Arquivo da tag: bem-estar

Qual adoçante é melhor: aspartame ou sucralose?

adoçante

Por Renata Poskus Vaz

Meninas, agora, toda segunda-feira, no nosso tão conhecido dia internacional da dieta, vou trazer aqui no Blog Mulherão dicas da Saison Spa para nossa saúde, alimentação e qualidade de vida.

Para começar, uma coisa que sempre me intrigou na hora de fazer reeducação alimentar: o que é melhor, aspartame ou sucralose?

Nas prateleiras dos supermercados eles, normalmente, ocupam espaços nobres. Antes restritos às dietas de diabéticos, os adoçantes vem conquistando cada vez mais consumidores, desde que passaram a fazer parte também do dia a dia de quem quer emagrecer. O uso dele em substituição do açúcar pode até contribuir para o resultado no corpo, mas o que nem todo mundo sabe é que alguns deles podem trazer mais malefícios do que benefícios ao organismo. É isso mesmo: antes de escolher o adoçante é importante entender o que todas aquelas letrinhas menores que identificam a substância utilizada para adoçar querem dizer. Na dúvida, a nutricionista da Saison Spa, Thaysa Diniz, ensina: opte pela sucralose!
Quem procura por um adoçante vai encontrar no mercado pelo menos nove alternativas, mas as mais comuns são a sucralose e o aspartame. A substância, sempre indicada no rótulo principal do produto, passa despercebida por muitos consumidores, mas, de acordo com Thaysa Diniz, deveria receber mais atenção. Isso porque pesquisas já comprovaram que o acúmulo de substâncias que compõem o aspartame podem ter efeitos sérios no organismo, contribuindo inclusive para a ocorrência de danos cerebrais.
A nutricionista explica que o aspartame deriva de uma combinação de dois aminoácidos – o ácido aspártico e a fenilalanina – e é cerca de 200 vezes mais doce que o açúcar. Quando digerido, ele se quebra em três componentes – ácido aspártico, fenilalanina e metanol – e extamente esta quebra que gera problemas. Especialistas dizem que o metanol pode causar danos ao organismo, bem como a fenilalanina isolada. Para a maioria das pessoas, a fenilalanina é processada por meio de enzimas, mas pessoas portadoras de fenilcetonúria não conseguem produzir enzimas suficientes para quebrar a substância, o que pode ter consequências graves.
A sucralose, alerta Thaysa Diniz, é melhor porque não é absorvida, devido a sua estrutura molecular. “Ela não é metabolizada pelo organismo, por conta das moléculas de cloro em sua composição. Por isso ela não tem calorias e nem restrições”, explica a nutricionista. A substância adoça 600 vezes mais do que o açúcar, mas entra e sai do corpo da mesma maneira, sem sofrer alterações. As moléculas de cloro também são responsáveis pela resistência da sucralose a altas temperaturas, o que permite inclusive seu uso culinário, mesmo em pratos assados e cozidos, o que não é possível fazer com o aspartame e tantos outros adoçantes artificiais.
Gostaram das dicas? Aproveitem e vejam o vídeo com o meu depoimento e da Hannah lá na Saison Spa:
*este texto é um publipost

5 Comentários

Arquivado em Saúde

Programa Bem Estar fala sobre obesidade, com presença de Fabiana Karla

Por Wirlany Machado, correspondente de Goiás do Blog Mulherão

Na quinta-feira, 8 de dezembro, o assunto obesidade foi abordado de uma forma bem tranqüila apesar de superficial no Programa Bem Estar. Contou com a presença do médico endocrinologista Alfredo Halpern e da atriz Fabiana Karla. O Dr. Alfredo explicou que a obesidade não é falta de vergonha da pessoa. É uma doença. E que existem forças engordativas pra pessoas serem obesas (comer mais, gastar menos calorias, fazem mais gordura e dificuldade de queimar gordura). Deixando claro que é possível estar acima do peso e ser saudável. Foi falado sobre como os gordos e obesos sofrem preconceito da sociedade nos momentos de comprar roupas e nas horas de conseguir um emprego. Gente, não consigo acreditar que ainda passamos por isso!

 A atriz Fabiana Karla ainda falou de sua personagem Dra. Lorca no Programa Zorra Total, de sua vivência como gordinha e da dificuldade de comprar roupas. E ainda disse que manda fazer roupas sob medida. Simplesmente a adoro! A atriz abordou com graciosidade o assunto. Ainda temos a participação do engraçadíssimo ator Leandro Hassum. A parte que ele mostra o closet, o blazer que não fecha e as várias camisetas da mesma cor é hilária.

Leitores (as), se você não viu o programa Bem Estar neste dia, recomendo que veja. Sabe como? Acesse:

http://g1.globo.com/videos/bem-estar/t/edicoes/v/gordos-e-obesos-sofrem-preconceito-da-sociedade/1723901/

Ser gordinho não é problema. Ame-se e se aceite! Caso não esteja sentindo-se bem, procure um endocrinologista de sua confiança. O importante é ser um gordinho saudável!

Gente! Confesso que ser gordinha pra mim já foi problema. Hoje aprendi a me amar e a valorizar o que tenho de melhor. Mulher tem que estar sempre poderosa! Gordinha ou não. Cabelo arrumado, maquiagem impecável, cheirosa, depilação em dia, unhas pintadas e uma roupa legal. Olhem pro espelho e gostem do que estão vendo! Cuidem-se!!!!

