Arquivo da tag: alma

Só hoje

Por Keka Demétrio

Hoje eu não quero muito, quero só o necessário para me abastecer.

Quero que os recipientes da alma se completem, mas algumas coisas não dependem apenas de mim para que isso aconteça. Você precisa me ajudar.

Preciso do seu sorriso largo, do seu colo macio e da sua voz doce, e ao mesmo tempo grave, me dizendo o quanto sou especial. Não me pergunte porque preciso ouvir se você tá cansado de saber que eu me sinto especial e por isso mesmo me adora. Apenas faça o que pedi.

Também quero que suas mãos afaguem os meus cabelos, como se varressem de dentro da minha cabeça tudo o tipo de pensamento que possa me deixar triste. Aproveite a oportunidade e também diga que meus cabelos são lindos. Muitas das vezes eu cuido deles para você.

Peça-me para fechar os olhos e toque o meu rosto com a ponta dos teus dedos, só para eu me sentir uma obra de arte que de tão rara dá medo até de tocar. E se eu entreabrir os lábios cala-me com um beijo suave e diga-me para só sentir.

Conte-me alguma história interessante e me leve para dentro dela. Deixe-me interagir com os seus conhecimentos e fazer parte desse mundo tão seu. Faça-me aprender o que não sei e aprimorar o pouco que sei. Isso também há de dar-me prazer.

Calma, ainda não acabou.

Agora que estou sentindo-me tranqüila e protegida permito que mergulhe em meus olhos enquanto vou desbravando os teus. Vou desvendando alguns dos seus segredos e você vai descobrindo que meu mundo não é tão confuso assim, que eu apenas tento acertar, mas que foi errando que eu descobri que ainda sou muito menos daquilo que posso chegar a ser. E é por isso que hoje pedi sua ajuda.

Descobri que por mais autosuficiente que eu seja, preciso do seu calor, das tuas palavras, dos teus gestos, do seu riso fácil e do que tem dentro do seu coração. Descobri que a felicidade sufoca quando não temos com quem dividi-la. E deve ser por isso que um monte de gente se esquece de procurá-la. Então, me deixa dividir a minha com você, eu não quero esquecer o que é ser feliz.

É, eu sei, esse seu carinho sempre me da paz e eu estou quase dormindo. E quando isso acontecer me cubra com o seu abraço, você sabe que eu não gosto de dormir descoberta. E mesmo que a gente acorde cada um para um lado, eu vou despertar feliz sabendo que quando eu mais precisei você esteve comigo.

37 Comentários

Arquivado em comportamento, Para Refletir, Relacionamento

A vida fica.

Por Keka Demétrio

Um amigo certo dia me disse que cansou de ouvir as pessoas dizerem que a vida passa”, mas que ele pensa diferente. Em sua concepção “a vida fica, quem passa somos nós”.

Não me lembro de algum dia ter pensado desta maneira e, se já o fiz, com certeza foi em uma época em que a ânsia pela quantidade era muito maior do que a pela qualidade, diferente de agora que ao ler a mensagem fiquei absorta em meus pensamentos tentando recriar passagens de minha vida como quem quer assistir a um trailler de uma história interessante. Procurando achar detalhes que marcaram minha passagem pela vida até aqui.

As primeiras lembranças que vieram a minha mente foram acontecimentos que de alguma forma feriram meu coração. Quando temos esse tipo de recordação uma nostalgia carrega nossos olhos e a melancolia toma conta. Parece que sentimos um prazer extra em alimentar essas lembranças. Mas se estou a procura de fatos vividos e marcantes, não devo querer separá-los em bons ou ruins, mas sim  em acontecimentos que transformaram, ou não, a minha história. E, se eu soube aproveitar os bons momentos, ótimo, mas se eu soube transformar os ruins em lições, melhor ainda, porque no fundo, o que realmente nos ensina a viver são nossas atitudes diante das feridas abertas, ou seja, o que fazemos para curá-las.

