“Litha, você emagreceu tanto, o que você fez?”

Por Litha Bacchi

Faz mais ou menos 1 ano que muitas leitoras vêm me perguntar isso. Eu me esquivei da resposta por muito tempo. Acho que, principalmente, porque eu ainda não tava vendo eu no meu novo corpo. Eu tinha aceitado que era gorda, eu estava feliz, era a minha identidade (não que eu tenha virado magra, longe disso, era apenas um corpo que eu não reconhecia mais).

Eu não fiz cirurgia. Eu não fiz dieta. Eu não tentei emagrecer. Foi uma combinação de fatores e muitas hipóteses. Eu me mudei pra Londres em setembro/outubro de 2012 e minha vida mudou muito.

1) Eu parei de tomar pílula anticoncepcional, pois aqui não dá pra entrar na farmácia e comprar, tem que ter receita médica todo mês. Fiquei enrolando pra ir e acabei decidindo não tomar mais mesmo.

2) Tenho uma doença auto imune na minha tireoide, que melhora ou piora por motivos que nunca dá pra saber direito quais são. Pois ela deu uma melhorada depois que eu vim, eu não sei o porquê. Eu tomava 150mcg de T4 e agora eu tomo 100mcg.

3) Londres tem muito mais escadas do que Porto Alegre. Eu faço muito mais baldeação no transporte público do que em Porto Alegre. Eu não tenho mãe ou amigos com carro, e o táxi é caro, então só ando de transporte público.

4) Eu comecei a trabalhar no setor de alimentação, primeiro num fast food, depois como garçonete. A gente passa muitas horas de pé, carrega peso, sobe e desce escada, limpa tudo, etc.

5) Eu não tenho mais comida à vontade, porque sou eu que compro a minha própria comida. Antes a minha mãe mantinha a geladeira cheia, às vezes até me dava o cartão dela pra eu mesma ir no super mercado e comprar tudo o que eu queria. Por incrível que pareça, quando eu era mais gorda eu comia muito melhor. Eu vivia comprando todos os tipos de legumes, carnes, peixe, etc, e tinha uma alimentação muito variada.

Quem nunca foi solteiro morando sozinho, que jogue a primeira pedra: mas comida não é um gasto prioritário pra mim. Eu compro comida o suficiente pra me manter alimentada, e como tudo o que posso quando é de graça (trabalho em restaurante). Perto de casa uma caixinha de frango frito é 1 libra, um pacote de cookies é 59 pence. Comida congelada é baratíssimo. Mas eu como menos do que eu comia antes. Não tenho uma alimentação tão boa, mas como menos.

Eu não tentei emagrecer, a vida me emagreceu. Talvez a vida me engorde de novo. Eu parei de perder peso espontaneamente e estabilizei. E também não estou tentando perder peso nenhum. Eu absolutamente detesto falar de dieta e métodos para perder peso porque isso me traz uma sensação muito ruim da parte da minha vida onde eu não me aceitava e me sentia muito triste. Por isso eu ignorei muitas vezes quando me perguntavam, ou dei alguma resposta curta. Porque o assunto me faz mal. Resolvi escrever esse post pra esclarecer e evitar que me perguntem novamente. Espero que entendam, mas o assunto “emagrecimento” me traumatizou muito durante a vida e não é algo que eu queira conversar sobre de novo.

8 Comentários

Arquivado em comportamento, Saúde, Uncategorized

8 Respostas para ““Litha, você emagreceu tanto, o que você fez?”

  1. Paulo Kalil

    livre arbítrio.

  2. Verdade!! A rotina realmente nos muda, tanto fisicamente quanto psicologicamente. Quando eu fazia faculdade eu era um pouco mais magra, sem querer, sem fazer dieta. Eu apenas estudava e trabalhava. E tinha dia que eu tinha que ir na faculdade de manhã e a noite. E trabalhar a tarde toda. Eu parava em casa só pra dormir. Comia rápido porque tava sempre com pressa. Depois que terminei os estudos e fiquei por conta só de trabalhar, acabei engordando. As mudanças de rotina refletem no nosso corpo.

  3. Raquel

    Litha! Linda como sempre… vivo procurando seus looks pra me inspirar… e é isso mesmo: a vida muda e mudamos junto, seja física e emocionalmente! Bjs com admiração sempre!

  4. Hoje estava em uma lanchonete, fazendo um lanche no intervalo do trabalho, e chegou uma moça, relativamente magra, e comentou com a colega ao lado: “Nossa, tem bolo hoje! Queria tanto fazer uma dieta…” Fiquei pensando em como as pessoas se prenderam a isto, até mesmo alguém que é magro quer fazer dieta, é uma moda irritante. Parei de fazer dieta, e também nem sei se é reeducação alimentar, apenas penso que preciso comer de forma saudável, me esforçar para fazer atividade física. Não importa o resultado disso, se eu emagrecer, ótimo, ficarei feliz! Você está certa em não querer falar sobre o assunto, as pessoas não podem ver um gordinho que o assunto vira dieta e alimentação.

  5. Renata Poskus

    Quando eu te conheci, você era mais magra, depois engordou e agora emagreceu de novo. E se eu te ver gorda de novo não vou estranhar. rsrs

    Eu entendo que você se importe de falar sobre seu peso. Ainda mais porque vejo que, muitas vezes, as perguntas são cheias de ironia.

    Lembro de quando comecei a fazer o Blog Mulherão, há 5 anos, em que eu dizia que havia emagrecido. E a galera só cutucava: “se é tão bom ser gorda, porque emagreceu”. Cansa falar que você pode ser feliz gorda ou magra.

    Vc é linda, era linda, continuará linda.

    Beijos,

  6. fernanda

    Qdo fui morar nos Estados Unidos tbm emagreci muito, muito mesmo nos primeiros 6 meses. Depois veio o inverno e engordei horrores pq tbm não cuidei da comida.
    Se cuida!

  7. Paula Regina

    Litha minha queridona, só hoje tive tempo de ler com calma teu post.
    Europa tem dessas coisas de emagrecer as pessoas. Passei 22 dias em LDN e a balança despencou (e olha que foi viagem turística e com maridão).
    Como adorei as sopas, jantava elas e a gente anda muito, muito mesmo.

    Fora isso, eu concordo contigo que há lugares que nos emagrecem e o clima, isso é vero!, ajuda muito, por incrível que pareça. Para voce manter o corpo aquecido, queima as calorias e gordurinhas.
    Quem sabe um dia neve 4 meses aqui no Rio huahauahaaahuahaa ;o}

    Essa da pílula eu não sabia… Lendo e aprendendo.
    No mais, se LDN esta te fazendo bem, é o que mais importa. Bjks mil.

  8. Me identifiquei com você! me sinto da mesma maneira quando me abordam sobre dieta… tive muitos problemas também no que diz respeito a dietas e remédios para emagrecer…e tbm detesto quando alguém toca nesses assuntos comigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s