Arquivo da tag: bermuda

La Moda Lidi: roupas de tecido plano para quem usa até manequim 60

Por Renata Poskus Vaz

Olá, mulherões! Hoje estou muito, muito feliz porque vou mostrar para vocês a coleção da La Moda Lidi, que acabou de sair do forno e que me deixou MUITO feliz. Está curiosa para saber o porquê?

1) Eu fiz a produção dos looks do catálogo!

Ahhhh, produzir um catálogo dá um baita orgulho. Ainda mais quando a modelo é tão linda e famosa, assim como a Cléo Fernandes. Mas um trabalho bonito como esse tem uma grande equipe por trás, não dá para fazer sozinha! Assinei a produção com Marcelo Ultraa. A maquiadora foi a Pam Archanjo. Já as fotos e o video do making off são da dupla Magdiel e Adriana Libini. Dá uma espiadinha no making off (acho que eu nem apareço no vídeo, mas se eu aparecer, por favor, ignorem a cara de acabada)…

2) Roupas de tecido plano

Nada contra as malharias. Tenho muitas roupinhas de malha, mas acho super justo que tenhamos a opção de comprar roupas em tecido plano também. La Moda Lidi só faz roupas em tecido plano. A desvantagem é que elas custam bem mais que as roupas de malha e a vantagem é que duram muito mais e podem ser usadas no dia a dia e também em ocasiões especiais, pois tem caimento, qualidade e apresentação bem superior.

3) Roupas até manequim 60

A maioria dos modelos da La Moda Lidi vai do 44 ao generoso 60. Grande parte das confecções da região do Brás, em São Paulo, fabricam apenas até o miúdo 52. Uma grande conquista para quem usa manequins maiores. Seria excelente que mais grifes seguissem o exemplo da La Moda Lidi e ampliassem suas grades.

4) A coleção está à venda na Loja Mulherão

Como se trata da coleção de Primavera Verão da La Moda Lidi, nem todos os produtos já estão à venda. Mesmo assim, já temos em nossa loja, cerca de 10 produtos lindos para vocês comprarem. Se tiverem dúvidas, por favor, nos contatem: contato@lojamulherao.com.br

Agora, vamos aos looks:

moda plus size 7

moda plus size 5

moda plus size 6

Moda plus size 2

moda plus size 1

Quer ver mais? Acesse: www.lojamulherao.com.br

6 Comentários

Arquivado em Loja Mulherão, Moda e estilo, Uncategorized

Look do Dia – Camiseta divertida

por Litha Bacchi

Hoje o look do dia é mais informal, com referências geek trazidas pela camiseta da Mulher Maravilha! Esse é um bom exemplo de como usar uma camiseta sem cair no tédio (e aproveitando o post da Keka sobre cintas e dobrinhas, porque aqui estou compartilhando as minhas!).

Camiseta: Back in Black
Cardigã: Asos
Bermuda: MB Curvy
Coturno: Extremo Sul (loja de artigos para militares e esportes radicais)
Clutch: Ebay
Anéis: Lo-litha (minha loja virtual)

21 Comentários

Arquivado em Look do Dia, Moda e estilo

Hipocrisia e felicidade

Por Keka Demétrio

Ando em um momento em minha vida onde estou procurando mais ouvir do que falar, e já dizia meu sábio avô que quando conseguimos nos calar a boca é porque a nossa voz interior está falando mais alto, e consequentemente isso nos conecta com a vida.

Já tem um tempo que estou percebendo algumas pessoas dizerem que é impossível ser feliz quando se está acima do peso, que quem grita isso aos quatro cantos está sendo hipócrita, fingindo uma felicidade inexistente.

Bom, não posso falar por ninguém além de por mim mesma. E sou feliz sim, com todas as minhas gorduras extras. Porque para mim a felicidade vai muito além de um corpo e tem mais a ver com a forma como eu me sinto, me vejo e me posiciono para mim mesma.

Um monte de gente diz que irradio uma felicidade contagiante e constante. Sim, eu sou feliz, mas eu também fico triste, magoada, às vezes sinto solidão que o coração chega a doer, fora as vezes que me acho horrorosa de feia (nessas horas a terapia do espelho me salva…rs). Tem dias que não sinto vontade de levantar da cama, aliás, a vontade é de ficar o dia todo assistindo comédia romântica, me empanturrando com chocolate, sorvete, pipoca e guaraná. Tenho sim minhas crises depressivas e de choro. Sou dotada de todo tido de sentimento e emoção, ou seja, normal como qualquer outro ser humano.

O que eu não faço, em definitivo, é ficar alimentando essa parte negra da vida, não permito que essa nuvem escura tome conta dos minhas ações e determine como será o meu dia. Prefiro educar meus pensamentos com alegria, procurando, embora nem sempre seja fácil, perceber o lado bom das coisas, porque de uma coisa tenho certeza, sempre há um lado positivo.

Já fiquei triste por estar gorda, por não poder vestir um short bacana por causa das coxas grossas e com celulite, mas na época pensei que isso não poderia me proibir de vestir uma bermuda linda e curtir o verão como todo mundo. Então, penso que aprender a educar os pensamentos seja uma arma poderosa contra esses pontos negativos que não nos traz alegria e vida, ao contrário, nos deixa pra baixo, com o sentimento de exclusão.

Talvez aí esteja uma das diferenças entre quem consegue ser feliz mesmo tendo consciência de suas limitações, e aqueles que fazem desses limites o ponto central de suas vidas. Isso não é ser hipócrita, é saber tirar proveito da vida.

Sou gorda, linda, gostosa, mais do que isso, sou inteligente, porque sei transformar pesadelos em sonhos.

113 Comentários

Arquivado em comportamento, Para Refletir, Preconceito, Relacionamento