a verdade veio à tona por meio da própria Melissa: a escolha do casacão fora dela, dentre outras opções oferecidas pela produção. TÓIN!

Sabendo disso, pensem comigo: o que queremos mostrar ao mundo quando escolhemos nossas roupas? Quando vejo Melissa McCarthy, a bonita e talentosa atriz, sendo tratada por uma publicação de moda de alto nível como uma toda-poderosa em Hollywood, penso que ela deva se sentir o máximo, que seja uma mulher confiante e segura. Mas quando ela escolhe um casaco – ou qualquer outra peça que esconda seu corpo – começo a desconfiar de sua auto-estima.

Nós temos nossa personalidade e nosso jeito de se vestir. A Renata adora vestidinhos e decotes. Litha arrasa nos modelinhos vintage. Eu gosto de peças versáteis e clássicas. O que nós temos em comum é que, dentro do estilo pessoal, descobrimos os meios de expressar nossa beleza e nossa auto-estima, sem nos escondermos dentro de roupas largas, sem corte e sem forma. Abominamos roupas que não nos valorizem. Cremos que estar acima do peso ideal para nossa compleição física não nos condenou a esconder nosso corpo em sacos de batata.

Nos olhamos pouco no espelho, talvez por medo, talvez por vergonha, mas a verdade é que conhecer nosso corpo é um passo importante para reconhecer o que temos de bonito e o que gostamos em nós mesmas! Eu tenho quadris largos e arredondados e meu manequim de calça é 48. Toda vez que saio para fazer compras, ouço conselhos de como disfarçá-los. O engraçado é que ninguém nunca percebeu que eu gosto deles assim. Tenho a mesma estrutura da minha

família, de origem ítalo-espanhola, e acho que meu corpo é bastante feminino. Não vou usar uma roupa tamanho 52 para cobrí-los e acho que nenhum mulherão deva fazer isso.

Se Melissa não gosta do próprio corpo, não a recriminaria se ela decidisse fazer uma cirurgia, dieta ou tratamento estético para emagrecer. Como a Renata sempre diz, ninguém assinou contrato pra ser gorda e creio que cada pessoa sabe o que lhe faz feliz. Mas é preciso dizer e repetir, pra que a gente nunca esqueça: nossa beleza não pode ser medida em números. Peso não traduz nossa auto-estima mas a maneira como nos vestimos pode revelar a opinião que temos sobre nós mesmas.

O que vocês acham disso, mulherões?

20 Comentários

Arquivado em Moda e estilo

20 Respostas para “Porque nos escondemos dentro de uma roupa?

  1. Na minha singela opinião, acho que o que nos maltrata sem dó nem piedade é a mídia! Ela que dita os padrões do bonito e não bonito, do que deve ou não ser usado enfim…Minha saída pessoal para isso, é o boicote. Não vejo novelas, não vejo revistas enfim…fujo de tudo o que é irreal do meu dia a dia. Claro que estou antenada em alguns assuntos mas evito ao máximo que a televisão dite o que devo ou não fazer da minha vida. É difícil? claro! Mas não impossível. bjokas…

    • Concordo com você, a mídia é cruel e daí vem a pergunta: porque nossas estrelas gordinhas não aproveitam seu espaço na mídia para mostrar que além de talentosas elas são lindas? Melissa McCarthy, então, pode ser uma vítima da mídia também… só que esse é o meio em que ela convive… Você está certa! Ninguém pode ditar o que você deve ou não fazer! Beijos

  2. Patrícia

    A Melissa emagreceu assim ou é photoshop?!!?!?

  3. Arthur

    Penso que ela tem muito mal gosto. É uma mulher bonita, não precisa disso.

  4. Patricia

    Texto ótimo, Cíntia!!!
    Vejo o tempo todo mulheres se escondendo, nesse calorão infernal que estamos passando aqui no Brasil e não é por pudor, ou por gosto pessoal, é por vergonha do próprio corpo, do que os outros vão dizer, vão pensar!!

  5. tlopescavalcante

    Excelente texto. Eu sofria dessa baixa auto-estima quando adolescente e criança. Sempre tentava me esconder dentro de moletons, camisetas e roupas mais largas em geral. Não usava de jeito nenhum blusinhas sem mangas. Morria de vergonha dos meus 73 kg em 1,69 de altura. Naquela época, mal sabia eu que eu não era gorda, era cheinha, mas por conta do bullying, me odiava e sentia vergonha de mim. Aos 15 anos fui convidada para participar de um desfile de uma loja que vendia roupas um pouco maiores. Eu devia vestir uns 44 ou, no máximo, 46. Por conta da vergonha, da baixa auto-estima, abri mão do desfile, neguei até não aguentar o pedido, mesmo a loja insistindo. Hoje eu vejo o quanto perdi naquela época, mas hoje eu ganhei algo que me fazia muito mais falta: auto estima.

