Arquivo da tag: Jesus

Oferecer a outra face ou mandar para a p.q.p?

Renata Poskus

Por Renata Poskus Vaz

Mesmo quem não é cristão,  no Brasil, cresce ouvindo os ensinamentos de Jesus. Na escola, em casa, na rua, sempre vai existir alguém te dando um conselho que, na verdade, leu no evangelho ou reproduziu sem nem ao menos saber de onde vem.

E eu sempre achei isso tudo uma chatice. A morte para mim era ouvir o “ofereça a outra face”, quando um “inimigo” me agredia. Eu achava tão babaca essa história de oferecer a outra face! Pensava: “ah, tá, Jesus não tinha que aguentar esse povo que eu aguento. Eu serei uma babaca se não revidar!”. E estava lá eu seguindo a Lei de Talião e distribuindo sopapos para todo lado.

Se você não sabe o que é a Lei de Talião, eu te explico.  É a lei do “olho por olho, dente por dente”. As primeiras inscrições sobre essa lei datam de  quase 2 mil anos a.C. Então, a sugestão de Jesus de “oferecer a outra face”, veio para tentar reverter essa história de fazer justiça com as próprias mãos, vingança e retaliação.

Só que eu,  toda trabalhada no rancor (não fui sempre assim, mas por uma série de fatores fui ficando meio azedinha), acabei adotando e praticando com afinco a lei do “olho por olho, dente por dente”. E nessas, com o tempo, de tanto “olho por olho,  dente por dente”, acabei cega e banguela. E quem não enxerga e não tem dentes para de perceber a beleza da vida e o sabor doce que ela pode ter.

Sempre, desde pequena, atrai inveja, cobiça e a ira de muita gente (sou linda e inteligente, desculpa, fazer o quê?!  :p ). Eu me recordo, por exemplo, de quando tinha uns 7 anos de idade e fui à uma festinha de uma criança do  meu prédio. Eu era uma garota boazinha. Lá, a mãe de uma menina, alcóolatra, começou a ridicularizar a mim e ao meu irmão. Dizia: “a roupa de vocês é descartável? A cada festa vocês estão com uma roupa nova? Vocês se acham melhor do que os outros?”. Hoje, como adulta, imagino que aquela mulher estivesse com inveja, ou até mesmo decepcionada consigo mesma, em ver que minha mãe podia nos dar uma roupinha nova a cada festa e que ela não poderia fazer o mesmo por sua filha. Mas na época eu era uma criança e simplesmente não entendia aquele ataque desnecessário. Eu nem percebia que estava com roupas novas enquanto outras meninas usavam roupas repetidas. Isso é coisa de adulto! Eu chorei,  guardei aquelas palavras e jurei para mim mesma: “quando eu for grande, ninguém vai falar assim comigo”.

E eu fui crescendo e “aprendendo” a me defender atacando. Com o Blog Mulherão, ataques injustificáveis, inveja, ira e provocações contra mim continuaram. Coisa baixa mesmo, de gente medíocre que precisa atacar e acabar com a vida dos outros para se sentir menos insignificante. E eu que trabalho certinho, com muita dedicação e afinco, me sentia injustiçada. Dava valor demais para quem não merecia. Respondia, atacava, brigava, pois acreditava que eu tinha direito à retaliação. E de certa forma, até tinha mesmo. Mas no final, eu sofria. E era muito sofrimento mesmo, que me causava noites de sono mal dormidas, minha saúde, minha paz.

Ao não dar a outra face, eu recebia toda aquela emanação de ódio e a cultivava e a alimentava, dentro de mim. De repente, eu não era mais vítima, mas algoz. A minha própria algoz!

