Arquivo da tag: mulherão solidário

Saiba como foi a nossa doação de sangue e cadastramento no banco de medula

Por Renata Poskus Vaz

No último sábado arregaçamos as mangas e fizemos um mutirão de doação de sangue e medula do Blog Mulherão.

Eu já fiz esse desabafo lá no meu Facebook, mas foi pouco para mim.

Então vamos lá, recapitular.

Quando criei aqui no Blog Mulherão uma lista de 8 desafios solidários e 8 desafios pessoais, não pensava apenas em mim e tampouco pensava unicamente em filantropia. Via muitas leitoras em casa, obcecadas em ser modelo. E sei que muitas delas querem ser modelo para preencher um vazio existencial, para se sentirem especiais etc. Infelizmente não consigo empregar ou encaminhar para trabalho tantas modelos em potencial assim.

Minha ideia, então, foi criar eventos solidários em que pudesse incluir as leitoras, da concepção à execução das tarefas. Eventos em que elas pudessem conhecer pessoas em situações sociais e de saúde muito mais delicadas do que a delas e, desta forma, conseguissem refletir sobre sua própria existência, além de se sentirem especiais para elas e para os outros.

Os desafios pessoais seguem essa mesma linha. Pagarei micos fantásticos sugeridos por minhas leitoras e realizarei tarefas físicas me superando. Parece besteirinha, brincadeira idiota, mas no fundo pretendo mostrar que podemos ser felizes com pequenas ações e brincadeiras, que podemos reservar um tempinho do nosso dia para sorrir.

Tudo isso me faria muito feliz também. Ocuparia meu tempo e também me faria sentir mais especial.

Ok, desabafei a primeira parte.

Foto: Thalita Jeovanini

A segunda parte é que neste último sábado aconteceu nosso primeiro desafio solidário, o mutirão de doação de sangue e cadastramento para doação de medula. Eu tive a presença preciosa de algumas pessoas muito especiais. Mas é claro que, com um Blog com mais de 300 mil acessos mensais, 35 mil seguidores em nossa Fan Page, 9 mil seguidores em minha Fan Page pessoal eu esperava uma adesão maior.

O mesmo evento que fiz em São Paulo foi reproduzido no Rio de Janeiro e em Porto Alegre, no mesmo dia, na mesma hora, com a presença apenas das organizadoras Juliana Ricci (RJ) e Gabriela Schio (Porto Alegre) e 1 acompanhante cada.

A mãozinha linda da Blogueira carioca Juliana Ricci e de sua irmã, após a doação

A modelo catarinense Jussa Nilsen participou de uma campanha em sua cidade

O que dói é lembrar que esse desafio foi sugerido por inúmeras leitoras, e não uma única. E as mesmas pessoas que o sugeriram não compareceram.

Algumas pessoas simplesmente se fizeram de mortas e não se manifestaram. E isso inclui modelos famosas e blogueiras que poderiam servir de exemplo e fazer a diferença. Outras deram milhares de desculpas e a principal delas foi: “tenho baixa quantidade de plaquetas”, “tenho anemia” e “estou doente”. Não queria forçar a barra com ninguém, pois acho que seria uó alguém realmente doente doar sangue sob pressão, o que poderia prejudicar a saúde e até poder matar o receptor. Porém, em um grupo de mulheres que não admite que se diga que obesidade é doença, achei nosso grupo bem debilitado. Todo mundo podrinho. Fiquei até com dó. Não,  não fiquei. Estou sendo irônica.

Eu sei que muitas pessoas não doam sangue por preguiça. Afinal, acordar sábado de manhã e esperar horas para doar não é para todo mundo. Mas também sei que muita gente tem medo de  doar sangue. E, olha, tenho que assumir que doar sangue dói mesmo. Dói, mas salva.

O que aprendi com a vida é que algumas pessoas nascem solidárias. E há aquelas que aprendem a ser solidárias quando precisam. Não queiram precisar para aprender!

Eu agradeço aos meus amigos que doaram sangue comigo porque quiseram, mesmo sabendo que não teria imprensa no  lugar, que não ganhariam brindes e que não ficariam famosos por isso. Vocês fazem a diferença e podem contar sempre comigo!

Doamos em 19 pessoas, cada doação pode salvar até 4 vidas. Ou seja, 76 pessoas podem ser salvas com a nossa ação. Decidimos que todos os anos vamos repetir esse ato, se nossa saúde permitir.

******

As fotos abaixo são de Thalita  Jeovanini:

Eu,  linda (e modesta!)