Beijos

Wirlany Machado

11 Comentários

Arquivado em comportamento, Curiosidades, TV

Diário de um mulherão no Spa

Por Andrea Boschim

Queriduxas, na semana passada eu disse que passaria com a Renata 1 semana no Spa Saison, que fica em Itaipava, região de Petrópolis. Ao longo desta semana, vou contar como foi o nosso dia-a-dia.

Primeiro dia

Acordamos às 7h e passamos pelo “postinho” para pesagem e o exame de bioimpedância. Tiramos nossas medidas também e no final de nossa estada faremos um comparativo. Depois, tomamos nosso café da manhã que até que estava bem gostosinho: um pedaço pequeno de mamão, uma fatia fina de melão, uma bisnaguinha integral com requeijão light e meia xícara de café com leite e adoçante, claro!

Após o café, eu e a Renata nos juntamos a um grupo de 8 hóspedes para a caminhada matinal, no parque da cidade de Petrópolis. A estimativa é de 4 voltas em 60 minutos. A Renata conseguiu, e ainda levou um incentivo a mais: sua freqüência cardíaca ficou o tempo todo abaixo do esperado, o que significa que ela tem pique para caminhar mais rápido. Consegui 3 voltas e a minha freqüência beirou o limite do aceitável. Mas só na primeira volta, porque as outras duas foram mais suaves. Acho que é a resistência inconsciente do meu corpo à atividade física, já que sou extremamente sedentária.

Voltamos ao SPA para passar por consulta com a fisioterapeuta e a nutricionista. Antes, demos um pulinho no bar da piscina para tomar um suco diurético, que fui descobrir depois é chá gelado de berinjela, folha de abacate e sumo de limão batidos com gelo. Eu e a Renata descobrimos mais alguma coisa em comum: a lordose.

Já na nutricionista, que sufoco… Enquanto a Renata come de tudo e o que ela não gosta muito faz questão de experimentar, por entender que a escolha dos alimentos têm um porquê, sou a chatonilda que não come nada. Mas a nutricionista foi super bacana e vai fazer as alterações para que eu possa levar essa alimentação restrita numa boa. E nem estamos falando de algo tão restrito assim, já que nossa dieta é de 850 kcal por dia.

Eu sei, eu sei, não daria nem para comer uma promoção de fastfood com essas minguadas calorias, mas podia ser pior já que o SPA dispõe de 05 faixas de dietas: 500kcal, 650 kcal, 850 kcal, 1000 kcal e 120 kcal. Vou ver se descolo com a nutricionista exemplos de cardápio em todas as faixas para vocês entenderem na prática essa diferença. Saímos da consulta direto para outra refeição, que aqui eles chamam de COLAÇÃO. Só um suquinho num copinho d  café ou uma barrinha de cereais para tapear o estômago que já começava a resmungar.

Tempo para uma ducha refrescante, já que está um calorão por aqui, e já era hora do almoço. UEBA!!!

Salada de tomate, pepino, alface, cebola para a minha amiga Rê regados a um molhinho de mostarda. Prato principal um medalhão de fillet mignon com vagem refogada (que eu dispensei… Nessa eu dancei, pois devia ter pedido uma opção no café da manhã! Essas calorias vão fazer falta mais tarde, já estou até vendo!!)

Deitamos na rede para dar aquela descansada básica de 15 minutos, já que passaríamos pela avaliação física em seguida.

Nossa avaliação física foi muito semelhante: não sei se porque estamos juntas, e é mais fácil poder fazer as atividades juntas ou se porque tinha mesmo que ser assim!

Às 15h fomos para a aula de hidroginástica, e aí tive outra descoberta: sou a mais descoordenada de todas as pessoas (vezes 2)… Gente quem foi que inventou movimento de braços e pernas cruzados? Embaixo d´água fica ainda pior conseguir concentrar os movimentos e equilibrar o copo para não engolir água clorada o tempo todo!!

E para terminar o dia bem, uma boa aula de alongamento! Sabiam que mulheres que usam muito salto alto têm “síndrome da panturrilha encurtada”? E depois de tantos anos de salto, que dificuldade conseguir alongar essa parte do corpo… Esse é um exercício que definitivamente vou levar pro resto da vida comigo!!

Nosso jantar é bem semelhante ao almoço: muita salada, para mim uma porção de proteína, que por sinal foi filet mignon de novo, mas eu não ligo, porque amo carne vermelha; e para a Renata que come muito melhor do que eu, uma sopa de feijão.

Após o jantar assistimos Noites de Tormenta no cinema do SPA, e antes de dormir tomei um delicioso iogurte desnatado com gérmen de trigo e essência de baunilha. A Renata optou por uma fatia fina de queijo minas.

Estávamos cansadas. Mas quando chegamos no quarto ainda fomos checar nossos emails, assistir um pouco de TV e eu vim escrever para vocês sobre nosso dia! Mas não nos demoramos muito acordadas, afinal o dia aqui no SPA começa cedo e puxado, então tratamos de dormir!

Quer saber mais sobre o nosso primeiro dia no Spa Saison? Veja este video:

13 Comentários

Arquivado em Saúde