Não foi em um dia ou dois que eu reavaliei tudo isso. Demorou muito tempo. E não é fácil como se imagina. Dizer um: “não sinto ódio” é bem diferente de não sentir mais ódio. Mudar o discurso é fácil, mas o coração… Ah, isso leva tempo e um bocado de esforço. Percebi que a gente só sente ódio de quem a gente ama, por conta da decepção, da frustração, traição. Então, porque não transformar esse ódio em amor, novamente?

Não há como se sentir ódio de um estranho, alguém que não represente nada para a gente. Para essas pessoas, por quem não sentia nada, aprendi a trabalhar o desprezo. E desprezo não é querer mal, é simplesmente não se importar.

Alguém me mandou uma mensagem negativa, me atacando? Conheço? É importante para mim? Se não é, eu ignoro e desprezo. Se for importante para mim, eu converso (sem patadas, sem ódio, com o coração aberto).

Alguém veio me falar que fulano falou sei lá o que de mim? Desprezo quem possivelmente falou e quem trouxe a fofoca também, porque quem alimenta intrigas é possivelmente muito pior do que aquele que proferiu a inverdade.

Também comecei a me reaproximar de pessoas que eram importantes para mim, que eu amava, mas por conta desse bate e leva, amor e ódio, me afastei. Perdoar e ser perdoado, de verdade, é legal pacas. A gente percebe que é possível refazer nossa história. Se não é reescrevendo um novo começo, que seja construindo um novo final (acho que li isso em um livro).

Não, não sou santa. Ainda me pego pensando cada maldadezinha que vocês não fazem ideia. Todo dia ainda quero mandar alguém para a puta que pariu longe. Tudo é questão de treino. Mas sou um mulherão de verdade e quero, posso e preciso me aprimorar sempre. 😉

9 Comentários

Arquivado em comportamento

O resgate

Por Keka Demétrio

E lá se vai 2011. Foram 8.760 horas que a vida nos ofereceu para fazermos o que quiséssemos, e a maioria esmagadora de nós não fez tudo o que tinha para ser feito, quando fizemos não realizamos com a sabedoria necessária, e por isto, em muitos instantes, titubeamos, tropeçamos, caímos, mas nos levantamos e seguimos em frente como tem que ser.

2011 foi um ano totalmente atípico em minha vida. Ano de descobertas e resgates. Descobri a Angélica que completa a Keka e vice versa. Descobri que o amor em sua plenitude resgata vidas e que só ele é o verdadeiro caminho que leva à totalidade do tudo que é Deus. Descobri mais força interior que eu supunha possuir, e com o amor de algumas pessoas muito especiais, e a quem serei eternamente grata, estou aprendendo a me entregar cada vez mais à fé, a me educar, a trabalhar defeitos e acreditar cada vez mais nas minhas qualidades e na minha capacidade de transformação.

Sempre tive um relacionamento de muito amor com Jesus, porém este ano foi diferente. De alguns meses pra cá alguma coisa começou a mudar dentro de mim, e ao me sentir confusa por não entender o que estava acontecendo, muitas vezes chorei sozinha sentindo alguma coisa “esguelar” no meu interior em uma linguagem que me era desconhecida. Mas Deus age de maneira surpreendente e alguns fatos como, por exemplo, eu largar o cigarro de um dia para o outro, depois de 25 anos de vício, e não sentir a menor falta, as pessoas que tem entrado em minha vida me auxiliando na descoberta de uma nova forma de viver, e vocês, sempre tão queridos e amorosos comigo, me fazendo melhor e maior a cada dia com essa troca de energia fantástica, me fizeram entender que aquela relação que eu mantinha com Ele e seu Filho era muito pouco e que estava na hora de estreitarmos os laços. Ele me queria mais por perto. Então, bastou que eu deixasse Jesus me resgatar, para descobrir que Deus sempre esteve presente em minha vida, mas que sentir a presença D’ele, arrepiando os pêlos, marejando os olhos e acelerando o coração é uma sensação indescritível. Aliás, gosto muito de senti-lo quando o vento balança os meus cabelos e a paz toma minha alma.