Antes, não há muito tempo, quando eu me lembrava da minha infância recheada de férias na fazenda, de brincadeiras de rua, dos presentes no natal, das sensações vividas na época do primeiro beijo e na descoberta do amor, e a emoção indescritível do nascimento dos meus filhos, eu dizia que era feliz e não sabia. Mas hoje, ao olhar para trás, eu vejo que, apesar de algumas atitudes não tão legais cometidas para comigo mesma (talvez pela imaturidade dos sonhos, ou mesmo pela impaciência da alma), percebo que até hoje passei pela vida de forma brilhante. Amando e sendo amada, desejando e sendo desejada, busquei cada sonho que me preenchia a alma, alguns me renderam muitas lágrimas e cicatrizes, e outros tantos a felicidade, mas todos me dando a certeza de que eu não estava passando pela vida em vão.

Quero, a cada amanhecer, poder olhar o dia que passou com muito mais serenidade e alegria, e com a consciência de que, se não pude realizar tudo o que desejava, e nem ir muito além do que sonhava, a cada dia que eu passar pela vida tenho, por obrigação, vivê-lo abundantemente em todos os sentidos. E só se vive em abundância quem consegue passar pela vida fortalecendo a fé em si mesmo, acreditando em seu poder como obra divina.   

44 Comentários

Arquivado em comportamento, Para Refletir, Preconceito, Relacionamento

Por Keka Demétrio

Nunca vi alguém dizer que não tem fé. Às vezes algumas pessoas dizem que tem pouca fé, mas nenhuma fé eu nunca ouvi. Acontece que dizer só da boca pra fora é o mesmo que cuspir uma comida ruim que nunca experimentou.

Desde pequenos aprendemos que temos que ter fé em DEUS, e acho isso fantástico porque Ele é nosso maior sustentáculo e a razão de todas as coisas, porém não me lembro de alguém ter me falado que preciso ter fé em mim mesma, e que por ser obra divina já nasci com essa sementinha que precisa ser regrada diuturnamente.

Esqueceram de me contar que para eu me amar e crer na força desse amor eu antes preciso exercitar a fé em mim mesma e isso é que vai me levar a construir a minha própria história, e mesmo que em alguns momentos essa fé possa vir a diminuir por algum motivo, já que sou humana e passível de erros e influências, a história é minha e só eu tenho o direito e a capacidade de escrevê-la e modificá-la quantas vezes se fizer necessárias. 

Não vejo sentido em alguém dizer que tem fé em DEUS se não consegue acreditar em si mesmo que é sua maior obra. Como alguém pode olhar para o céu, e em oração, pedir alguma coisa se sequer agradece a maravilha de estar vivo? É controverso ter fé no Criador se você não acredita na sua criação.

Se sente triste, desanimado, sem forças para continuar, que atire a primeira pedra quem nunca se sentiu assim, e se isso te acalenta, sim, porque é incrível como nossa dor diminui quando percebemos que outras pessoas também sofrem pelo mesmo mal que está nos fazendo sofrer, problemas todos nós temos, mas o que é um problema que não uma espécie de equação que precisa ser resolvida? Nas equações da vida, algumas mais, e outras menos complicadas, a crença em si mesmo, na sua capacidade de superação e crescimento como ser humano é a fé ditando todas as fórmulas necessárias para resolver qualquer uma delas. Mas sem fé, vai continuar perdido tal qual menino quando começa a aprender equação de 2º grau.

Por que teimamos em ter fé na capacidade dos outros e quando é para nós realizarmos o primeiro pensamento é que não iremos conseguir? Sem acreditar na sua potencialidade é impossível realizar sonhos, porque é preciso combustível para manter a chama acesa quando quiserem te fazer acreditar que você é pequeno demais pra realizá-los.

Então, regue a sementinha da fé que existe dentro de você e que está louca para brotar e se tornar uma árvore frondosa que irá lhe dar abrigo nos dias em que o sol escaldante arder a sua alma. 

 

30 Comentários

Arquivado em comportamento, Para Refletir, Preconceito, Relacionamento