Simone Fiuza

Yuri Matsumi

Thalita Massaroto

Janaína Ruy

Alessandra Carlos

Mah Tavares

Aninha Lima

Erik, maridão da modelo plus size Carol Lages (como ela não podia  doar, porque teve bebê, pediu para o esposo representá-la)

Cristiano,  esposo da Yuri

2 Comentários

Arquivado em Mulherão Solidário

12 de abril: Mutirão Plus Size de doação de sangue

Por Renata Poskus Vaz

Olá, mulherões! Pela primeira vez na história do Blog Mulherão vamos fazer um evento simultâneo em  3 capitais: São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Não se trata de um evento de moda. É uma ação solidária, que integra um projeto pessoal meu, e a  participação de vocês é muito importante!

doe sangue

Data escolhida: 12 de abril, sábado

Locais de coleta:

São Paulo

Hemocentro Santa Casa

Rua Marquês de Itú, 579

Estacionamento gratuito dentro da Santa Casa, entrada pela Rua Dr. Cesário Mota  Jr. 112

Horário 11 horas

Para se inscrever no grupo de doação, coordenado por mim, clique aqui.

(Depois, podemos almoçar todos no Mc, o que acham? :p )

Rio de Janeiro

Hemorio

Rua Frei Caneca, 8 – Centro
Horário 9 horas
Este grupo está sendo coordenado por Juliana Ricci do Hoje Vou Assim Plus Size. Para se inscrever no grupo, envie e-mail para: julianaricci@hojevouassimplussize.com.br
Porto Alegre
Hospital das clínicas de Porto Alegre
Rua Ramiro Barcelos, 2350
Horário 9 horas
Este grupo está sendo coordenado pela modelo plus size Gabriela Schio. Para se inscrever no grupo, clique aqui.
****
Conto com vocês, meninas!

 

 

2 Comentários

Arquivado em Mulherão Solidário

Mulherão solidário: Doe um lenço para mulheres com câncer

Por Renata Poskus Vaz

Mulherões, momento de força-tarefa. O fotógrafo Toni Escalante vai organizar uma espécie de Dia de Modelo em um Hospital, com mulheres que estão lutando contra o câncer. Ele montará um mini-estúdio no Hospital, com direito a iluminação. Uma maquiadora vai cuidar do visual das mulheres. Mas como são pacientes de baixa renda, muitas não tem um lenço bonito para usar nas fotos e no dia a dia. Então, gentilemente, o fotógrafo solicitou que doássemos lenços para cabeça.

Para doar, ligue ou mande e-mail para o fotógrafo: toniescalantefotos@gmail.com/ Tel. (11) 7664-4774

5 Comentários

Arquivado em Dia de Modelo, Mulherão Solidário

Seja um mulherão consciente: não replique lixo eletrônico

Mulherão que é mulherão sempre se comove com e-mails sobre crianças doentes ou desaparecidas. E na boa intenção de propagar a foto dos pequenos, acaba replicando a mensagem para toda a sua lista de e-mails.  Só que na ânsia de ajudar, acaba se esquecendo de verificar a veracidade das informações. Resultado, você acaba integrando uma rede de SPAMs.

O ideal é que sempre antes de reencaminhar um e-mail para seus amigos, você cheque se o pedido de ajuda é real ou não, ou se já foi solucionado.  Entenda que isso é questão de educação e respeito com quem terá sua caixa de mensagens bombardeada com lixo eletrônico.

Caso queira mais infomações sobre esses casos de crianças desaparecidas que circulam na net, clique aqui.

 

5 Comentários

Arquivado em Campanhas, comportamento, Mulherão Solidário, O que rola por aí

Mulherão Solidário: Manu Maciel

Por Renata Poskus Vaz

Ela é linda, loira, maravilhosa e… solidária. Estou falando de Manu Maciel que integra o Projeto Cão Amigo & Cia e estréia nossa nova coluna: “Mulherão Solidário”. Com seu companheiro Sammy (um cãzinho lindo), Manu visita orfantos, asilos e escolas de crianças especiais. Seguindo a missão de que: “é com bicho que se cuida de gente”, a ONG atua em Curitiba e Florianópolis, levando alegria e terapia assistida para crianças e idosos que precisam muito de carinho. E convenhamos, há serzinhos mais carinhosos do que os bichinhos de estimação?

Veja esse video de divulgação do Projeto Cão Amigo & Cia. É de 2007, mas o projeto continua em ação até hoje 9e crescendo muito!)

Veja essa reportagem também, com a nossa Manu Maciel:

O Mulherão Solidário, além de nos atentar sobre a necessidade de cumprirmos nosso papel social doando um pouco do nosso tempo e/ou recursos financeiros e materiais para uma causa que ajude outras pessoas (e todos os outros seres vivos), também é uma oportunidade de mostrar que não é só sendo modelo plus size que você pode ganhar a admiração e o reconhecimento alheio.

Sabendo que pessoas que desenvolvem trabalhos sociais costumam ser reservadas, pois fazem o bem sem pensar em auto-promoção, sugiro que nós, amigas desses mulherões tão especiais, escrevamos sobre elas e suas ações. Eu, por exemplo, fiz tudo isso escondida da Manu.rsrs

 

5 Comentários

Arquivado em Mulherão Solidário