Essa sensação de prazer quando a gente sente Deus fez vir à tona sonhos que estavam escondidinhos e que hoje sei ser perfeitamente capaz de realizar, trabalhando para que se concretizem, mas na certeza de que Ele está no comando e que o gran finale será no tempo D’ele e não no meu. Eu apenas oro, peço direção e tento fazer a minha parte.

Sei que poderia estar contando e comentando um monte de coisas maravilhosas que aconteceram este ano, mas em meu coração veio a vontade de compartilhar com vocês essa minha nova forma de pensar, de agir, porque sei que ficarão felizes por mim, assim como me realizo com as histórias de superação de cada um de vocês.

Então, que venha 2012. Cheio de esperança, fé, risadas, suspiros, taquicardias de amor e prosperidade. Que jamais peçamos para Deus nos livrar dos problemas, mas que possamos estar em sintonia com Ele para que sejamos conduzidos a resolver todos com sabedoria, sabendo aumentar assim a crença de que tudo podemos Naquele que nos fortalece.

Tenho certeza que vai dar tudo certo, que coisas maravilhosas acontecem o tempo todo, pois Deus quer sempre o melhor para cada um de nós, e assim, vamos dando Graças por todas as bênçãos que virão em alusão à pureza dos pássaros que louvam o dia com suas melodias mesmo antes de o sol nascer.

Feliz, mas feliz mesmo, 2012!!!

 

25 Comentários

Arquivado em comportamento, Para Refletir, Relacionamento

Então é Natal!

Por Keka Demétrio

Foram três longas semanas sem escrever para vocês, e só eu sei o quanto era difícil começar um texto e não conseguir terminar. Muitas emoções, muitos acontecimentos maravilhosos e abençoados por Deus em minha vida nos últimos tempos e foi preciso dar uma parada para colocar coração e mente em sintonia novamente. Mas jamais poderia deixar de vir dizer que para mim o Natal é o amor de Deus emoldurado pelo nascimento do Menino Jesus. A fé que se renova nesta época do ano nos faz mais fortes, mais capazes, mais crentes de que somos sal da terra e luz do mundo. Convido a cada um de vocês, nossos queridos leitores, a se lembrarem da sensação maravilhosa que sentimos quando o amor invade nossas vidas e nos sentimos cheios do poder do Espírito Santo, e levar este sentimento de amor para todos os dias do ano. Pois quando amamos, Jesus não renasce apenas em um dia, mas em todos os dias de nossas vidas.

Clique na imagem para visualizar a mensgem.

24 Comentários

Arquivado em comportamento, Para Refletir, Relacionamento

Vivências

por Keka Demétrio

Logo depois que acordo e oro para que Jesus deposite aos pés do Pai a minha gratidão pela benção de mais um dia, eu formulo pensamentos de incentivo a mim mesma e compartilho com meus amigos do MSN e do Facebook. Como aqui no Blog Mulherão o número de acessos é enormemente grande (sim, no meu vocabulário essa palavra existe. rsrs), e diante dos pedidos de alguns amigos para que enviassem a eles uma lista destes pensamentos, argumentando que sempre começam o dia com as palavras de incentivo da Keka (acho isso tão chik e digno de mim ahahah), me descobri egoísta por não postar aqui estes pensamentos, deixando milhares de leitores que sempre vem me oferecer tanto carinho sem me conhecerem um pouco mais e quem sabe, os ajudando também com o que sinto e vivencio, porque absolutamente tudo o que lerem abaixo se refere a mim.

Parte I

Quando paramos de lamentar o que se foi, e abrimos espaço para o novo, nos damos conta de que tudo é uma questão de amor próprio, de acreditar realmente que somos tão especiais para DEUS, que Ele nunca quer que estejamos rodeados de tudo aquilo que não seja digno de nós.