    Com meus 15 anos, por mais que o espelho me dissesse o quanto eu era bonita, o resto do mundo me dizia o contrário. Acabei escolhendo ouvir a opinião errada e me escondi. Porém, em algum momento entre meus 21 e 26 anos, tudo mudou. Acredito que foi de forma progressiva, mas hoje eu posso me olhar no espelho e dizer “Caraca, como você é linda!”. Não peso mais 73 kg, hoje peso 87 kg nos mesmos 1,69 de altura. Mesmo assim, pouco engordei visualmente, apenas ganhei mais bunda, mais coxa, peitos etc. E junto com esses quilinhos a mais, veio minha auto estima e foi-se minha vergonha. Hoje uso a roupa que quero e sei que minha felicidade não está na boca do outro, nem nos números da balança.

    Espero que mais gente possa se libertar e ver o quanto são lindas e que peso nada tem a ver com felicidade e beleza.

    • Que linda sua história! É uma libertação quando nos aceitamos e ficamos livres do peso da opinião alheia. Tenho pra mim que nos tornamos mais atraentes por causa da auto-confiança e auto-estima do que somente pela aparência. Obrigada por compartilhar sua história! Você é linda!

    • G.

      Sua felicidade pode não estar na boca do outro nem nos números da balança, mas certamente também não está nas porcarias tipo os quilos de chocolate com menos de 25% de cacau que você come que a fazem ser obesa, concorda?

  6. Paula Regina

    Cíntia, eu acho, minha opinião, que quem deveria ter exigido uma capa similar a tantas outras seria a própria Mellissa, não concorda? Mas ela mesma escolheu se tampar… Fico com pouco a teclar e muito a entristecer que, como detentora de uma “arma” (um mulherão protagonizar um sitcom e ganhar um Emmy), não a usa para findar pechas sobre mulherões!
    beijo =0*

  7. Eliane Santos

    Assisto Mike e Molly, e me divirto muito!
    Cheguei á pensar que foram o que escolheram para a Mellissa usar na Elle, mas que “triste” saber que foi ela mesma que escolheu usar esse casaco, escondendo suas curvas, lindas e poderosas. Tenho para mim que ela tem medo ou vergonha do seu corpo querendo escondê-lo dessa forma, a capa seria muito mais atraente e interessante mostrando um pouco mais da linda Mellissa.

    Beijos mulherões!

  8. Lari

    Hunmm, eu penso diferente. A uns dias li uma noticia dizendo que ela fez um tipo de ‘promessa’ com a atriz Rebel Wilson de não mudarem sua figura por causa dos padrões de hollywood. Achei isso muito legal, ela assumir e ter orgulho de ser acima do peso, apesar das inumeras críticas que deve receber todos os dias, a cada teste que faz, que não pode fazer, que não se enquadra. E assim não acho que seja condenável ela não ter uma auto-estima 100% – afinal muitas passam uma vida pra se sentir bem consigo mesma..agora imagina sob os holofotes e sabendo que o mundo esta te julgando. Então o fato de ela escolher usar o casaco, para mim, só mostra que ela se sente mais a vontade assim, nada mais. Infelizmente ela ainda não consegue “own it” totalmente seu corpo, mas ela não ter emagrecido ja me diz muita coisa sobre ela!!

  9. Pingback: Uma mensagem aos incomodados com nosso peso |

  10. Pingback: As gordas chatas e a mídia |

  11. G.

    É isso aí. Quando uma obesa escolhe uma roupa elegante como o casaco que a Melissa McCarthy usou para a capa da revista, desce o time do plus size (põe plus nisso) com um tacape na mão a julgar, a controlar, a execrar e a assumir isso ou aquilo da vida da outra. Não é disso mesmo que as obesas reclamam sem parar? Pois é, no fundo as plus size e obesas são iguaizinhas às suas detratoras.

  12. Luana

    Eu acho um saco essa patrulha, sendo muito sincera. As mulheres tem que ter direito de querer usar um trench coat chiquerrimo mesmo nao sendo magra sem que digam que ela quer se esconder. Eh o gosto dela e pronto, ja pensaram nisso? Se tivessem feito a capa dela soh com o rosto (igual a capa da Penelope Cruz) diriam que foi pra esconder o corpo.
    Precisamos superar esse complexo cronico das minorias que enchergam perseguicao e preconceito em tudo e deixar de ser chatas, pois isso sim eh brochante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s