Arquivo da tag: obesos

Em defesa dos homens gordinhos

Por Cíntia Rojo

Queridas, hoje vou falar de um assunto que é a nossa “especialidade” mas, dessa vez, vou pedir uma licença e falar também com os homens.

Quem acompanha o blog viu a cobertura do FWPS S/S 2014 e viu o show que os modelos masculinos deram na passarela. Os modelos eram lindos e reinaram absolutos! Nós, mulherões, já somos autoridade no combate à ditadura da beleza e na imposição de padrões estéticos inatingíveis e estou dizendo tudo isso porque na semana passada, me surpreendi com a manchete de uma revista masculina que dizia: “Malhado como um lutador de UFC”. Dentre os meus amigos e  conhecidos, acho que posso contar nos dedos aqueles que exibem um abdome tanquinho e peitoral definido. A maioria exibe uma barriguinha proveniente de levantamento de garfo e de muitos choppinhos (porque ninguém é de ferro!). Ou seja, se nós mulheres somos confrontadas com o padrão de beleza Gisele Bündchen, os meninos agora são colocados contra a parede para ter o físico do Anderson Silva.

Rodrigo

Na foto, Rodrigo Barrionuevo, no FWPS

Nossos “musos” fofinhos mostraram que os homens podem ser bem vestidos, bonitos e atraentes, sim (!), sem ter o corpo malhado do Anderson Silva. E sabe porque? Por que nós gostamos de homens que nos façam rir, com quem possamos conversar, que sejam carinhosos, cheirosos, que nos façam esquecer a vida ao nos abraçarem e que nos beijem como se não houvesse amanhã. Não importa se são malhados ou gordinhos. Melhor do que ninguém, nós sabemos valorizar “quem uma pessoa é” ao invés de “como ela se parece”.

Por isso, talvez, seja tão comum casais completamente diferentes – na aparência, idade, estilo – serem absolutamente felizes e satisfeitos. Porque a aparência é importante, afinal ela faz parte do conjunto que consideramos atraente – mas ela não é o essencial no conjunto.

Meninos, sabemos como é difícil driblar a ditadura da beleza, da magreza e da “saradeza” (sim, inventei essa palavra! rs) e justamente por isso dizemos com propriedade: não tenham medo desses padrões. Sejam autênticos porque, no fim das contas, isso é o que os torna atraentes e especiais no meio do batalhão ilusório dos musculosos.

19 Comentários

Arquivado em comportamento

Vamos lavar a roupa suja!

Propaganda do sabão para roupas Ariel levanta polêmica e blogueiras pregam boicote à marca

Por Renata Poskus Vaz

Nas últimas semanas pouco assisti TV. Também entrei muito pouco no meu twitter pessoal. Talvez seja por isso que fiquei “boiando” quando vi minhas amigas Fabiana Soliva e Cris Miranda indignadas, a cada post, digitando um tal de #boicoteariel no Twitter. Pensei: “Quem será essa tal Ariel?”. Eu imaginava que se tratava de uma mulher (provavelmente uma periguete) e não um sabão para lavar roupas. Ou seja, desta vez perdi o time da notícia. Então, para entender do que se trata o boicote ao sabão Ariel, visitei alguns blogs de amigas. E vou contar como toda essa história começou.

No sábado, a Kalli do Beleza sem Tamanho postou vídeos de uma campanha do sabão para roupas Ariel. Neles, um homem magro, musculoso, adotava a brilhante iniciativa de tomar banho com um sabão líquido (fazendo alusão ao sabão líquido Ariel). Já um gordinho, baixinho, barbudo e cabeludo, usava erroneamente sabão em pó para tomar banho.  “Eu como consumidora acharia bem mais interessante que a marca Ariel fizesse esse experimento em pessoas iguais se possível até gêmeos para a gente poder realmente perceber a eficiência dos produtos”, afirmou a blogueira.

Logo em seguida, Kalli sugeriu que todos postassem por uma hora em seus perfis da internet a inscrição: #boicoteariel. E quem disse que o boicote durou só uma hora?

Logo a nossa colunista Ana Paula Menezes publicou em seu blog Mundo GG apoio ao #boicoteariel. “O Mundo GG aprova e participa desta campanha, pois entende que, nenhuma marca precisa, em momento algum negativar o gordo ou qualquer pessoa para vender seu produto. O comercial não precisava colocar o gordo em posição desfavorável e o que pedimos é apenas o respeito que qualquer ser humano merece”, completa sabiamente.

As meninas do Grandes Mulheres também deram seu recado. “Assim como a propaganda, o slogan da marca “Pense limpo, pense Ariel”, aos poucos, vai se tornando também irônico. Afinal, os vídeos a seguir estão longe do conceito da empresa. Estão  longe de mostrar o que é pensar limpo. Limpo de preconceitos, livre de  demagogias”, afirma Paula.

A Litha do Manual Prático da Gordinha , também apoiou a causa. Ufa!!! Realmente todas as amigas plus size ficaram muito indignadas.

Cheguei à conclusão que sempre fico muito revoltada quando mulheres gordinhas são expostas ao escárnio em propagandas na TV. Entretanto, acho graça quando vejo homens na mesma situação…  E é triste reconhecer essas falhas em nós mesmas, não é? Como nunca é tarde para melhorar, eu também apoio o #boicoteariel. Se bem que eu já usava OMO Multiação mesmo.kkk

Veja as propagandas

 

17 Comentários

Arquivado em O que rola por aí, Preconceito, TV