Ninguém está livre de sentir grandes dores. E elas não são de outra forma: feridas cansadas de curativos exigindo tratamento profundo. Feliz daquele que tem como remédio a fé em si e no Criador.

Quem não sabe apreciar o azul do céu, tampouco saberá apreciar o brilho dos próprios olhos.

Com o tempo, a gente vai aprendendo que assumir um compromisso por amor é totalmente diferente de quando a gente ama por compromisso. E o primeiro compromisso por amor que devemos ter é com a gente mesmo.

Quem vive apenas da realidade quase sempre está morto. Eu sonho, sonho muito! Mas mais importante que sonhar é a gente descobrir que somos capazes de realizá-los. Isso impulsiona a seguirmos sempre em frente, a levantarmos nas quedas, a acariciarmos as cicatrizes para não esquecermos que um dia fomos menores do que somos hoje.

Ofereço a você um céu do mais lindo azul para cobrir o seu dia com bençãos.

E quando voce pensa que vai tropeçar, vem um anjo e te estende as mãos. Essa é a dádiva daqueles que creem nas maravilhas de DEUS.

Porque o pensamento que comunga com o coração tem poder. Sendo assim, é preciso que o recipiente chamado coração esteja repleto de amor e boa vontade.

Sempre que eu amei eu quis dar tudo para a pessoa amada: meu tempo, meus sonhos, minha religião, e até meus beijos. Até que um dia olhei no espelho e percebi que estava tão vazia de mim mesma que eu quase não existia. Então passei a escolher melhor a boca onde ia depositar meus beijos.

Eu não tenho medo de me perder, porque isso significa que tive a coragem necessária para seguir.

Se o AMOR não te explicação, por que insistimos e querer medi-lo? Desejo que todo mundo possa amar sem fita métrica…inclusive eu.

Quando cultivamos a alegria e a fé estamos dando oportunidade para Deus agir em nossas vidas.

É assim: se você vive de acordo com o que os outros pensam vai ser apenas mais um; mas se vive de acordo com o que seu coração quer vai se destacar na multidão. E é esse atrevimento de ir contra que vai fazer com que as pessoas te respeitem pelo que você É e não pelo q você TEM.

Dois corpus nus se aquecem que é uma maravilha! Mas bom mesmo, maravilhoso mesmo, é quando duas almas se encontram, se despem e descobrem que querem e precisa aquecer uma a outra.

O melhor da vida é descobrir que dá pra sorrir muito, apesar dos pesares.

Qualquer sorriso fica mais bonito com um batom de qualidade.

Acordei egoísta. Quero tudo o que você quiser me dar. Inclusive seus sonhos.

Acho que a gente começa a perceber o valor que tem quando assume as próprias imperfeições e começa a entender q pode modificar tudo isso com amor, perseverança e muita fé. Em DEUS e em nós mesmos.

Parei de conjugar os verbos que compõem a minha felicidade no futuro e passei a conjugá-los no presente: amar hoje, sorrir hoje, beijar hoje, abraçar hoje, fazer amor hoje, brincar hoje, dizer te amo hoje, chorar de tanto rir hoje, fazer amizades hoje, enfim, SER FELIZ HOJE!!!

A solidão não deve ser vista como uma coisa triste, mas como oportunidade para convivermos com nós mesmos, e como deve ser em toda boa relação, trabalhar as diferenças, aparar as arestas. Quando pararmos de nos sentir sozinho em nossa própria cia, é pq estamos verdadeiramente prontos para receber alguém em nossas vidas.

Beijar na boca exercita um monte de músculos; fazer sexo também; mas AMAR exercita a alma. Nossa, quanta alma enferrujada vagando por aí esperando um sapo vestido de príncipe.

Quem quiser me add no face, segue o link

http://facebook.com/angelica.demetrio

Semana que vem tem mais!

Deus nos abençoe!

Beijos

27 Comentários

Arquivado em comportamento, Para Refletir, Relacionamento, Uncategorized